30/04/18

Liga NOS: Marítimo 0 vs F.C. do Porto 1 - FC Porto bateu o Marítimo com um golo do avançado maliano, Marega, e está a um ponto de se sagrar campeão nacional.



«MAREGA INDICOU O CAMINHO DA BOA ESPERANÇA

FC Porto bateu o Marítimo com um golo do avançado maliano (1-0) e está a um ponto de se sagrar campeão nacional.

Outrora cabo das tormentas, os Barreiros tornaram-se para o FC Porto no cabo da boa esperança… no título. A duas jornadas do fim, a vitória por 1-0 no Estado do Marítimo, que põe fim a uma série de seis anos sem lá ganhar, permite ao líder da Liga NOS aumentar para cinco pontos a vantagem sobre o segundo classificado e ficar à distância de apenas um de garantir a conquista matemática do primeiro lugar. As contas são de somar, são fáceis de se fazer: próximo fim de semana, pode haver campeão em Portugal - no domingo, no Dragão, no jogo frente ao Feirense, ou então no sábado, no sofá, se o dérbi da capital terminar empatado.

A história e a estatística não entram em campo, como tinha dito Sérgio Conceição na antevisão do jogo, e a verdade é que não resistiram a tamanha crença portista, refletida no Mar Azul que na véspera se estendeu do Dragão ao aeroporto, que se arrastou até aos 90 minutos dentro do campo e que foi coroada com o cabeceamento certeiro de Marega no penúltimo minuto to tempo regulamentar - foi o 22.º golo do número 11 nesta edição da Liga, depois de ter bisado no jogo da primeira volta (3-1) frente à equipa que lhe abriu as portas do futebol português.

Começou cedo o assalto à baliza maritimista, com aquela obsessão pelo golo, uma das imagens de marca desta equipa de Sérgio Conceição: após combinar com Marega, Soares rematou, mas Amir negou-lhe a festa, com uma grande defesa (2m). Do outro lado, Casillas também brilhou na forma como negou o êxito aos madeirenses num cabeceamento de Jean Cléber (11m). O FC Porto entrou forte, como lhe é característico, mas o Marítimo, na luta por um lugar europeu, soube reagir, controlar o ímpeto portista e mostrou por que é uma das equipas com melhor performance em casa neste campeonato.

O jogo estava equilibrado e Sérgio Oliveira quis desequilibra-lo: com um passe perfeito, isolou Soares, que à entrada da área foi travado em falta por Amir, o que obrigou o árbitro Carlos Xistra exibir-lhe o cartão vermelho. Estávamos em cima do intervalo, pelo que os efeitos práticos das consequências do lance apenas se puderam ver na segunda parte. E não foi preciso esperar muito para que os Dragões as pusessem, encostando o adversário à sua baliza, de onde raramente saiu: Sérgio Oliveira obrigou Charles a brilhar (47m) e depois foi Otávio, de regresso ao onze, quem esteve perto do golo, quando viu Pablo desviar para a linha de fundo um remate que seguia para o destino certo (51m).

Com as linhas ainda mais recuadas do que antes da expulsão e face à pressão contrária cada vez mais intensa, o Marítimo deixou de ver a baliza de Casillas, mas soube tapar bem os caminhos para sua. Na tentativa de encontrar outros, Sérgio Conceição lançou em campo Corona, mais tarde Óliver e por fim Gonçalo, juntando-o a Soares e a Marega na linha da frente. O treinador arriscou e petiscou, num canto cobrado por Alex Telles a que o avançado maliano deu a melhor sequência e indicou o caminho da boa esperança.

VER FICHA DE JOGO» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2017%20-%202018/marega-indicou-o-caminho-da-boa-esperanca-4-29-2018.aspx


(Destaques | Resumo: Marítimo 0-1 FC Porto)


Futebol: Marítimo-FC Porto, 0-1 - (resumo)

F.C. do Porto Basquetebol: F.C. do Porto 96 vs CAB Madeira 78 - FC Porto venceu a formação madeirense na nona e penúltima jornada da segunda fase do campeonato.



«PORTISTAS DEMASIADO FORTES PARA O CAB MADEIRA

FC Porto venceu (96-78) a formação madeirense na nona e penúltima jornada da segunda fase do campeonato.

Depois do triunfo em Ílhavo, na sexta-feira​, a equipa de basquetebol do FC Porto somou na tarde deste domingo a terceira vitória consecutiva na segunda fase da Liga Portuguesa de Basquetebol, ao vencer na partida relativa à nona e penúltima jornada a formação do CAB Madeira, por 96-78. Os comandados do Moncho López chegaram assim aos 54 pontos, sabendo que vão terminar esta segunda fase na terceira posição.

No Dragão Caixa, o primeiro período foi muito animado junto dos dois cestos. Ambas as equipas ficaram perto da barreira dos 30 pontos, com os Dragões a imporem-se por um (28-27). Foi esta a fase mais equilibrada da partida, uma vez que o início do segundo quarto trouxe um FC Porto mais eficaz, sobretudo a nível defensivo, o que permitiu à formação azul e branca cavar uma vantagem que se veio a revelar importante para o desfecho da partida.

Com quatro minutos desse segundo tempo, os azuis e brancos chegaram à marca dos 10 pontos de vantagem, que viriam a ser 14 um minuto depois. E foi esta a toada dos dois períodos seguintes, em que os azuis e brancos acabaram por controlar o marcador e dilatar a vantagem. Com menos pontos, mas sempre superiores (18-14 e 24-21), os portistas fecharam o triunfo com um expressivo 96-78.

A nível individual, do lado portista merecem destaque os 21 pontos de Sasa Borovnjak, a que o poste juntou seis ressaltos e duas assistências. Outro Dragão com números expressivos foi Will Hanley: o norte-americano fez 14 pontos, sete ressaltos e quatro assistências.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-CAB MADEIRA, 96-78
Liga Portuguesa de Basquetebol, fase 2, 9.ª jornada
29 de abril de 2018
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Luís Lopes, Nuno Monteiro e Diogo Martins

FC PORTO: Pedro Bastos (4), Sasa Borovnjak (21), Marcus Gilbert (8), Will Hanley (14) e Will Sheehey (13)
Suplentes: Miguel Queiroz (7), Vladyslav Voytso (10), Pedro Pinto (2), André Bessa (3), António Monteiro (6), Miguel Miranda (5) e Ferrán Ventura (3) 
Treinador: Moncho López

CAB MADEIRA: Fábio Lima (7), João Gallina (6), Tommie Eddie (13), Mário Fernandes (8) e Frederick Gentry (22)
Suplentes: Diogo Gameiro (5), José Correia, Cumberlander (15), Gydra (2) e João Fernandes
Treinador: João Silva

Ao intervalo: 54-43
Parciais: 28-27, 26-16, 18-14, 24-21» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/basquetebol-fcporto-cab-madeira-9jor-2fase-lpb.aspx


Basquetebol: FC Porto-CAB Madeira, 96-78 (LPB, 2.ª fase, 9.ª j., 29/04/18)

F.C. do Porto Ciclismo - Ricardo Mestre venceu a terceira e última jornada da edição de 2018 da Volta às Astúrias em bicicleta.



