24/04/17

Liga NOS: F.C. do Porto 0 vs Feirense 0 - Acabou sem golos o jogo da 30.ª jornada da Liga NOS entre o FC Porto e o Feirense, resultado que volta a complicar as ambições portistas de lutar pelo título.



«EMPATE VOLTA A ATRASAR DRAGÕES

Terminou como começou (0-0) o jogo da 30.ª jornada, frente ao Feirense.

Acabou sem golos o jogo da 30.ª jornada da Liga NOS entre o FC Porto e o Feirense, resultado que volta a complicar as ambições portistas de lutar pelo título. O ponto conseguido este domingo, no Estádio do Dragão, mantém os Dragões a três da liderança, agora com apenas quatro jornadas para jogar até ao final do campeonato.

Na partida desta noite foi preciso esperar 14 minutos para ver o primeiro lance de relativo perigo junto de uma das balizas, no caso, a do Feirense. Apareceu Soares, numa “bicicleta” que não levou a melhor direção, mas que teve o condão de acordar a equipa portista. Consciente de que era preciso fazer mais e melhor do que nos primeiros 20 minutos, os azuis e brancos lançaram-se em busca do objetivo principal: o golo.

E não faltaram ocasiões para o Dragão festejar. Contando com a cabeçada de Diogo Jota na ressaca de um cruzamento de Óliver mal resolvido por Vaná (19m), a cabeçada de Danilo em zona privilegiada após canto de Alex Telles (27m), um remate de Danilo em zona frontal que saiu ligeiramente por cima (41m), outro de Óliver que, não fosse acertar em Jean Sony, acabaria dentro das redes fogaceiras (44m), ou o toque de pé esquerdo de Soares que acertou nas redes laterais, de uma baliza deserta (45m) foram cinco, no total, as ocasiões para os Dragões saírem na frente para o intervalo. E são elas também o melhor espelho dos primeiros 45 minutos, que terminou com um teimoso nulo.

Por teimosia, ou não, não temos forma de o saber, a segunda parte começa com um lance que o árbitro Rui Costa decidiu ignorar. Tendo em conta a sua proximidade do lance, ignorar talvez seja o termo mais simpático de classificar uma decisão de um lance em que Otávio, que ao intervalo rendeu Óliver, é claramente desequilibrado por Jean Sony, numa jogada que tinha muito de promissora, mas que terminou com uma queda do 25 portista. O árbitro, a escassos metros da ação, conseguiu não ver o que todos viram.

E, posto isso, seguiu-se a toada, ainda mais acentuada, da primeira parte. Marcano (53m), Otávio (56m), desta vez sem mãos alheias, e Felipe foram traídos pela falta de pontaria, enquanto Rui Pedro, poucos minutos depois de ter entrado, esbarrou com o acerto do guardião Vaná Alves. No momento em que o jogo se desenrolva praticamente dentro dos últimos 30 metros defensivos do Feirense, o protagonismo voltou a Rui Costa. Não pelas decisões duvidosas e critérios díspares de algumas faltas apitadas a meio-campo (essas até podiamos dar de barato), mas porque o agarrão a Marcano aos 73 minutos, já em cima da pequena área, foi evidente demais para que ele ou outro dos três elementos da sua equipa não o vissem. 

E daì, voltamos a Vaná Alves, ele que chamou a si as atenções, negando no mesmo minuto (82) o golo a Maxi e, de novo, a Rui Pedro. Era já a fase em que o coração jogava mais do que a cabeça… a mesma com que Maxi fez uma derradeira tentativa de desbloquear o empate que Vaná segurou definitivamente.

A próxima jornada reserva aos Dragões a primeira de duas deslocações consecutivas. Sábado, às 20h30, os azuis e brancos jogam no Municipal Manuel Branco Teixeira, frente ao Desportivo de Chaves, a partida da 31.ª jornada.

