11/12/17

Liga dos Campeões - O sorteio dos oitavos de final da Liga dos Campeões realizado esta segunda-feira em Nyon, na Suíça, ditou que o Liverpool será o adversário do FC Porto nos oitavos de final.



«LIVERPOOL É O ADVERSÁRIO NOS “OITAVOS” DA CHAMPIONS

Primeira mão joga-se no Estádio do Dragão, a 14 de fevereiro, e a segunda em Anfield Road​​​​​​​​​, a 6 de março.

O sorteio dos oitavos de final da Liga dos Campeões realizado esta segunda-feira em Nyon, na Suíça, ditou que o Liverpool será o adversário do FC Porto nos oitavos de final. Os azuis e brancos, que estão pela 13.ª vez na fase a eliminar da prova​, jogarão a primeira mão no Estádio do Dragão a 14 de fevereiro de 2018 e a segunda em Anfield Road a 6 de março.

Cinco vezes campeões europeus, a última das quais em 2004/05, os reds foram os primeiros classicados do Grupo E, com 12 pontos somados à custa de três vitórias e outros tantos empates. Foram ainda a segunda equipa mais concretizadora da fase de grupos (23 golos, menos dois do que o Paris-Saint Germain), tendo sofrido seis golos.

FC Porto e Liverpool já se cruzaram por quatro vezes nas competições europeias, tendo-se registado dois empates e duas vitórias dos britânicos. Em 2007/08, encontraram-se na fase de grupos da Champions: no Dragão, o jogo terminou com um empate (1-1) e em Liverpool, o resultado foi a favor dos anfitriões (4-1).

O encontro anterior foi relativo aos quartos de final da edição 2000/01 da Taça UEFA/Liga Europa: na primeira-mão, disputada no Estádio das Antas, ninguém marcou golos (0-0); na segunda, em Anfield, os ingleses levaram a melhor (2-0).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/sorteio-ucl-oitavos-de-final.aspx

F.C. do Porto Natação - A equipa de estafeta júnior do FC Porto esteve em destaque nos Nacionais de piscina curta, ao vencer nas categorias 4x50, 4x100 e 4x200 metros livres.



«ESTAFETA JÚNIOR FOI TRICAMPEÃ NACIONAL

Nacionais de piscina curta decorreram no passado fim de semana, no Porto.

A equipa de estafeta júnior do FC Porto esteve em destaque nos Nacionais de piscina curta, ao vencer nas categorias 4x50, 4x100 e 4x200 metros livres. No clube Fluvial Portuense, na cidade Invicta, a formação vencedora (na foto) foi constituída pelas nadadoras Mariana Barbosa, Ana Ramos, Beatriz Silva e Maria Costa. Individualmente, Mariana Barbosa conseguiu também a medalha de prata nos 200 metros mariposa, com o tempo de 2m19,35s.

Nos masculinos, importa realçar as medalhas de prata dos juniores João Sousa, nos 50 e 100 metros mariposa, de Pedro Santos, nos 200 metros livres, e as medalhas de bronze do senior Rafael Lino, nos 50 e 100 metros mariposa.

De referir ainda que dos 13 nadadores azuis e brancos, 12 deles somaram 44 recordes pessoais, revelando um claro progresso, rumo aos aliciantes desafios da próxima primavera, mas em piscina olímpica (50 metros).

Em prova durante o fim de semana estiveram 402 nadadores de ambos os sexos, naquele que foi o encerramento da época de piscina curta e do primeiro macro ciclo da modalidade.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Estafeta-J%C3%BAnior-foi-tricampe%C3%A3-Nacional.aspx

F.C. do Porto Boxe - Quatro atletas do FC Porto saíram com medalhas da Odivelas Box Cup, que decorreu entre sexta-feira e domingo, no Multiusos da cidade.



«QUATRO MEDALHADOS NA ODIVELAS BOX CUP

Ouro para Sara Pinto e Fábio Silva, prata para o sénior Pedro Ribeiro e bronze para Daniel Rodrigues.

Quatro atletas do FC Porto saíram com medalhas da Odivelas Box Cup, que decorreu entre sexta-feira e domingo, no Multiusos da cidade. O sénior Pedro Ribeiro ficou com a prata na categoria de 64 quilos, os juniores Sara Pinto (60 quilos) e Daniel Rodrigues (64 quilos) arrecadaram ouro e bronze, respetivamente, e o cadete Fábio Silva sagrou-se vencedor na categoria de 56 quilos.

Esta foi a quinta edição da Odivelas Box Cup, um torneio de boxe olímpico em que marcaram presença 250 atletas, em representação de 15 países, divididos por seis escalões. É considerado o maior evento da modalidade em Portugal.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/boxe-quatro-medalhados-na-odivelas-box-cup.aspx

Liga NOS: Setúbal 0 vs F.C. do Porto 5 - O FC Porto reassumiu a liderança da Liga NOS, após vencer de forma clara o Vitória de Setúbal, numa noite de domingo marcada pelas condições climatéricas muito adversas para a prática futebolística.