«RICARDO MESTRE VENCEU TERCEIRA ETAPA DA VOLTA ÀS ASTÚRIAS

Ciclista do FC Porto ficou com o terceiro lugar da classificação geral.

Ricardo Mestre venceu a terceira e última jornada da edição de 2018 da Volta às Astúrias em bicicleta. O corredor do FC Porto foi o primeiro a terminar os 119 quilómetros que ligaram as localidades de Cangas del Narcea a Oviedo (2h40m42s), deixando o segundo classificado, o russo Alexander Evtushenko, a nove segundos e o terceiro, o espanhol Benjamin Prades, a 34.

Numa etapa sem dificuldades de montanha a superar, à exceção da escalada ao El Violeo, classificada como segunda categoria e situada a 7,6 quilómetros da meta final, o corredor portista segurou, por um segundo, um lugar no pódio final da prova. O vencedor da camisola azul, sucessor do portista Raúl Alarcón, é o colombiano Richard Carapaz (11h22m26s), seguido pelo compatriota Klever Caicedo (a 40s). Mestre terminou a 59 segundos de Carapaz.

Além do corredor algarvio, mais quatro portistas terminaram a prova asturiana: César Fonte foi décimo (a 2m), Rui Vinhas 13.º (a 2m37s), José Fernandes 45.º (a 12mm25s) e João Rodrigues 52.º (a 16m23s).» in 
http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/ciclismo-3etapa-volta-asturias.aspx

Desporto Surf - O brasileiro Rodrigo Koxa bateu o recorde de maior onda surfada, na Praia do Norte, na Nazaré, superando em 61 centímetros o anterior registo do havaiano Garrett McNamara, de acordo com a Liga Mundial de Surf (WSL).



«Brasileiro Rodrigo Koxa surfou a maior onda do mundo na Nazaré e bateu recorde de McNamara

O brasileiro Rodrigo Koxa bateu o recorde de maior onda surfada, na Praia do Norte, na Nazaré, superando em 61 centímetros o anterior registo do havaiano Garrett McNamara, de acordo com a Liga Mundial de Surf (WSL).

Na gala de atribuição dos prémios de ondas gigantes (XXL), Koxa venceu o prémio para a maior do ano, com a onda surfada em 8 de novembro de 2017, que o painel calculou ter 24,38 metros de altura, mais 61 centímetros do que o anterior máximo, de 23,77 metros, também na Nazaré e que estava na posse de McNamara.

De acordo com a WSL, o registo de Koxa passa a integrar o livro dos recordes do Guinness, substituíndo o anterior, que remontava a 01 de novembro de 2011.

Das dez ondas nazarenas nomeadas para os galardões, entre as 30 candidatas, além do prémio arrebatado por Koxa para a maior, foi ainda premiada a queda do ano (‘wipeout’) de Andrew Cotton, em 08 de novembro de 2017, na qual o britânico fraturou uma vértebra.

O vencedor do Nazaré Challenge, etapa portuguesa do circuito mundial de ondas gigantes, o brasileiro Lucas Chianca venceu o prémio de melhor desempenho global masculino, enquanto o galardão feminino foi entregue pela terceira vez à havaiana Paige Alms, superando a candidatura nazarena da brasileira Maya Gabeira.

Com uma só onda, em Jaws, no Havai, o havaiano Ian Walsh conseguiu juntar os prémios de melhor onda surfada e melhor tubo.

O também havaiano Aaron Gold arrecadou o troféu para melhor onda após remada, no mesmo local, batendo Lucas Chianca, que estava entre os nomeados para a categoria, com uma onda na Praia do Norte.

A Nazaré contava com outras nomeações, incluindo duas para melhor onda surfada (Ross Clarke-Jones e Sebastian Steudner), outras três para a maior (Ross Clarke-Jones, Sebastian Steudner e Benjamim Sanchis) e uma queda (Owen Schultz).

* Fotografia de Pedro Cruz» in https://24.sapo.pt/desporto/artigos/onda-na-nazare-da-premio-de-maior-onda-do-ano-e-record-mundial-a-rodrigo-koxa


(Rodrigo Koxa at Nazaré - 2018 Quiksilver XXL Biggest Wave Nominee - WSL Big Wave Awards)

29/04/18

F.C. do Porto Hóquei Patins: F.C. do Porto Fidelidade 9 vs Valongo 2 - Vitória categórica do FC Porto Fidelidade, no jogo em atraso da 19.ª jornada do campeonato de hóquei em patins.



«HAT-TRICK DE BALIU NA GOLEADA AO VALONGO

Vitória categórica do FC Porto Fidelidade (9-2), no jogo em atraso da 19.ª jornada do campeonato de hóquei em patins.

Continua limpo o registo do FC Porto Fidelidade no Campeonato Nacional em 2018: a 11.ª vitória consecutiva, que lhe permite manter-se a um ponto do primeiro lugar da tabela, foi conquistada este sábado, no Dragão Caixa, na receção vizinho Valongo, atual quinto classificado, e com números expressivos: 9-2. Ton Baliu assinou um hat-trick e liderou a lista de marcadores de um jogo que também entraram Gonçalo Alves (2), Rafa, Hélder Nunes, Alvarinho e Jorge Silva.

Entrou forte e voraz a equipa orientada por Guillem Cabestany que precisou de apenas dez minutos para ganhar uma almofada confortável no marcador, graças aos golos de Rafa (2m), de Gonçalo Alves (9m) – que vale a pena ver e rever de tão bonito que é – e ainda de Hélder Nunes (10m). A lutar pelo quarto lugar que dá acesso à Liga Europeia, o Valongo tentou reagir, mas o FC Porto não deixou, porque defende sempre de uma forma muito compacta, que concede poucos espaços aos adversários, e porque tem no ataque jogadores capazes de pôr em água qualquer defesa.