VER FICHA DE JOGO» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2016%20-%202017/empate-volta-a-atrasar-dragoes-4-23-2017.aspx


(Análise: Este Dragão sente o medo de não voltar a ganhar)

23/04/17

F.C. do Porto Basquetebol: F.C. do Porto 101 vs Vitória de Guimarães 96 - Dragões venceram o Vitória de Guimarães com dois prolongamentos e uma exibição soberba do sérvio.



«DUPLO-DUPLO DE SASA DÁ VITÓRIA NA FASE REGULAR

Dragões venceram (101-96) o Vitória de Guimarães com dois prolongamentos e uma exibição soberba do sérvio.

Foi preciso uma hora de basquetebol, com dois prolongamentos, e a melhor versão de Sasa Borovnjak para o FC Porto vencer, neste domingo, o Vitória de Guimarães (101-96) no Dragão Caixa e confirmar o primeiro lugar da fase regular da Liga, ainda com uma jornada por disputar. O sérvio fez um duplo-duplo de 21 pontos e 10 ressaltos, e os azuis e brancos beneficiaram da derrota do Benfica em Oliveira de Azeméis. Aconteça o que acontecer no Barreiro, frente ao Galitos, já ninguém tira o fator-casa aos campeões nacionais nos Playoffs.

Alguma permissividade defensiva e uma clara indefinição no ataque portista foi só o que o Vitória de Guimarães precisou para dominar os dois primeiros períodos do encontro (32-39), com o norte-americano Victor Moses a brilhar e a distinguir-se como o melhor marcador da primeira parte, com 13 pontos e uma eficácia tremenda, convertendo seis de sete lançamentos de campo, um deles de três pontos.

Mas tudo mudou depois do intervalo e a partir do momento em que Brad Tinsley pegou na bola e no jogo. O base norte-americano fez os primeiros cinco pontos de um parcial de 11-1 que colocou o FC Porto na frente e conduziu os campeões nacionais num período em que reverteram uma desvantagem de sete pontos numa diferença favorável de sete pontos (57-50).

O Vitória reagiu no último quarto e a 7:25 minutos do final encurtava as distâncias para uma posse de bola (59-56), diferença a que José Silva reagiu com a conversão de dois triplos consecutivos. Pouco depois, Nick Washburn recolocaria a vantagem portista na casa das dezenas (70-60), desde a linha de lances livres. Entre várias oscilações, a equipa de Guimarães manteve-se sempre na discussão do resultado e acabaria por empatar (80-80) a sete segundos final, com João Balseiro a forçar o prolongamento.

Sem José Silva e Nick Washburn, excluídos por limite de faltas, o FC Porto perderia, pelas mesmas razões, Miguel Queiroz mais adiante, além de alguma clarividência que fez perigar a vitória portista, confirmada no segundo tempo extra por uma exibição soberba da Sasa Borovnjak, já depois de Miguel Miranda impor o recurso a novo prolongamento com a conversão de um lançamento triplo. Nos cinco minutos que tudo decidiram, o sérvio fez dez dos 13 pontos somados pelo FC Porto, que foram apenas a ponta do icebergue de um duplo-duplo de 31 pontos e 10 ressaltos, e uma eficácia de 100 por cento na linha de lance livre (15 em 15).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/basquetebol-fcporto-guimaraes-lpb-2f-9j.aspx

F.C. do Porto Hóquei Patins: Paços de Arcos 4 vs F.C. do Porto Fidelidade 10 - Seis golos de Hélder Nunes no triunfo na partida referente à 20.ª jornada do campeonato.



«GOLEADA EM PAÇO DE ARCOS MANTÊM DISTÂNCIA PARA A LIDERANÇA

Seis golos de Hélder Nunes no triunfo (10-4) na partida 20.ª jornada do campeonato.