«ATAQUE À PROVA DE TEMPESTADE

FC Porto retomou a liderança do campeonato ao vencer no Bonfim, por 5-0, com um hat-trick de Aboubakar.

O FC Porto reassumiu a liderança da Liga NOS, após vencer de forma clara o Vitória de Setúbal, por 5-0, numa noite de domingo marcada pelas condições climatéricas muito adversas para a prática futebolística. Além dos golos de Aboubakar (3) e Marega (2), que deram expressão ao marcador e deixam os portistas com 36 pontos (os mesmos do Sporting), o clima foi mesmo um dos obstáculos maiores para as duas equipas, que se viram obrigadas a lidar com a muita chuva e sobretudo com o muito vento que se fez sentir na região de Setúbal e que fustiga grande parte do território nacional.

À parte isso, o primeiro tempo da equipa portista acabou por tornar fácil uma vitória no Bonfim, que habitualmente o Setúbal vende cara. E esta noite até foi a equipa da casa a dar o primeiro sinal, com Edinho a desperdiçar a melhor chance em todo o encontro logo aos dois minutos: o remate saiu fraco, fácil para José Sá. A partir daí, o Dragão acordou e começou a impor o seu futebol, dificultado nos primeiros minutos pela barreira de cinco defesas montada por José Couceiro.

A noite inspirada de Aboubakar começou a ser desenhada cedo. Quatro minutos e o camaronês fez a primeira tentativa abrir o marcador, de cabeça, a mesma com que voltou a tentar aos 12 e a mesma com que inaugurou a contagem aos 31. Servido por Alex Telles (sexta assistência do lateral no campeonato), que minutos antes esteve muito perto de marcar um golo olímpico, o camaronês acabou por fazer o que ele próprio tinha oferecido a Brahimi minutos antes (23m): o golo inaugural da partida. Aberto o marcador, a maior qualidade portista veio ao de cima e, mesmo em velocidade de cruzeiro, os números foram-se avolumando.

Aos 40 minutos quis o destino que Marega estivesse no sítio certo para tocar para o fundo da baliza após uma bola rematada por Maxi ao poste, na sequência de uma boa defesa de Cristiano a uma primeira tentativa de Aboubakar. Para o camaronês haveriam de estar reservados mais dois momentos: o primeiro a fechar a primeira parte, ao cobrar uma grande penalidade que o próprio sofreu (45+4), e o segundo, já na segunda parte, ao emendar com sucesso um lance muito bem imaginado por Marega.

Mais dois golos acabaram por ser o maior destaque de toda a segunda parte, disputada a um ritmo e intensidade mais baixos. Mas nisto de ritmos e velocidade já sabemos que Marega não tem meias medidas. No último pique do jogo, o maliano aproveitou bem um corte defeituoso e arrancou em direção à baliza sem dar hipótese à concorrência. Para tornar tudo mais bonito, finalizou com classe após a saída de Cristiano, fechando assim com nota artística mais uma goleada portista. Ultrapassado o capítulo de Setúbal, segue-se a Taça de Portugal, com o Vitória de Guimarães a visitar o Dragão já na quinta-feira, na disputa de um lugar nos quartos de final.

VER FICHA DE JOGO» in 
http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2017%20-%202018/ataque-a-prova-de-tempestade-12-10-2017.aspx


(HD| RESUMO - V. SETUBAL 0-5 FC PORTO - LIGA NOS - SPORTALIOS)

10/12/17

Acidentes - Uma mulher do Marco de Canaveses que seguia sozinha, com 49 anos de idade, despistou-se, devido a um deslizamento de terras, e, ao sair do carro para resolver a situação, foi atingida por uma árvore, apurou o Observador junto de fonte oficial da GNR.



«Queda de árvore mata mulher de 49 anos em Marco de Canaveses

Dois carros foram atingidos por uma árvore que caiu devido ao mau tempo. Uma mulher, com 49 anos, morreu ao ser atingida pela árvore. Era natural do Marco de Canaveses, apurou o Observador.

Dois carros foram atingidos por uma árvore que caiu devido ao mau tempo, em Marco de Canaveses. Uma mulher, que seguia sozinha, com 49 anos de idade, despistou-se, devido a um deslizamento de terras, e, ao sair do carro para resolver a situação, foi atingida por uma árvore, apurou o Observador junto de fonte oficial da GNR.

A mulher era natural do Marco de Canaveses, apurou o Observador junto do Comandante Sérgio Silva, dos Bombeiros Voluntários de Marco de Canaveses.