Que o diga o guarda-redes Leonardo Pais, que não pôde estar um minuto sossegado, mas respondeu bem sempre que foi chamado a intervir e foi o grande responsável para que a margem ao intervalo fosse de apenas quatro golos, já que antes do descanso ainda foi obrigado a ir buscar mais uma bola ao fundo das redes, vinda do stick de Jorge Silva (18m).

O FC Porto entrou na segunda parte como entrou na primeira, verdadeiramente avassalador e construiu uma goleada que depressa atirou o Valongo completamente fora da discussão pelo resultado. Alvarinho (27m), Ton Baliu, com um hat-trick (30m, 35m e 36m), e Gonçalo Alves, na execução de grande penalidade (32m), deram ainda maior expressão ao marcador em mais uma exibição categórica em que os dois golos, marcados por Hugo Barata (33m) e Guilherme Silva (45m) valonguenses foram um mero apontamento.

No fim, ao Porto Canal, Guillem Cabestany reconheceu ser difícil “apontar alguma coisa” à equipa pelo trabalho que fez durante os 50 minutos. “É uma exibição que nos deixa satisfeitos e que é o resultado do trabalho que a equipa tem feito nesta fade, o que nos deixa confiantes e otimistas para o que resta da época. O meu maior desafios é ver aqui jogar assim e ser feliz na pista. Já fizemos muitas boas exibições nestes quase três anos, mas este é talvez o momento em que vejo os jogadores mais felizes a jogar hóquei. Espero que consigamos alcançar todos os objetivos que temos pela frente”, disse o treinador, referindo-se ao campeonato, à Liga Europeia e à Taça de Portugal, as três competições em que os Dragões mantêm os objetivos intactos.

Segue-se no calendário a deslocação a Oeiras, para o jogo com o Paço d’ Arcos, agendado para o próximo sábado, às 21h00, e com transmissão em direto no Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-VALONGO, 9-2
Campeonato Nacional, 19.ª jornada
28 de abril de 2018
Dragão Caixa

Árbitros: Rui Torres (Minho) e Joaquim Pinto (Porto)

FC PORTO FIDELIDADE: Carles Grau (g.r.), Reinaldo Garcia, Hélder Nunes (cap.), Gonçalo Alves e Rafa
Suplentes: Nélson Filipe (g.r.), Telmo Pinto, Ton Baliu, Jorge Silva e Álvaro Morais 
Treinador: Guillem Cabestany

VALONGO: Leonardo Pais (g,r,) (cap.), Diogo Fernandes, Daniel Oliveira, Xavier Cardoso e Pedro Mendes
Suplentes: Bernardo Mendes (g.r.), Carlos Ramos, Miguel Moura, Guilherme Silva e Rúben Pereira
Treinador: Miguel Viterbo

Ao intervalo: 4-0
Marcadores: Rafa (2m), Gonçalo Alves (9m e 32m), Hélder Nunes (10m), Jorge Silva (18m), Alvarinho (27m), Ton Baliu (30m, 35m e 36m), Hugo Barata (33m), Guilherme Silva (45m)
Disciplina: cartão azul a Rafa (11m)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/hoquei-fcp-valongo-280418.aspx


Hóquei em Patins: FC Porto-Valongo, 9-2 (CN, 19.ªj, 28/04/18)

F.C. do Porto Sub 19 Futebol: F.C. do Porto 2 vs Sporting C.P. 2 - FC Porto e Sporting empataram a dois golos na oitava jornada da segunda fase do campeonato.



«CLÁSSICO DE SUB-19 TERMINOU EMPATADO

FC Porto e Sporting empataram a dois golos na oitava jornada da segunda fase do campeonato.

A equipa de Sub-19 do FC Porto empatou na tarde deste sábado frente ao Sporting (2-2), em jogo relativo à oitava jornada da segunda fase do Campeonato Nacional de Juniores A. No Estádio Luís Filipe Menezes, no Olival, a formação portista esteve por duas vezes em vantagem no marcador, mas a equipa forasteira acabou por empatar a partida praticamente no último lance da partida.

Após um início de jogo muito intenso, com ambas as formações à procura da baliza adversária, acabou por ser o FC Porto a inaugurar o marcador. Após uma boa solicitação, João Mário correu isolado para a baliza sportinguista para fazer o primeiro golo da tarde (14m). Num jogo de alta rotação, a equipa forasteira partiu em busca do empate, que acabaria por chegar num lance de bola parada. O lateral João Oliveira foi o autor do remate de cabeça (31m) que valeu o 1-1.

Já dentro dos 20 minutos finais, os Dragões haveria de voltar à liderança no marcador, graças a um belo golo do médio Romário Baró (72m), mas praticamente no último lance da partida, e de novo de bola parada, a defensiva portista voltaria a ser batida. Coube a Thierry estabelecer o 2-2 final, que deixa os portistas no quarto posto, a quatro pontos do Benfica, adversário na próxima jornada.

Os Sub-19 portistas alinharam com: Diogo Costa, Mamadu Lamba, Pedro Justiniano, Diogo Leite, Diogo Bessa, Paulo Estrela (cap.), João Mário, João Lameira (Kuku Fidelis, 90m), Irala (Junior Maleck, 80m), Romário e Fábio Vieira (Vítor Ferreira, 88m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/sub-19-fcporto-sporting-cnja-8jor-2fase.aspx


Formação: Sub-19 - FC Porto-Sporting, 2-2 (CNJA, 2.ª fase, 8.ª jor, 28/04/18)

F.C. do Porto Ciclismo - Ricadro Mestre foi o melhor corredor da W52-FC Porto no segundo dia da Volta às Astúrias em bicicleta, concluindo a etapa mais exigente da edição de 2018 da prova, que terminou no Alto del Acebo (contagem de primeira categoria), no oitavo posto.



«RICARDO MESTRE EM DESTAQUE NA CHEGADA AO ALTO DEL ACEBO

Corredor da W52-FC Porto terminou no oitavo posto a etapa mais exigente da Volta às Astúrias.

Ricadro Mestre foi o melhor corredor da W52-FC Porto no segundo dia da Volta às Astúrias em bicicleta, concluindo a etapa mais exigente da edição de 2018 da prova, que terminou no Alto del Acebo (contagem de primeira categoria), no oitavo posto. Os 166 quilómetros que ligaram Soto de Ribera ao Alto del Acebo foram percorridos em 4h24m14s, marca que foi fixada pelo colombiano Richard Carapaz.