O FC Porto Fidelidade venceu na tarde deste domingo no Pavilhão do Paço de Arcos, por 10-4, no jogo da 20.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Os golos da sexta vitória consecutiva dos Dragões foram apontados por Vítor Hugo (2), Hélder Nunes (6), Reinaldo Garcia e Rafa. No que respeita à classificação, os três primeiros continuam assim separados por dois pontos, com a Oliveirense na liderança (54 pontos) e o Benfica no segundo posto (53). Com menos um, no terceiro posto, seguem os Dragões.

Num pavilhão tradicionalmente difícil para os Dragões, assistiu-se a uma entrada agressiva da equipa de Guillem Cabestany, que procurou desde o primeiro minuto jogar o mais próximo possível da baliza adversária. Não demorou muito até que essa pressão surtisse o seu efeito, uma vez que logo no segundo minuto Vítor Hugo abriu o marcador, dando rumo certo um remate de Reinaldo Garcia. Mas durou pouco a vantagem. Dez segundos, para ser mais preciso, foi o tempo que Nélson Ribeiro demorou a empatar a partida.

Com o jogo igualado, assistiu-se a uma resposta dos Dragões e a uma luta particular entre Vítor Hugo e Hélder Nunes, que o capitão haveria por levar a melhor. Foi ele que fez o segundo (9m) e o terceiro (11m) golos portistas e o Vítor Hugo o quarto (12m), com o intervalo a não chegar sem antes o Paço de Arcos reduzir para 4-2 (Tiago Losna).

A segunda parte trouxe um FC Porto implacável, com Hélder Nunes em grande destaque. Aos dois golos do primeiro tempo o capitão juntou mais quatro no segundo (o último é digno de ser visto e revisto), acabando por decidir por completo a partida a favor dos azuis e brancos. Para lá do show de 78 portista houve ainda tempo para brilharem Reinaldo Garcia (38m) e Rafa (39) que se encarregaram de colocar o marcador na dezena.

Quanto ao Paço de Arcos, o melhor que conseguiu foi atenuar a clivagem no marcador, com Nélson Ribeiro e Ricardo Pereira a fazerem o terceiro e quarto da equipa da casa. Os Dragões regressam à competição no próximo sábado, dia para o qual têm agendada a receção à Sanjoanense (18h00, Porto Canal), no Dragão Caixa, relativa à 21.ª jornada do campeonato.

FICHA DE JOGO 

PAÇO DE ARCOS-FC PORTO FIDELIDADE, 4-10
Campeonato Nacional, 20.ª jornada
23 de abril de 2017
Pavilhão Gimnodesportivo de Paço de Arcos

Árbitros: Ricardo Leão e Miguel Guilherme

PAÇO DE ARCOS: Guilherme Pedruco, Nélson Ribeiro, José Miguel Dantas (cap.), Ricardo Pereira e Tiago Gouveia
Jogaram ainda: Diego Dias, Pedro Jordão, Tiago Losna e Fábio Quintino
Treinador: Jorge Godinho

FC PORTO: Nélson Filipe, Hélder Nunes (cap.) Reinaldo Garcia, Vítor Hugo e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Rafa, Ton Baliu, Jorge Silva e Telmo Pinto
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 2-4
Marcadores: Vítor Hugo (2m, 12m), Nélson Ribeiro (2m), Hélder Nunes (9m, 11m, 26m, 32m, 32m, 36m), Tiago Losna (20m), Reinaldo Garcia (38m) e Rafa (39m) e Ricardo Pereira (47m)

Disciplina: cartão azul a Ton Baliu (20m)» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/hoquei-paco-darcos-fcporto-cn-2aj-230417.aspx

F.C. do Porto Sub 15 Futebol: F.C. do Porto 2 vs Paços de Ferreira 0 - Avançado João Pinto fez os dois golos que valem os primeiros pontos da fase final.



«SUB-15 VENCEM PAÇOS DE FERREIRA

Avançado João Pinto fez os golos (2-0) que valem os primeiros pontos da fase final.