O alerta foi dado ao 112 pelas 17h15. O acidente ocorrido por volta das 17h00.

Além da vítima mortal, há mais dois feridos ligeiros, que seguiam num outro carro. Estes feridos estão no Hospital de Penafiel sob observação.

A estrada nacional 211, onde ocorreu o acidente, continua encerrada, informou a fonte dos Bombeiros e da GNR.

Às 18h25 encontravam-se no local 26 operacionais, com 10 viaturas, e uma equipa de psicólogos para apoiar os familiares da vítima, avança a Lusa.» in http://observador.pt/2017/12/10/queda-de-arvore-faz-um-morto-em-marco-de-canaveses/

Ledman LigaPro: F.C. do Porto B 1 vs Guimarães B - O FC Porto B bateu este domingo o Vitória de Guimarães B pela margem mínima, no Estádio de Pedroso, em jogo referente à 16.ª jornada da Ledman LigaPro, na qual os azuis e brancos seguem na terceira posição, com 28 pontos.



«“BÊS” BATEM VITÓRIA DE GUIMARÃES B

André Pereira apontou o golo do triunfo portista (1-0) na 16.ª jornada da Ledman LigaPro.

O FC Porto B bateu este domingo o Vitória de Guimarães B (1-0), no Estádio de Pedroso, em jogo referente à 16.ª jornada da Ledman LigaPro, na qual os azuis e brancos seguem na terceira posição, com 28 pontos. Os Dragões voltam a entrar em campo no dia 16 de dezembro (sábado), em casa do Sporting de Braga B, na 17.ª ronda. O encontro no Estádio 1.º de Maio, em Braga, arranca às 15h00.

A primeira parte do duelo entre as equipas B de FC Porto e Vitória de Guimarães esteve longe de ser um grande espetáculo, mas a realidade é que as condições climatéricas extremamente adversas também não ajudaram. Apesar do maior ascendente portista, foi difícil encontrar caminhos para qualquer uma das balizas, pelo que o nulo se arrastou sem surpresa até ao intervalo.

Houve mais espaço para jogar na etapa complementar e o domínio azul e branco foi-se acentuando com o passar do tempo, até que André Pereira deu finalmente vantagem ao FC Porto B. Galeno fez o que quis de Falaye Sacko no flanco esquerdo e serviu o avançado portista que, à segunda, atirou a contar para o 1-0, estabelecendo aquele que viria a ser o resultado final (75m).

“Não é fácil jogar nestas condições e os treinadores ainda não conseguem preparar este tipo de coisas. Foi um jogo muito difícil, mas estou muito contente pela vitória e pela atitude dos meus jogadores, que se mantiveram fiéis às nossas ideias de jogo. Conquistámos os três pontos e só posso estar satisfeito por isso. Foi uma vitória difícil mas justa, frente a um adversário que tem mais qualidade do que a classificação reflete”, afirmou António Folha, no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO B-VITÓRIA DE GUIMARÃES B, 1-0
Ledman LigaPro, 16.ª jornada
10 de dezembro de 2017
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Daniel Cardoso
Assistentes: Tiago Mota e João Ricardo Silva
Quarto árbitro: Rui Licínio

FC PORTO B: Diogo Costa; Musa Yahaya, Jorge Fernandes, Diogo Leite e Diogo Dalot; Luizão, Rui Moreira (cap.) e Fede Varela; Bruno Costa, Galeno e André Pereira
Substituições: Luizão por Rui Pires (88m), Musa Yahaya por Diogo Queirós (90m+1) e André Pereira por Santiago irala (90m+3)
Não utilizados: Mouhamed Mbaye, Chikhaoui, Madi Queta e Anderson
Treinador: António Folha

VITÓRIA DE GUIMARÃES B: Miguel Oliveira; Falaye Sacko, Ricardo Carvalho, Dénis Duarte (cap.) e David Luís; Joseph Amoah, Haashim Domingo, Tiago Castro e Rúben Oliveira; Artur Abreu e Pedro Raúl
Substituições: Joseph Amoah por Cafú Phete (53m), Rúben Oliveira por João Correia (69m) e Falaye Sacko por Jacques Haman (82m)
Não utilizados: André Costa, Mimito Biai, Rui Gomes e Bence Biró
Treinador: Vítor Campelos

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: André Pereira (75m)

Disciplina: cartão amarelo para Joseph Amoah (39m), Bruno Costa (50m), David Luís (79m), Rui Pires (90m+5), Artur Abreu (90m+6)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/FC-Porto-B-Vitoria-SC-B-16a-jor-Ledman-LigaPro-1718.aspx

F.C. do Porto Sub 15 Futebol: Aveleda 0 vs F.C. do Porto 6 - FC Porto venceu em Braga, por seis bolas sem resposta, na terceira jornada da segunda fase da prova



«SUB-15: DRAGÕES CHEGAM À MEIA DÚZIA FRENTE AO AVELEDA

FC Porto venceu em Braga, por 6-0, na terceira jornada da segunda fase da prova.