O ciclista da Movistar terminou isolado no alto dos 1167 metros da montanha, deixando o compatriota Jonathan Caicedo (Medellin) a 42 segundos e o companheiro de equipa espanhol Rubén Fernández a 50. O melhor portista, no oitavo posto, concluiu a etapa a 1m34s do vencedor do dia.

O triunfo na etapa deixou o colombiano na posse da camisola azul (da liderança), que segura agora com 40 segundos de vantagem para Caicedo. Nesse particular, o melhor corredor azul e branco, Ricardo Mestre, surge na décima posição, a 1m44s do líder. Rui Vinhas (1m57s) e César Fonte (2m) surgem nas posições seguintes.

No terceiro e derradeiro dia de competição, o pelotão irá percorrer a etapa mais curta desta edição. Os 119 quilómetros entre Cangas del Narcea e Oviedo não apresentam dificuldades de maior, exceção feita à escalada ao El Violeo, classificada como segunda categoria e situada a 7,6 quilómetros da meta final.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/ciclismo-2etapa-volta-asturias-2018.aspx

F.C. do Porto Adeptos - O Mar Azul voltou a fazer-se sentir com intensidade antes da partida para a Madeira, onde o FC Porto vai defrontar o Marítimo, na 32.ª jornada da Liga NOS.



«MAR AZUL DO ESTÁDIO AO AEROPORTO

Enorme apoio dos adeptos antes da partida para a Madeira.

O Mar Azul voltou a fazer-se sentir com intensidade antes da partida para a Madeira, onde o FC Porto vai defrontar o Marítimo, na 32.ª jornada da Liga NOS. A comitiva portista sentiu o enorme apoio dos adeptos, do Estádio do Dragão ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

O maior banho de multidão verificou-se à saída do Dragão, onde milhares de pessoas esperavam pelo autocarro para saudar a equipa. Treinadores e jogadores decidiram sair por alguns minutos para agradecer o apoio. Seguiu-se o trajeto para o aeroporto, acompanhado por um cortejo de motas.

Depois dos milhares de adeptos no estádio, a comitiva foi recebida por mais algumas centenas no Aeroporto Francisco Sá Caneiro, passando por um caloroso cordão humano rumo à porta de embarque, entre abraços e cânticos de incentivo. O Marítimo-FC Porto joga-se este domingo, a partir das 18 horas (SportTV1), no Estádio do Marítimo, no Funchal.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/mar-azul-estadio-aeroporto.aspx


(Mar Azul do estádio ao aeroporto)

28/04/18

F.C. do Porto Atletas Internacionais - A lesão de Diogo Dalot é a nota de destaque do último treino do plantel principal FC Porto antes do jogo na Madeira, frente ao Marítimo, relativo à 32.ª jornada da Liga NOS.



«DALOT LESIONADO NO ÚLTIMO TREINO ANTES DO JOGO NA MADEIRA

Defesa será operado brevemente ao menisco externo do joelho direito.

A lesão de Diogo Dalot é a nota de destaque do último treino do plantel principal FC Porto antes do jogo na Madeira, frente ao Marítimo, relativo à 32.ª jornada da Liga NOS. No ensaio geral para a partida de domingo (18h00), o defesa lesionou-se no menisco externo do joelho direito e será submetido a uma intervenção cirúrgica nos próximos dias.

Com a lesão do lateral, são agora dois os nomes no boletim clínico dos Dragões. O outro é o médio Danilo, que voltou a fazer tratamento.

A comitiva portista sairá rumo ao Funchal pelas 16h30 e tem a chegada prevista para as 18h30.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/treino-280418.aspx


(Diogo Dalot | FC Porto B| Defending Skills, Tackles, Goals, Assists)

Arte Literatura - No dia 25 de maio o escritor Carlos Queirós vai apresentar a sua nova obra na Loja Interativa de Turismo de Baião.

Desporto Corrupção - O semanário 'Expresso' escreve na edição deste sábado que a Polícia Judiciária (PJ) e o Ministério Público (MP) estão a passar a pente fino os 163 jogos do campeonato realizados pelo Benfica nas últimas cinco temporadas, que se traduziram na conquista do tetracampeonato pelo clube da Luz.



«JUSTIÇA INVESTIGA ÚLTIMAS CINCO ÉPOCAS DO BENFICA

Polícia Judiciária e Ministério Público investigam as 163 partidas do campeonato desde a época 2013/14.

O semanário 'Expresso' escreve na edição deste sábado que a Polícia Judiciária (PJ) e o Ministério Público (MP) estão a passar a pente fino os 163 jogos do campeonato realizados pelo Benfica nas últimas cinco temporadas, que se traduziram na conquista do tetracampeonato pelo clube da Luz.

O jornal garante que em causa estão suspeitas de resultados combinados, em que vários intermediários terão, supostamente, abordado jogadores adversários para facilitarem.

Vários jogadores estarão a ser monitorizados pela PJ e pelo MP. Além disso, SMS e mensagens trocadas entre investigados estão entre os indícios recolhidos que estão neste momento a ser analisadas.

O 'Expresso' adianta ainda que as autoridades suspeitam que as denúncias anónimas que esta semana chegaram à Procuradoria-Geral da República -  uma relativa à "rede com o intuito de destruir a hegemonia do Benfica" e outra que envolve o guarda-redes do Marítimo Amir (que joga contra o FC Porto esta jornada) - terão partido de dirigentes do Benfica.

A  mesma publicação acrescenta que o gabinete de crise dos 'encarnados' também está a ser investigado, porque existem razões para desconfiar do modo de actuar deste gabinete.» in https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/justica-investiga-ultimas-cinco-epocas-do-benfica

F.C. do Porto Basquetebol: Illiabum 83 vs F.C. do Porto 99 - O FC Porto venceu na noite desta sexta-feira o Illiabum, em jogo da oitava e antepenúltima jornada da segunda fase de Liga Portuguesa de Basquetebol.



«DRAGÃO AUTORITÁRIO EM ÍLHAVO

FC Porto venceu o Illiabum, por 99-83, na oitava jornada da segunda fase do campeonato.