A equipa de Sub-15 do FC Porto somou na manhã deste domingo os primeiros três pontos na fase final do Campeonato Nacional de juniores C, após vencer no Estádio Luís Filipe Menezes, no Olival, a formação do Paços de Ferreira (2-0), no jogo da quarta jornada. Conquistados os primeiros três pontos da fase decisiva, a equipa de José Conceição volta a entrar em campo apenas no dia 7 de maio, para o qual tem agendado uma visita a Coimbra, para jogar frente à Académica.

Depois de três derrotas, os azuis e brancos tiveram uma entrada em jogo carregada de personalidade, que valeu um domínio completo da partida. Esse domínio traduziu-se em volume de jogo ofensivo do qual acabou por resultar os dois golos do avançado João Pinto (24m e 33m) ainda antes do intervalo.

A mesma toada verificou-se nos segundos 35 minutos: os pacenses nunca conseguiram incomodar verdadeiramente a defensiva dos Dragões, que poderiam, por um par de ocasiões, ter alargado a vantagem.

Os Sub-15 portistas alinharam com: Igor Bastos, Tomás Esteves, David Vinhas, Tomás Rosete, Hugo Oliveira, Tiago Ribeiro (Afonso Vilas Boas, 52m), Diogo Carreira, Sérgio Meireles, João Pinto (Veríssimo Amaro, 61m), Bernardo Folha e Mauro Ribeiro.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/sub-15-fcporto-pacos-ferreira-cjnc-3af-4aj-230417.aspx

Amarante Fregim - A Primavera mantém um expoente de cores e de luz, na Rua do Rio, em Fregim, Amarante.


(Amarante, Fregim, Rua do Rio onde há uma explosão de Primavera)

22/04/17

F.C. do Porto Sub 17 Futebol: F.C. do Porto 1 vs Académica 0 - Leandro Campos marcou o único golo do triunfo tangencial sobre a Académica de Coimbra.



«SUB-17 ENTRAM A VENCER NA FASE DECISIVA DO CAMPEONATO

Leandro Campos marcou o único golo do triunfo sobre a Académica (1-0).

A equipa de Sub-17 do FC Porto estreou-se na manhã deste sábado na terceira fase do Campeonato Nacional de juniores B com um triunfo sobre a Académica, por 1-0, somando assim os primeiros três pontos na decisiva fase do campeonato. Na segunda jornada, a equipa de Bino tem pela frente uma deslocação ao Seixal, para jogar frente ao Benfica, partida que está agendada para o dia 25 de abril.

No Estádio Luís Filipe Menezes, no Olival, o golo solitário do avançado Leandro Campos, apontado aos 15 minutos do primeiro tempo, após uma boa jogada de envolvimento coletivo, acabou por decidir uma partida em que os Dragões foram sempre a equipa com maior iniciativa. Controlaram praticamente todo o encontro e por um par de ocasiões estiveram muito perto dar maior expressão ao marcador. Na mais soberana, Rúben Moura acertou, de livre direto, no poste da baliza academista, num lance em que o guarda-redes estava batido.

Os Sub-17 portistas alinharam com: João Gonçalo, Tiago Matos, Vítor Cardoso, Cláudio Silva, João Oliveira, Vítor Ferreira, Miguel Magalhães (Gonçalo Borges), Romário Baró, Leandro Campos (Vasco Paciência), Afonso Sousa e Rúben Moura (João Mário, 55m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/futebol-formacao-fc-porto-academica-1jor-3fase-cnjb.aspx

F.C. do Porto Basquetebol: Illiabum 44 vs F.C. do porto 88 - Liderança segura após triunfo expressivo sobre o Illiabum, na oitava jornada da segunda fase do campeonato.



«DRAGÕES NÃO VACILAM EM ÍLHAVO

Liderança segura após triunfo expressivo sobre o Illiabum (88-44), na oitava jornada da segunda fase do campeonato.