A equipa de Sub-15 do FC Porto goleou na manhã deste domingo o Aveleda, por 6-0, em jogo a contar para a terceira jornada da segunda fase do Campeonato Nacional de juniores C, que decorreu no Parque Desportivo de Aveleda, em Braga. A terceira vitória nesta segunda fase, deixa a equipa de Tulipa na liderança isolada da tabela, com mais dois pontos do que o Sporting de Braga (7).

Num jogo em que as condições climatéricas acabaram por se revelar um oponente difícil de ultrapassar, a equipa de Tulipa acabou por fazer prevalecer a maior qualidade do seu futebol. Entre várias oportunidades desperdiçadas, contam-se seis que acabaram no interior da baliza bracarense. João Magalhães marcou por duas vezes (9 e 13m), tal como Diogo Abreu (13 e 31m), a que se juntaram Ruben Ferreira (20m) e Lucas Cândido (41m).

Os Sub-15 portistas alinharam com: Tiago Gonçalves (g.r) (Luís Estefano, 40m), Diogo Ribeiro, David Vinhas, Tiago Antunes (Rafael Dias, 40m), Leandro Dias, David Vieira, Ruben Ferreira (Lucas Cândido, 40m), Francisco Ribeiro, Martim Tavares, Diogo Abreu (Tiago Carvalho, 51m) e João Magalhães (Gonçalo Machado, 67m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub15-ADC-Aveleda-FC-Porto-3a-jor-2a-fase-CNJC-1718.aspx

F.C. do Porto Sub 17 Futebol: F.C. do Porto 3 vs Boavista 2 - A equipa de Sub-17 do FC Porto venceu na manhã deste domingo o dérbi frente ao Boavista, num jogo emocionante, que ficou apenas decidido no último minuto.



«SUB-17: TRIUNFO AZUL E BRANCO NO ÚLTIMO SUSPIRO DO DÉRBI

FC Porto bateu o Boavista, por 3-2, em jogo da terceira jornada da segunda fase do campeonato.

A equipa de Sub-17 do FC Porto venceu na manhã deste domingo o dérbi frente ao Boavista, por 3-2, num jogo emocionante, que ficou apenas decidido no último minuto. Antes disso, os Dragões já tinham protagonizado uma reviravolta no marcador, depois de os axadrezados terem inaugurado o marcador na partida da terceira jornada da segunda fase do Campeonato Nacional de juniores B.

Numa típica manhã de inverno, no Olival, os Dragões acabaram por se impor a um adversário muito combativo e organizado, que começou por se adiantar no marcador logo ao terceiro minuto. A reação portista chegou aos 15 minutos, com Fábio Silva primeiro e depois Moutinho, a meias com um defesa boavisteiro, a virarem o marcador a favor dos azuis e brancos.

Já no segundo tempo os boavisteiros voltaram à carga e chegaram de novo ao empate (59) que acabou desfeito no último minuto da partida. A garra e o querer dos azuis e brancos veio ao de cima e foi premiada com um golo de Valente. Sem tempo para mais, os azuis e brancos somaram três pontos que deixam a formação de Mário Silva a dois do SC Braga (9), que lidera esta segunda fase.

Os Sub-17 alinharam com: Meixedo (g.r), Raí, Matos, Luís, Moutinho (Tiago, 74m), Mané, Gonçalo (Duarte, 55m), Rafa (Moisés (Rafa, 64m), Fábio, Valente (cap.) e Ruca.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub17-FC-Porto-Boavista-3a-jor-2a-fase-CNJB-1718.aspx

09/12/17

F.C. do Porto Basquetebol: F.C. do Porto 116 vs Elétrico 60 - O FC Porto recebeu e bateu este sábado o Eléctrico, no Dragão Caixa, em partida referente à décima jornada da primeira fase da Liga Portuguesa de Basquetebol.



«ELÉCTRICO SEM HIPÓTESES FRENTE A DRAGÃO ESMAGADOR

Encontro da décima jornada da primeira fase da Liga terminou com triunfo do FC Porto (116-60).

O FC Porto recebeu e bateu este sábado o Eléctrico (116-60), no Dragão Caixa, em partida referente à décima jornada da primeira fase da Liga Portuguesa de Basquetebol. Os azuis e brancos voltam a entrar em campo na próxima quarta-feira (13 de dezembro), às 21h15, frente ao Barreirense, na 11.ª ronda. O jogo disputa-se no Pavilhão Municipal Luís de Carvalho, no Barreiro.