O FC Porto venceu na noite desta sexta-feira o Illiabum, por 99-83, em jogo da oitava e antepenúltima jornada da segunda fase de Liga Portuguesa de Basquetebol. Num jogo em que os portistas acabaram por impor a superioridade com o avançar do cronómetro, os comandados de Moncho López garantiram os dois pontos que cimentam o terceiro posto (52 pontos) e deixam a Oliveirense (menos um jogo), à condição, mais próxima (53 pontos).

No Pavilhão Adriano Nordeste, em Ílhavo, a equipa da casa até entrou melhor na partida, conseguindo desde logo um parcial de 7-0, mas os Dragões não se deixaram abalar e começaram a recuperar no resultado e, depois, a cavar uma distância no marcador que se lhes permitiu segurar o triunfo de forma confortável.

À passagem dos quatro minutos, os Dragões agarraram a liderança, condição que só viriam perder por breves momentos já durante o segundo período, precisamente no momento em que os portistas dispararam no resultado. Contra-ataques bem delineados foram a chave para o triunfo portista. O intervalo chegou com uma vantagem azul e branca de 16 pontos e o terceiro e quarto períodos foram de controlo portista

A maior diferença no marcador apareceu no terceiro período, num momento em que os azuis e brancos se distanciaram 27 pontos, vantagem essa que controlaram até à buzina final. Do lado do FC Porto, e a nível individual, destaque para os 18 pontos amealhados por Sheehey e pelos 17 de Sasa Borovnjak.

No final do encontro o treinador Moncho López admitiu estar contente com o desempenho da equipa num pavilhão difícil. O técnico salientou a boa primeira parte e calma com que os seus jogadores abordaram a fase final da partida, em que venciam por margem muito confortável: “Não era um jogo fácil. Sabia que quando atingíssemos uma diferença grande no marcador poderia acontecer o que aconteceu: agressividade e provocações aos árbitros. Eles estiveram muito bem, souberam manter a calma, e nós também. Gostei muito da primeira parte, perdemos apenas três bolas. No terceiro período a equipa entrou bem e depois tive uma pequena quebra. Alterou-se a agressividade, mas estou satisfeito, porque este não é um campo para ganhar fácil. Fizemos uma boa gestão e todos saem com boas sensações”, disse.

FICHA DE JOGO

ILLIABUM-FC PORTO, 83-99
Liga Portuguesa de Basquetebol, fase 2, 7.ª jornada
27 de abril de 2019
Pavilhão Adriano Nordeste, Ílhavo

Árbitros: Sérgio da Silva, Rui Ribeiro e Pedro Cunha

ILLIABUM: Ricardo Monteiro (13), Marko Loncovic (2), Filip Simic (14), Augusto Sobrinho (21), Carlos Cardoso (2), Nuno Sá (2), Pedro Fragoso, Filip Pejovic (11), Diogo Araújo e Jeffrey Jr (8).
Treinador: Pedro Nuno

FC PORTO: Miguel Queiroz (9), Vladyslav Voytso (5), Marcus Gilbert (6), Pedro Pinto (6), André Bessa (4), António Monteiro (8), Miguel Miranda (6), Ferran Ventura (2), Pedro Bastos (9), Will Sheehey (18), Will Hanley (9)e Sasa Borovnjak (17)
Treinador: Moncho López

Ao intervalo: 41-57
Parciais: 27-31, 14-26, 17-23, 25-19» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/basquetebol-illiabum-fcporto-liga-f2-7j.aspx


Basquetebol: Illiabum-FC Porto, 83-99 (LPB, 2.ª fase, 8.ª j., 27/04/18)

27/04/18

F.C. do Porto Ciclismo - César Fonte foi o melhor entre os corredores da W52-FC Porto que concluíram a primeira etapa da edição de 2018 da Volta às Astúrias.​​



«CÉSAR FONTE EM OITAVO NO PRIMEIRO DIA NAS ASTÚRIAS

Ciclista da W52-FC Porto terminou no grupo do vencedor, o russo Dmitry Strakhov.

César Fonte foi o melhor entre os corredores da W52-FC Porto que concluíram a primeira etapa da edição de 2018 da Volta às Astúrias.​​ O corredor portista terminou a a tirada com o mesmo tempo de Dmitry Strakhov (Lokosphinx) vencedor da tirada, tal como os companheiros de equipa Rui Vinhas e Ricardo Mestre. 

Órfã do seu último vencedor, o portista Raúl Alarcón, que falhou a prova devido a lesão, os primeiros 177 quilómetros da corrida ligaram as localidades de Oviedo a Pola de Lena, percurso esse que terminou com uma luta ao sprint. O russo Dmitry Strakhov foi o mais forte e cruzou a meta ao fim de 4h17m06s, o mesmo tempo com que terminou César Fonte (8.º), o melhor portista, Rui Vinhas (11.º) e Ricardo Mestre (16.º).

Da etapa, de destacar ainda a combatividade de João Rodrigues, que integrou a fuga do dia, e o azar de Ángel Sánchez Rebollido, que foi vítima de uma queda.

No sábado, no segundo dia da prova, os ciclistas têm pela frente um exigente percurso de 171 quilómetros que ligará Soto de Ribera a El Acebo. Entre duas contagens de segunda categoria e uma de terceira, de destacar a chagada ao Alto del Acebo, que coincide com uma contagem de montanha de primeira categoria, a 1167 metros de altitude.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/volta-as-asturias-etapa1-270418.aspx

Agrupamento de Escolas de Felgueiras - Como os nossos alunos retrataram em desenho, construções, fotografias e pela palavra, o vinte e cinco de abril de 1974...


(Agrupamento de Escolas de Felgueiras, 25-04-2018)

Desporto Futebol - João Diogo “Kikas”, de malas feitas para o futebol profissional – rubricou um vínculo de três anos com o Belenenses – é o goleador do distrito de Castelo Branco, no universo das equipas dos campeonatos nacionais, Sporting da Covilhã incluído.



«Futebol: Menino de 19 anos é o rei dos marcadores
Artur Jorge - 26/04/2018 - 15:35

Kikas, com 17 golos, dominou no conjunto dos jogadores das equipas no distrito em campeonatos nacionais. Acaba a época com 21 em provas oficiais.

João Diogo “Kikas”, de malas feitas para o futebol profissional – rubricou um vínculo de três anos com o Belenenses – é o goleador do distrito de Castelo Branco, no universo das equipas dos campeonatos nacionais, Sporting da Covilhã incluído. O jovem de 19 anos, que cumpriu a sua primeira época como sénior, apontou 17 golos no campeonato (CPP). À conta pessoal acresce mais quatro na Taça de Portugal.