O FC Porto venceu esta sexta-feira o Illiabum (88-44), em Ílhavo, na oitava e antepenúltima jornada da segunda fase da Liga Portuguesa de Basquetebol. Com este triunfo, os campeões nacionais passam a somar 54 pontos e seguem firmes na liderança da prova, voltando a entrar em campo já no próximo domingo, às 17h45, no Dragão Caixa, frente ao Vitória de Guimarães. O encontro, da nona ronda desta segunda fase, terá transmissão em direto no Porto Canal.

É justo dizer que o Illiabum chegou a este jogo privado dos lesionados Rashad Bishop, Christopher Johnson e Ângelo Chol, mas estas ausências não beliscam o mérito da exibição portista em Ílhavo. O coletivo comandado por Moncho López entrou de forma forte, concentrada e muito intensa em termos defensivos, juntando a tudo isto um excelente aproveitamento dos lançamentos, tanto de dois (53,8%) como de três pontos (55,6%). A superioridade evidenciada ao longo da primeira parte permitiu ao FC Porto chegar ao intervalo com 22 pontos de vantagem (46-24), tornando a tarefa do Illiabum verdadeiramente hercúlea.

O terceiro período serviu essencialmente para os Dragões aumentarem a vantagem para 38 pontos (69-31), mas é inevitável sublinhar que os sete pontos marcados pelo Illiabum após o descanso surgiram todos da linha de lance-livre, o que diz bem da intensidade defensiva dos campeões nacionais. O quarto período tornou-se quase uma mera formalidade, mas confirmou o mais importante: a vitória do FC Porto, por 88-44. Num grande desempenho coletivo, destaque para as performances de Jeff Xavier (14 pontos), Sasa Borovnjak (13 pontos), Miguel Queiroz (12 pontos e 6 ressaltos), José Silva (12 pontos) e Nick Washburn (10 pontos e 9 ressaltos).

FICHA DE JOGO

ILLIABUM-FC PORTO, 44-88
Liga Portuguesa de Basquetebol, 2.ª fase, 8.ª jornada
21 de abril de 2017
Pavilhão Capitão Adriano Nordeste, Ílhavo

Árbitros: Fernando Rocha, Pedro Maia e António Pereira

ILLIABUM: João Figueiredo (12), Augusto Sobrinho (6), Rafael Wildner (2), João Ribeiro (3) e Nikola Tadic (13)
Jogaram ainda: Carlos Cardoso (5), Miguel Reis, Marcos Valente, Sérgio Correia (3), José Miranda e Ricardo Espíndola
Treinador: Ricardo Vasconcelos

FC PORTO: Brad Tinsley (5), Jeff Xavier (14), José Silva (12), Nick Washburn (10) e Miguel Miranda (4)
Jogaram ainda: André Bessa (4), Sasa Borovnjak (13), Miguel Queiroz (12), Vladyslav Voytso (4), João Gallina (5), Pedro Bastos (5) e Ferrán Ventura
Treinador: Moncho López

Ao intervalo: 46-24
Parciais: 15-25, 9-21, 7-23, 13-19» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/basquetebol-illiabum-fc-porto-2fase-8jor-lpb.aspx

Agrupamento de Escolas de Amadeo de Souza Cardoso - Mais uma excelente jornada de Desporto Escolar no Pavilhão Municipal de Amarante.



(Mais uma fantástica Jornada de Desporto Escolar)

21/04/17

Amarante Poesia - Nessa ano de 1906, Unamuno veio passar uns dias com o Poeta Teixeira de Pascoaes, na Casa de Pascoaes e este leu-lhe o manuscrito de «As sombras».



«Pascoaes regressara a Amarante. Continuava ainda a advogar.