Em abono da verdade, este FC Porto-Eléctrico não teve muito que se lhe diga, mas é importante sublinhar a entrada demolidora dos Dragões, com um parcial de 34-18 no primeiro período. Ao intervalo a vantagem portista era já de 33 pontos (59-26) e a etapa complementar serviu apenas para colocar o carimbo em mais um triunfo do FC Porto no campeonato (116-60), com direito a recorde de pontos marcados em 2017/18. Numa grande exibição do coletivo azul e branco, seis jogadores marcaram na casa das dezenas, sendo que Will Hanley (12 pontos, 10 ressaltos e 9 assistências) ficou muito perto de um raríssimo triplo-duplo.

“Honestamente, já se sabia que a diferença de potencial e de talento entre as duas equipas era grande, mas entrámos com muita vontade de mostrar que pertencemos à parte cimeira da tabela. O apuramento para a Taça Hugo dos Santos também está em causa, por isso queríamos vencer e pela maior margem possível. Jogámos com muita intensidade e vontade de fazer bem as coisas, com algumas exibições individuais fantásticas. Mesmo sendo um jogo com uma diferença grande, foi bonito para quem viu”, afirmou Moncho López, no final da partida, em declarações ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-ELÉCTRICO, 116-60
Liga Portuguesa de Basquetebol, fase 1, 10.ª jornada
9 de dezembro de 2017
Dragão Caixa, Porto

Árbitros: Fernando Rocha, Pedro Lourenço e Diogo Martins

FC PORTO: Pedro Pinto (5), Marcus Gilbert (19), Will Wheehey (19), Will Hanley (12) e Miguel Queiroz (14)
Suplentes: Pedro Bastos (7), Sasa Borovnjak (12), Ferrán Ventura (5), André Bessa (9), António Monteiro (12) e Miguel Miranda (2)
Treinador: Moncho López

ELÉCTRICO: Tiago Pinto (9), António Pina (2), Kevin Coronel (15), Earnest Jr. (1) e Brian Jr. (5)
Suplentes: Francisco Oliveira, André Miguens (13), João Lanzinha (2), João Caldeira (4), Artem Melnychuk, Paulo Raminhos (5) e Mário Neves (4)
Treinador: Marco Galego

Ao intervalo: 59-26
Parciais: 34-18, 25-8, 31-21, 26-13» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/FC-Porto-Electrico-10a-jor-1a-fase-LPB-1718.aspx

F.C. do Porto Andebol: F.C. do Porto 32 vs Madeira SAD 21 - O FC Porto segue imparável e somou a 12.ª vitória consecutiva no Andebol 1. Este sábado, recebeu e venceu o Madeira SAD, num jogo que começou por ser difícil, mas que soube tornar fácil.



«MISSÃO CUMPRIDA ANTES DO CLÁSSICO

FC Porto somou frente ao Madeira SAD, no Dragão Caixa, a 12.ª vitória consecutiva no Andebol 1 (32-21).

O FC Porto segue imparável e somou a 12.ª vitória consecutiva no Andebol 1. Este sábado, recebeu e venceu o Madeira SAD por 32-21, num jogo que começou por ser difícil, mas que soube tornar fácil, graças à boa exibição assinada na segunda parte, e que assinalou a estreia absoluta de Sérgio Morgado no Dragão Caixa – o guarda-redes, que já tinha jogado em Braga frente ao ABC (26-23), na passada quarta-feira, está de regresso ao clube​ para ocupar a vaga do lesionado Alfredo Quintana.

Exatamente três meses depois de se terem defrontado no Funchal, onde os insulares levaram a melhor (29-25​), as duas equipas reencontram-se no Dragão Caixa para um jogo que começou por ser difícil para os anfitriões. O Madeira SAD entrou melhor e deu uma boa réplica durante os primeiros 20 minutos, altura em que os azuis brancos começaram a tomar conta do encontro e também do marcador, apesar de algumas decisões muito discutíveis tomadas pela dupla de arbitragem vinda do Minho.

Do banco veio a ajuda do guarda-redes Sérgio Morgado, ao defender dois livres de sete metros, de regresso à baliza do FC Porto, sempre bem entregue a Hugo Laurentino, que assinou algumas defesas importantes durante o encontro. Das mãos de Miguel Martins e Ángel Hernández vieram 11 golos (seis do português e cinco do cubano) dos 16 marcados pelos na primeira parte, a equipa orientada por Lars Walther mostrou a sua melhor versão no jogo até então: precisou de menos dez minutos para impor um parcial de 8-1, decisivo para que recolhesse ao intervalo na frente (16-11).