Kikas está entre os melhores marcadores do futebol português. Em jogos do campeonato apenas é superado por Jonas (Benfica), 33 golos; Bas Dost (Sporting), 26; Paul Ayongo (Amarante), 20; Marega (FC Porto), 20; João Rodrigues (Caldas), 18; Ricardo Gomes (Nacional), 18; Carlos Vinícius (Real), 18. É o oitavo da lista.

Ao nível do CPP, o atacante albicastrense que passou pelos juvenis e juniores do Vitória de Guimarães, fecha a época no pódio. É o terceiro das contas. Os seus 17 golos só são superados pelos 20 do ganês Paul Ayongo (Amarante), que em 2018/2019 vai representar o Paços de Ferreira e pelos 18 de João Rodrigues “Tarzan” (Caldas), que aos 23 anos vai ter também a merecida oportunidade no futebol profissional: assinou pelo Leixões.

Kikas teve a nível individual uma época em cheio. Dificilmente poderia esperar que as coisas lhe tivessem corrido melhor neste regresso à sua cidade natal. E alguém estará a coçar a orelha!

No compacto das nossas equipas, o camisola 98 do BC Branco dominou por larga diferença a lista dos marcadores. O que mais se aproximou, ainda assim a seis golos, foi o cabo-verdiano do Sertanense, Ká Semedo. O avançado está de saída da Sertã, onde realizou duas temporadas. Antes tinha estado dois anos na equipa B do V. Guimarães. Com 11 golos surgem Sunday e o maestro do Águias do Moradal Ruben Nogueira. Apontaram 11 tentos. Bom desempenho destes dois jogadores. Sunday é um nigeriano de 21 anos que chegou à Sertã proveniente do Farense. Possante. Quanto a Ruben Nogueira, já o dissemos numa anterior edição: sem a arrelia das lesões é uma mais-valia para qualquer equipa deste escalão.

Ivan Fidalgo, o herói de Mortágua, apontou dez golos no Oleiros, menos dois que na época passada com a camisola do Mafra. Em 2014/2015, na sua melhor época de sénior, fez 17 golos pelo Sertanense. Diego, também do Oleiros, marcou 9. Já Jackson fez 8 golos no CPP, mais 4 na Taça de Portugal. Oito golos também para o albicastrense Gazela.

O nigeriano Sodiq Fatai é, até este momento (faltam três rondas para a conclusão da II Liga), o melhor marcador do Sporting da Covilhã, com 6 golos. Está na serra emprestado pelo Paços de Ferreira.

O “top ten” é encerrado pelo brasileiro do Sertanense Robson Silva, com 6 golos. Os albicastrenses Youssou Sow, Dani Matos e Bruno Simões anotaram 5 golos.

TOP TEN DOS GOLOS

Kikas (BC Branco)…….17

Ká (Sertanense)……….12

Sunday (Sertanense)….11

R. Nogueira (Moradal)...11

Ivan Fidalgo (Oleiros)….10

Diego (Oleiros)…………9

Gazela (BC Branco)…….8

Jackson (Oleiros)………8

Fatai (Sp. Covilhã)………6

Robson (Sertanense)….» in http://www.reconquista.pt/articles/futebol-menino-de-19-anos-e-o-rei-dos-marcadores


(Kikas - Benfica Castelo Branco)


(Kikas - Forward - Young Talent)


(Benfica de Castelo Branco 1-0 UD Leiria)

Amarante Cultura - A Presidente da Associação para a criação do Museu Eduardo Teixeira Pinto – Verónica Teixeira Pinto e a Presidente da Tertúlia João de Araújo Correia – Helena Gil Coutinho, convidam V. Exa. a assistir à palestra pela Tertúlia João de Araújo Correia com o tema "João de Araújo Correia um escritor universal enraizado no seu Douro"



«Associação para a Criação do Museu Eduardo Teixeira Pinto

A Presidente da Associação para a criação do Museu Eduardo Teixeira Pinto – Verónica Teixeira Pinto e a Presidente da Tertúlia João de Araújo Correia – Helena Gil Coutinho, convidam V. Exa. a assistir à palestra pela Tertúlia João de Araújo Correia com o tema "João de Araújo Correia um escritor universal enraizado no seu Douro", que decorrerá no dia 5 de maio - sábado - pelas 16h00, no auditório da Casa da Granja.

Depois da palestra haverá uma visita guiada pela artista Raquel Rocha à sua exposição "Contos de Encontros" que se encontra patente ao público nos espaços de exposições temporárias da Casa da Granja.» in https://www.facebook.com/eduardoteixeirapinto/photos/a.341794845972540.1073741832.330393387112686/1005595696259115/?type=3&theater

26/04/18

Desporto Judo - Telma Monteiro conquistou a sua 12º medalha, um bronze nos Europeus de Judo que decorrem em Telavive, Israel. A judoca portuguesa bateu a francesa Sarah Leonie Cysique.



«Telavive: Telma Monteiro conquista medalha de bronze nos Europeus de Judo

Telma Monteiro conquistou a sua 12º medalha, um bronze nos Europeus de Judo que decorrem em Telavive, Israel. A judoca portuguesa bateu a francesa Sarah Leonie Cysique.

A judoca portuguesa (-57 kg), de 32 anos, conquistou esta quinta-feira, 26 de abril, a medalha de bronze nos Europeus de judo de Telavive, em Israel, depois de ter caído para a repescagem. Telma Monteiro bateu a francesa Sarah Leonie Cysique no combate de atribuição do último degrau do pódio, por ippon, e assegurou um lugar no pódio.

A judoca portuguesa Telma Monteiro conquistou hoje a medalha de bronze nos Europeus de Telavive, a sua 12.ª em idêntico número de participações na competição continental.

Telma Monteiro, que venceu dois combates na fase de grupos e perdeu no acesso às meias-finais com a kosovar Nora Gjakova, já no ponto de ouro, triunfou nos dois duelos disputados na repescagem.

Primeiro venceu a húngara Hedvig Karakas (14.ª do mundo, dois lugares abaixo da portuguesa), por ‘ippon’ a 20 segundos do final do combate, e, na decisão pelo bronze, bateu a francesa Sarah Leonie Cysique (37.ª), por ippon.

O bronze de Telavive de Telma Monteiro junta-se às cinco medalhas de ouro em Europeus (2006, 2007, 2009, 2012 e 2015), a uma de prata (2011) e a outras cinco de bronze (2004, 2005, 2010, 2013 e 2014).