Nessa ano de 1906, Unamuno veio passar uns dias com o Poeta, na Casa de Pascoaes. Este leu-lhe o manuscrito de «As sombras». Miguel de Unamuno ficou deslumbrado. Dedicou-lhe um capítulo do seu livro «Por Tierras de portugal y España». E dizia: «As Sombras foram feitas com palavras cujas letras andavam há muito no ar à procura de se casarem.»

Unamuno era um grande conversador e, enquanto falava, ia recortando, com uma tesoura, várias figuras de papel representando animais, sobretudo pombas, que oferecia a mina Tia Maria da Glória e a meu irmão João.

«As Sombras» saíram nesse mesmo ano. É desse volume este poema: 


"Meu coração é tudo

Em certas horas, desejo
Estar contigo, falar-te
Mas não sei onde é que vives, 
Coração!

Não fazes caso de mim.
Eu, para ti, não sou nada.
E amas tudo quanto existe
E não existe.

Sou caverna onde te metes,
Durante a noite somente.
Mal vem o dia, lá partes,
Coração!

Por isso, se quero ver-te,
Olho as aves, os penedos,
As florestas, as montanhas
E o sol-pôr...

Quantas vezes, nos meus olhos,
És lágrima, a tremular;
E sorriso nos meus lábios,
Coração!

E as estrelas que arrefecem
Vão banhar-se em tuas chamas;
E cintilam como em novas,
As estrelas...

Apenas eu não consigo
Acompanhar-te, um momento,
Branca rosa, lírio roxo
Coração...

Sou a pegada que deixas
neste lodo, quando passas,
A caminho do Infinito,
neste lodo...

Eu, para ti, não sou mais
Que um antro negro e profundo,
Onde só vens quando é noite,
Coração!"» in Fotogaleria "Na Sombra de Pascoaes" de Maria José Teixeira de Vasconcelos.

https://archive.org/details/assombras00pascgoog

F.C. do Porto Solidariedade - O Futebol Clube do Porto associou-se à Cruz Vermelha Portuguesa, organização humanitária, não-governamental e sem fins lucrativos que tem vindo a desenvolver a sua atividade em prol da população mais carenciada, sobretudo nas áreas da saúde e ação social.



«FC PORTO ASSOCIA-SE À CRUZ VERMELHA PORTUGUESA

Ação solidária vai decorrer no domingo, dia de jogo no Dragão entre o FC Porto e o Feirense​ (20h15).

O Futebol Clube do Porto associou-se à Cruz Vermelha Portuguesa, organização humanitária, não-governamental e sem fins lucrativos que tem vindo a desenvolver a sua atividade em prol da população mais carenciada, sobretudo nas áreas da saúde e ação social.

Esta Iniciativa conjunta entre FC Porto e Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação do Porto, é desenvolvida com o objetivo de sensibilizar e mobilizar as pessoas para a necessidade de contribuir para a melhoria da vida de grupos vulneráveis, tais como idosos, crianças, pessoas portadoras de deficiência ou grupos de risco (vítimas de violência domestica, exclusão social, entre outros).

Desta forma, no próximo domingo, dia do jogo entre o FC Porto e Feirense, relativo à 30.ª jornada da Liga NOS, irá estar a decorrer um peditório na praça do Estádio do Dragão.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/fc-porto-associa-se-a-cruz-vermelha.aspx

Amarante Fotografia - "Celebração de José Rodrigues e Raquel Rocha/ Sensibilidades de Eduardo Teixeira Pinto: A importância artística da pintura, escultura e fotografia no movimento perpétuo do Ser.



«‎Fundação Dionísio Pinheiro e Alice Cardoso Pinheiro‎

Museus e histórias controversas: dizer o indizível em museus.

13/4 às 15:56

15:00 - Abertura das comemorações e inauguração das exposições temporárias no Auditorium Clarissimi Viri da Fundação com o Palestrante Doutor Duarte Fiadeiro de Cinfantes e Leão, sob o tema: 

"Celebração de José Rodrigues e Raquel Rocha/ Sensibilidades de Eduardo Teixeira Pinto: A importância artística da pintura, escultura e fotografia no movimento perpétuo do Ser. 