No segundo tempo, os azuis e brancos deram continuidade à boa exibição nos dez minutos finais da primeira. Apoiados numa defesa bastante mais consistente, que contou com novo contributo de Sérgio Morgado, os Dragões estiveram também em bom plano no ataque, pelo que foi com naturalidade que foram alargando a vantagem até a casa das dezenas, garantindo três pontos muito importantes nesta primeira fase.

No fim, aos microfones do Porto Canal, Lars Walther admitiu que a equipa não esteve bem “nos primeiros 18 minutos”, sobretudo no setor defensivo, em que cometeu “muitos erros, sobretudo a nível tático”. “Conversámos, corrigimos as falhas e a partir daí jogámos bem”, acrescentou o treinador dinamarquês, que exortou os adeptos a comparecerem em peso no Dragão Caixa, palco do clássico com o Benfica na próxima quarta-feira (20h00, Porto Canal) – “precisamos muito deles”, sublinhou. Os bilhetes para a partida continuam disponíveis nos locais habituais.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-MADEIRA SAD, 32-21
Andebol 1, 1.ª fase, 15.ª jornada
9 de dezembro de 2017
Dragão Caixa

Árbitros: Fernando Costa e Diogo Teixeira (Braga)

FC PORTO: Hugo Laurentino, Telmo Ferreira e Sérgio Morgado (g.r.); Victor Iturriza (3), Spelic, Yoel Moralez (3), Miguel Martins (7), Ángel Hernández (6), Rui Silva (3), Daymaro Salina (4), José Carrillo (2), Diogo Branquinho (2), António Areia, Miguel Alves (2) e Aleksander Spende
Treinador: Lars Walther

MADEIRA SAD: Gustavo Capdeville e Luís Carvalho (g.r.), Hugo Lima (6), João Martins (1), Diogo Gomes, João Mendes (1), Daniel Santos (3), João Miranda (2), Elledy Semedo (2), João Gomes (1), João P. Pinto (2) e Oleksandr Nekrushets (3)
Treinador: Paulo Fidalgo

Ao intervalo: 16-11» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/andebol-fcp-madeirasad-15aj-andebol1-091217.aspx

F.C. do Porto Hóquei Patins: Follonica 1 vs F.C. do Porto Fidelidade 7 - O FC Porto Fidelidade venceu na tarde deste sábado o Follonica, resultado que permite à equipa de Guillem Cabestany assumir de forma isolada a liderança do Grupo B da Liga Europeia



«TRIUNFO EM ITÁLIA VALE LIDERANÇA ISOLADA DO GRUPO B

FC Porto venceu o Follonica por 7-1 na terceira jornada do Grupo B da Liga Europeia.

O FC Porto Fidelidade venceu na tarde deste sábado o Follonica, por 7-1, resultado que permite à equipa de Guillem Cabestany assumir de forma isolada a liderança do Grupo B da Liga Europeia, uma vez que contou por vitórias as três jornadas já disputadas. Frente à formação italiana, que mantém os seis pontos, num Palazzetto Armeni praticamente lotado, os azuis e brancos fizeram valer os golos de Reinaldo Garcia (3), Alvarinho, Telmo Pinto Hélder Nunes e Gonçalo Alves.

Um início menos conseguido da equipa do FC Porto permitiu à da casa dominar os instantes iniciais da partida, domínio esse que acabou por ser materializado no golo inaugural da partida: numa boa jogada de entendimento, Pablo Saavedra adiantou a equipa o Follonica (minuto sete), mas por pouco tempo. Três minutos para ser mais preciso, foi o que teve de se esperar para Reinaldo Garcia empatar o encontro (minuto dez).O golo marcou o início do largo domínio do FC Porto na partida, na qual, de uma forma natural, acabou por, primeiro ganhar vantagem, e depois alargá-la.

Ainda no primeiro tempo, e num dos primeiros toques que deu na bola, Alvarinho fez o 2-1 (minuto 19), vantagem que foi depois alargada por Telmo Pinto (3-1) e por Gonçalo Alves, já no segundo tempo. Coube depois a Reinaldo Garcia fixar o 7-1 final, com mais dois golos, o último dos quais de elevadissima nota artistica. Vale a pena ver e rever.

Os Dragões superam assim um dos desafios mais exigentes desta fase de grupos, dando também um passo importante rumo à qualificação para os quartos de final da prova. No quarta jornada, agendada para o dia 13 de janeiro, é a vez dos italianos visitarem o Dragão Caixa.​​

FICHA DE JOGO 

FOLLONICA-FC PORTO, 1-7
Liga Europeia, Grupo B, 3.ª jornada
9 de dezembro de 2017
Palazzetto Armeni, Follonica

Árbitros: Oscar Valverde e Ivan Gonzalez (Espanha)

FOLLONICA: Giovanni Menichetti (g.r), Pablo Saavedra, Mario Rodriguez, Federico Pagnini e Lucas Martinez
Jogaram ainda: Davide Banini, Stefano Paghi e Andrea Fantozzi
Treinador: Enrico Mariotti