A judoca do Benfica, medalha de bronze nos Jogos do Rio2016, só falhou na sua carreira os Europeus de Lisboa (2008), de Kazan (2016) e de Varsóvia (2017), todos devido a lesões.

O primeiro dia dos Europeus de Telavive, que prosseguem até sábado, deu ainda a João Crisóstomo um sétimo lugar, com o judoca (40.º do mundo) a perder apenas no acesso às meias-finais (duas vitórias e uma derrota) e a cair na repescagem.

No quadro menos ‘valioso’ da competição, João Crisóstomo perdeu no primeiro combate, com o israelita Tal Flicker (3.º do ‘ranking’), com um ippon a 01.02 minutos do final.

Os restantes judocas portugueses que hoje se estrearam em Telavive foram eliminados: Joana Diogo (-48 kg), Mariana Esteves (-52 kg) e Gonçalo Mansinho (-60 kg) perderam na estreia e Catarina Costa (-48 kg), Joana Ramos (-52 kg) e Sergiu Oleinic (-66 kg) ainda realizaram dois combates, mas acabaram derrotados.

Na sexta-feira, Portugal contará com Jorge Fernandes e Nuno Saraiva nos -73 kg e Anri Egutidze nos -81 kg, enquanto no sábado participarão Patrícia Sampaio e Yahima Ramirez  nos -78 kg, Tiago Rodrigues nos -90 kg e Jorge Fonseca nos -100 kg, completando a delegação de 15 judocas.» in https://24.sapo.pt/desporto/artigos/telavive-telma-monteiro-conquista-medalha-de-bronze-nos-europeus-de-judo

Mundo - A Ucrânia assinala esta quinta-feira o 32.º aniversário da catástrofe de Chernobyl, o pior acidente nuclear da história, mas a central e a cidade fantasma onde se situa são hoje um destino turístico em crescimento.



«TRINTA E DOIS ANOS DEPOIS DO ACIDENTE, CHERNOBYL É CENTRO TURÍSTICO EM CRESCIMENTO

A Ucrânia assinala esta quinta-feira o 32.º aniversário da catástrofe de Chernobyl, o pior acidente nuclear da história, mas a central e a cidade fantasma onde se situa são hoje um destino turístico em crescimento.

"Chernobyl será para sempre uma chaga aberta no coração do nosso país", disse o presidente Ucrâniano, Petro Porochenko, apelando para que "tudo seja feito para que esta tragédia nunca mais se repita".

A 26 de abril de 1986, às 01:23, o reator número quatro da central a cerca de 100 quilómetros a norte de Kiev, explodiu num teste de segurança e o combustível nuclear ficou a queimar-se durante dez dias, lançando para a atmosfera elementos radioativos que terão contaminado, segundo algumas estimativas, até três quartos da Europa.

No total, cerca de 350.000 pessoas foram retiradas ao longo de anos de um perímetro de 30 quilómetros em redor da central.

O balanço humano da catástrofe ainda hoje é controverso, com estimativas que vão de trinta a 100.000 mortos.

Apesar da tragédia, a central e a cidade fantasma de Pripiat são hoje, 32 anos depois, um centro turístico em crescimento da Ucrânia.

De acordo com as estatísticas oficiais, cerca de 50 mil pessoas, 70% das quais estrangeiras, visitaram Chernobyl no ano passado, o que representa um aumento de 35% em relação a 2016 e de 350% relativamente a 2012.

Sinal dos tempos, um quiosque de lembranças vende t-shirts decoradas com símbolos de radioatividade amarelos e negros e máscaras de gás soviéticas em borracha à entrada da zona de exclusão, contaminada e desabitada, que rodeia a central num raio de 30 quilómetros.

Para o gestor da agência turística Go2chernobyl.com, que organiza desde 2012 viagens ao local, o interesse turístico explica-se por dois fatores: o 30.º aniversário da catástrofe e a instalação, naquele ano, de uma nova cúpula metálica de confinamento sobre o reator número quatro que explodiu a 26 de abril de 1986, contaminando grande parte da Europa. A nova cúpula permitiu reduzir fortemente a fuga de matérias radioativas.

Os dois acontecimentos foram abundantemente falados pelos meios de comunicação internacionais, o que serviu para diminuir os receios de quem hesitava em visitar Chernobyl, considerou Viktor Khartchenko, que garantiu não existir qualquer perigo nestas viagens.

"Uma estada de um dia na zona equivale a duas horas de voo sobre o oceano Atlântico, em termos de dose de radiações absorvidas", declarou Khartchenko.

Ao saírem de Chernobyl, todos são obrigados a passar os controlos de radiação. Várias agências de viagens ucranianas oferecem viagens ao local, de entre um e sete dias, com preços entre 25 e 650 euros.

O programa inclui visitas à nova cúpula, a aldeias abandonadas, ou alimentar siluros que vivem nas águas radioativas de um canal de arrefecimento da central.

Em alguns locais, os medidores de radiação portáteis de alguns visitantes assinalam ruidosamente elevadas taxas de radiação.

Mas o ponto alto continua a ser Pripiat, cidade-fantasma situada a alguns quilómetros da central evacuada em três horas a 27 de abril de 1986.

Na altura do acidente, contava 50 mil pessoas, que nunca mais voltaram.

Na ausência de vida humana, a vegetação conquista as terras abandonadas, fazendo recuar as estradas, ao mesmo tempo que as casas parecem desaparecer sob uma folhagem cada vez mais densa.

Fonte: Lusa» in https://viagens.sapo.pt/viajar/noticias-viajar/artigos/trinta-e-dois-anos-depois-do-acidente-chernobyl-e-centro-turistico-em-crescimento


(Maior desastre com usina nuclear, Chernobyl completa 30 anos)


(Entenda o Acidente Nuclear de Chernobyl na Ucrânia há 30 anos)


(Documentário: O Desastre de Chernobyl (Dublado) - Discovery Channel)

F.C. do Porto Atletas Internacionais - O lateral esquerdo brasileiro tem sido um dos jogadores fundamentais na manobra da equipa liderada por Sérgio Conceição e o interesse de vários emblemas europeus na sua contratação obriga a direção do FC Porto a 'blindar' Alex Telles.



«FC PORTO QUER RENOVAR CONTRATO COM ALEX TELLES

SAD portista quer aumentar o salário e a cláusula de rescisão do lateral brasileiro.