FC PORTO: Carles Grau (g.r), Hélder Nunes, Reinaldo Garcia, Rafa e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Telmo Pinto, Alvarinho, Jorge Silva e Ton Baliu
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 1-2
Marcadores: Pablo Saavedra (7m), Reinaldo Garcia (10m, 46m, 50m), Alvarinho (19m), Telmo Pinto (37m), Hélder Nunes (38m) e Gonçalo Alves (41m)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Follonica-FC-Porto-3a-jor-grupo-B-Liga-Europeia-1718.aspx

Religião Imaculada Conceição - Nas cortes celebradas em Lisboa no ano de 1646 declarou o rei D. João IV que tomava a Virgem Nossa Senhora da Conceição por padroeira do Reino de Portugal, prometendo-lhe em seu nome, e dos seus sucessores, o tributo anual de cinquenta cruzados de ouro.



«Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Reino.

Nas cortes celebradas em Lisboa no ano de 1646 declarou o rei D. João IV que tomava a Virgem Nossa Senhora da Conceição por padroeira do Reino de Portugal, prometendo-lhe em seu nome, e dos seus sucessores, o tributo anual de cinquenta cruzados de ouro. Ordenou o mesmo soberano que os estudantes na Universidade de Coimbra, antes de tomarem algum grau, jurassem defender a Imaculada Conceição da Mãe de Deus. 

Não foi D. João IV o primeiro monarca português que colocou o reino sob a protecção da Virgem, apenas tornou permanente uma devoção, a que os nossos reis se acolheram algumas vezes em momentos críticos para a pátria. D. João I punha nas portas da capital a inscrição louvando a Virgem, e erigia o convento da Batalha a Nossa Senhora, como o seu esforçado companheiro D. Nuno Alvares Pereira levantava a Santa Maria o convento do Carmo. Foi por provisão de 25 de março do referido ano de 1646 que se mandou tomar por padroeira do Reino Nossa Senhora da Conceição. Comemorando este facto cunharam-se umas medalhas de ouro de 22 quilates, com o peso de 12 oitavas, e outras semelhantes mas de prata, com o peso de uma onça, as quais foram depois admitidas por lei como moedas correntes, as de ouro por 12$000 réis e as de prata por 600 réis. Segundo diz Lopes Fernandes, na sua Memória das medalhas, etc., consta do registo da Casa da Moeda de Lisboa, liv. 1, pag. 256, v. que António Routier foi mandado vir de França, trazendo um engenho para lavrar as ditas medalhas, as quais se tornaram excessivamente raras, e as que aquele autor numismata viu cunhadas foram as reproduzidas na mesma Casa da Moeda no tempo de D. Pedro II. Acham-se também estampadas na Historia Genealógica, tomo IV, tábua EE. A descrição é a seguinte: JOANNES IIII, D. G. PORTUGALIAE ET ALGARBIAE REX – Cruz da ordem de Cristo, e no centro as armas portuguesas. Reverso: TUTELARIS RE­GNI – Imagem de Nossa Senhora da Conceição sobre o globo e a meia lua, com a data de 1648, e; nos lados o sol, o espelho, o horto, a casa de ouro, a fonte selada e arca do santuário. 

O dogma da Imaculada Conceição foi definido pelo papa Pio IX em 8 de dezembro de 1854, pela bula Ineffabilis. A instituição da ordem militar de Nossa Senhora da Conceição por D. João VI (V. o artigo seguinte) sintetiza o culto que em Portugal sempre teve essa crença antes de ser dogma. Em 8 de dezembro de 1904 lançou-se em Lisboa solenemente a primeira pedra para um monumento comemorativo do cinquentenário da definição do dogma. Ao acto, a que assistiram as pessoas reais, patriarca e autoridades, estiveram também representadas muitas irmandades de Nossa Senhora da Conceição, de Lisboa e do país, sendo a mais antiga a da actual freguesia dos Anjos, que foi instituída em 1589.» in http://www.arqnet.pt/dicionario/nsconcpad.html


(O olhar do Padre Almiro - Dia da Imaculada Conceição, padroeira de Portugal)

08/12/17

Agrupamento de Escolas de Felgueiras - E eis que chegou o Natal a cada canto da nossa Escola... é uma quadra especial, sem dúvida!


(Agrupamento de Escolas de Felgueiras, Natal 2017)

Criminalidade - Um segurança de 42 anos foi morto no decorrer de um tiroteio na discoteca Barrio Latino, na rua de Cintura do Porto de Lisboa, em Santos, Lisboa, noticia o Correio da Manhã e a TVI 24.



«Segurança morto a tiro em discoteca de Lisboa
08 dez, 2017 - 16:21

Funcionário de 42 anos da discoteca Barrio Latino, na zona de Santos, foi atingido mortalmente na cabeça.

Um segurança de 42 anos foi morto no decorrer de um tiroteio na discoteca Barrio Latino, na rua de Cintura do Porto de Lisboa, em Santos, Lisboa, noticia o Correio da Manhã e a TVI 24.

A vítima mortal foi atingida com um disparo na cabeça.

O confronto ocorreu esta sexta-feira, por volta das 13h00, na sequência da chegada de um grupo que entrou dentro da discoteca para causar distúrbios. Segundo o CM, os seguranças imediatamente expulsaram os elementos destabilizadores, que regressam momentos mais tarde ao local.

O mesmo jornal acrescenta que um dos indivíduos foi ao automóvel buscar uma arma de fogo e começou a disparar sobre os seguranças do local, acabando por atingir um na cabeça.

"Os seguranças expulsaram do interior da discoteca um grupo de pessoas que se envolveu num desentendimento, e uma dessas pessoas, já no exterior, foi à sua viatura buscar uma arma de fogo com a qual atingiu o segurança, que foi transportado numa viatura particular para o Hospital de S. José, onde infelizmente, veio a falecer", disse à Lusa fonte do comando da PSP de Lisboa.
A vítima foi transportada em estado grave por amigos para o Hospital de São José, em Lisboa, onde acabou por morrer. Os suspeitos estão em fuga. A PJ está a investigar o caso.» in http://rr.sapo.pt/noticia/100321/seguranca-morto-a-tiro-em-discoteca-de-lisboa?utm_source=rss

F.C. do Porto Andebol: ABC 23 vs F.C. do Porto 26 - O FC Porto foi esta quarta-feira a Braga arrancar uma importante vitória sobre o ABC, no jogo referente à 14.ª jornada que assinalou o arranque da segunda volta da primeira fase do Andebol 1.



«VITÓRIA A ABRIR A SEGUNDA VOLTA DO ANDEBOL 1

Na 14.ª jornada do campeonato​, o ​FC Porto venceu em Braga o ABC (26-23) para se isolar no terceiro lugar​ da tabela.

O FC Porto foi esta quarta-feira a Braga arrancar uma importante vitória sobre o ABC (26-23), no jogo referente à 14.ª jornada que assinalou o arranque da segunda volta da primeira fase do Andebol 1. O resultado permite-lhe isolar-se no terceiro lugar da tabela e manter os dois pontos de distância para os dois primeiros classificados, Sporting e Benfica.

No Flávio Sá Leite reencontraram-se duas equipas que tinham empatado no jogo da primeira volta, no Dragão Caixa (23-23). Desta vez, no entanto, os azuis e brancos levaram a melhor, num encontro em que Miguel Martins foi a grande figura ao apontar nove golos.

A equipa orientada por Lars Walther esteve por cima durante a primeira parte, tendo ido para o intervalo a vencer por quatro golos de diferença (15-11), e voltou a entrar bem na segunda, gerindo bem a vantagem que trazia do balneário até permitir que o ABC, com um parcial de 6-0, voltasse para a frente do marcador e se relançasse na partida

Os últimos minutos foram, portanto, de grande emoção no pavilhão dos arsenalistas e o resultado poderia ter pendido para qualquer um dos lados. Foi o FC Porto o mais forte e, com um parcial de 3-0 nos instantes finais, retomou o comando do marcador, garantindo três preciosos pontos para continuar a perseguir o duo de líderes da classificação.

FICHA DE JOGO

ABC-FC PORTO, 23-26
Andebol 1, 14.ª jornada
6 de dezembro de 2017
Pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga

Árbitros: Duarte Santos e Ricardo Fonseca (Madeira)

ABC: Humberto Gomes e Ricardo Ferreira (g.r.), Délcio Pina, Hugo Rocha (6), Roberto Ferreira, Carlos Bandeira, João Peixoto (1), Nuno Silva (4), Dario Andrade (3), Carlos Martins (3), Belmiro Alves, Hugo Manso, Hugo Rosário (3), Tomás Albuquerque (2), Francisco Silva e Cláudio Silva
Treinador: Jorge Rito

FC PORTO: Hugo Laurentino, Telmo Ferreira e Sérgio Morgado (g.r.); Victor Iturriza (2), Nikola Spelic, Yoel Morales (3), Miguel Martins (9), Jonas Alves, Ángel Hernandez, Rui Silva, Daymaro Salina (2), José Carrillo, Diogo Branquinho (2), António Areia (4), Miguel Alves e Aleksander Spende (4)
Treinador: Lars Walther» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/ABC-FC-Porto-14a-jornada-1a-fase-Andebol-1-1718.aspx
Pin It button on image hover