O lateral esquerdo brasileiro tem sido um dos jogadores fundamentais na manobra da equipa liderada por Sérgio Conceição e o interesse de vários emblemas europeus na sua contratação obriga a direção do FC Porto a 'blindar' Alex Telles.

De acordo com a informação veiculada pelo jornal A Bola, o FC Porto quer prolongar contrato com Alex Telles e aumentar a sua cláusula de rescisão.

O lateral direito brasileiro tem contrato com os 'dragões' até junho de 2021 e uma cláusula de rescisão de 40 milhões de euros, razão pela qual a direção portista quer 'afastar' potenciais 'tubarões' do futebol europeu com uma cláusula de rescisão entre os 50 e os 60 milhões de euros.» in https://desporto.sapo.pt/futebol/primeira-liga/artigos/fc-porto-quer-renovar-contrato-com-alex-telles


(Alex Telles - Ultimate Skills Show - 2016/2017 || HD)


(Alex Telles - Goals,Skills & Assists | Porto 2017)


Goal | Golo Alex Telles: FC Porto (5)-1 V. Setúbal (Liga #31)

Desporto Futebol - Cristiano Ronaldo ficou esta quarta-feira em ‘branco’ em Munique, frente ao Bayern, interrompendo uma série de 11 jogos consecutivos a marcar, mas estabeleceu um novo recorde na história da Liga dos Campeões, ao tornar-se no futebolista com mais vitórias.



«CRISTIANO RONALDO ULTRAPASSA CASILLAS E É O JOGADOR COM MAIS VITÓRIAS NA 'CHAMPIONS'

Cristiano Ronaldo superou o atual guarda-redes do FC Porto, Iker Casillas, que contabiliza 98 vitórias na Liga dos Campeões.

Cristiano Ronaldo ficou esta quarta-feira em ‘branco’ em Munique, frente ao Bayern, interrompendo uma série de 11 jogos consecutivos a marcar, mas estabeleceu um novo recorde na história da Liga dos Campeões, ao tornar-se no futebolista com mais vitórias.

Com a vitória do Real Madrid em Munique, por 2-1, na primeira mão das meias-finais da Liga dos Campeões, Cristiano Ronaldo passou a somar 99 triunfos em jogos da fase final e das pré-eliminatórias daquela competição.

Cristiano Ronaldo superou o seu ex-companheiro de equipa do Real Madrid e atual guarda-redes do FC Porto, Iker Casillas, que contabiliza 98 vitórias na Liga dos Campeões, nos 167 jogos disputados ao serviço dos ‘merengues’ e dos dragões.

No entanto, Cristiano Ronaldo precisou de 151 jogos para bater o recorde do guarda-redes espanhol.» in https://desporto.sapo.pt/futebol/liga-dos-campeoes/artigos/cristiano-ronaldo-ultrapassa-casillas-e-e-o-jogador-com-mais-vitorias-na-champions


(Cristiano Ronaldo vs. Iker Casillas: Portugal vs. Spain HD)

25/04/18

Ledman LigaPro: Académica 1 vs F.C. do Porto B 0 - O FC Porto B perdeu esta quarta-feira frente à Académica, pela margem mínima e no fim do prolongamento, no Estádio Cidade de Coimbra, em partida em atraso da 33.ª jornada da Ledman LigaPro.



«“BÊS” DERROTADOS EM COIMBRA

Académica levou a melhor (1-0) no jogo em atraso da 33.ª jornada da Ledman LigaPro.

O FC Porto B perdeu esta quarta-feira frente à Académica (1-0), no Estádio Cidade de Coimbra, em partida em atraso da 33.ª jornada da Ledman LigaPro. Com este resultado, os Dragões mantêm os 52 pontos somados até aqui e a oitava posição na tabela.

Frente a uma equipa que está na luta pela subida de divisão, o FC Porto B entrou em campo de forma personalizada e não se atemorizou perante o domínio da Académica, que sentiu sempre muitas dificuldades para contrariar a organização defensiva dos Dragões. O 0-0 foi-se prolongando no tempo e parecia ser o resultado final, mas Djoussé deu a vitória ao emblema de Coimbra no oitavo minuto do período de compensação (90m+8), isto numa altura em que a Académica estava em inferioridade numérica, por expulsão de Diogo Ribeiro (90m+1).

O FC Porto B volta a entrar em campo no próximo domingo (dia 29 de abril), frente ao Sporting de Braga B, no Estádio de Pedroso. O encontro, da 36.ª jornada, tem início marcado para as 16h00 e transmissão em direto no Porto Canal.

FICHA DE JOGO

ACADÉMICA-FC PORTO B, 1-0
Ledman LigaPro, 33.ª jornada
25 de abril de 2018
Estádio Cidade de Coimbra

Árbitro: Carlos Espadinha
Assistentes: Ricardo Luz e Hugo Ribeiro
Quarto árbitro: Pedro Martins

ACADÉMICA: Ricardo Ribeiro (g.r.), Mike, João Real (cap.), Brendon, Nélson Pedroso, Ricardo Dias, Chiquinho, Luisinho, Femi Balogun, Alan Júnior e Djoussé
Substituições: Alan Júnior por Marinho (64m), Luisinho por Traquina (75m) e Nélson Pedroso por Diogo Ribeiro (88m)
Não utilizados: Guilherme (g.r.), Pedro Empis, Fernando Alexandre e Guima
Treinador: Quim Machado

FC PORTO B: Mouhamed Mbaye (g.r.), Musa Yahaya, Alan Bidi, Rui Pires, Oleg Reabciuk, Luizão, Rui Moreira (cap.), Bruno Costa, Chikhaoui, Madi Queta e Tony Djim
Substituições: Mouhamed Mbaye por Diogo Costa (55m), Madi Queta por Luís Mata (81m) e Tony Djim por Danúbio (90m)
Não utilizados: Diogo Leite, João Cardoso, Romário Baró e Santiago Irala
Treinador: António Folha

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: Djoussé (90m+8)

Disciplina: cartão amarelo para Bruno Costa (70m), Musa Yahaya (78m), Luizão (90m+4); cartão vermelho direto para Diogo Ribeiro (90m+1)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Academica-FC-Porto-B-33a-jor-Ledman-LigaPro-1718.aspx


Futebol: Académica-FC Porto B, 1-0 (Ledman LigaPro, 33.ª jor., 25/04/18)
Pin It button on image hover