Apresentação das exposições como formas de enaltecimento da arte e da sua produção e o reflexo em Espaço Museológico".

Sensibilidades

Exposição de fotografia (analógica) de Eduardo Teixeira Pinto.» in https://www.facebook.com/fundacaodionisiopinheiro/photos/pcb.227500184395862/1308016562615088/?type=3&theater


(Amarante em Alhariz 1MAI2015)

Música Pop/Rock - Rory Graham (nascido em 29 de janeiro de 1985), mais conhecido como Rag'n'Bone Man , é um cantor e compositor inglês na atualidade.


Rag'n'Bone Man - "Human" - (Official Video)


Rag'n'Bone Man - "Human" - (live from the Brits Nominations Shows) 


Rag'N'Bone Man - "Lay My Body Down"


Rag’n’Bone Man - "Life In Her Yet"


Rag’n’Bone Man - "Guilty"


Rag'n'Bone Man - "Put That Soul On Me" - (OFFICIAL VIDEO) 



Rag'n'Bone Man - "Skin" 


Rag'n'Bone Man - "Hard Came The Rain" 


Rag'n'Bone Man - "Wolves"  


Rag'n'Bone Man - "Grace" - (Official Vídeo)  


Rag'n'Bone Man - "Sirens" 


Rag'n'Bone Man - "Perfum" 


Rag'n'Bone Man - "As you are" - (live) 


Rag'n'Bone Man - "Odetta"


"Human

I'm only human
I'm only, I'm only
I'm only human, human

Maybe I'm foolish
Maybe I'm blind
Thinking I can see through this
And see what's behind
Got no way to prove it
So maybe I'm blind
But I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put your blame on me
Don't put your blame on me

Take a look in the mirror
And what do you see
Do you see it clearer
Or are you deceived
In what you believe
'Cause I'm only human after all
You're only human after all
Don't put the blame on me
Don't put your blame on me

Some people got the real problems
Some people out of luck
Some people think I can solve them
Lord heavens above
I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put the blame on me
Don't put the blame on me

Don't ask my opinion
Don't ask me to lie
Then beg for forgiveness
For making you cry
Making you cry
'Cause I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put your blame on me
Don't put the blame on me

Oh, some people got the real problems
Some people out of luck
Some people think I can solve them
Lord heavens above
I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put the blame on me
Don't put the blame on me

I'm only human
I make mistakes
I'm only human
That's all it takes
To put the blame on me
Don't put the blame on me

I'm no prophet or Messiah
Should go looking somewhere higher
I'm only human after all
I'm only human after all
Don't put the blame on me
Don't put the blame on me

I'm only human
I do what I can
I'm just a man
I do what I can
Don't put the blame on me
Don't put your blame on me"

Religião Papa Francisco I - O Papa Francisco será o quarto papa a visitar Fátima, a 12 e 13 de maio, para o centenário das “aparições”, em 1917, tendo também previstos encontros com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa.



«Francisco e Jacinta são canonizados em Fátima, a 13 de maio

A data da canonização foi divulgada hoje, no Vaticano, no Consistório Ordenado Público para o voto sobre algumas causas de Canonizações. O anúncio foi feito pelo Papa, tendo sido fixadas as datas para a cerimónia de canonização de 37 futuros santos, entre eles Jacinta e Francisco.

O Santuário de Fátima divulgou já na página do Facebook o anúncio da canonização dos pastorinhos.

"É com grande alegria que anunciamos que a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto terá lugar aqui no Santuário de Fátima, no dia 13 de Maio, na peregrinação que Sua Santidade o Papa Francisco aqui fará. É com grande alegria mas também com uma profunda gratidão; gratidão a Deus que nos concede estes novos Santos, mas gratidão também ao Santo Padre que decidiu fazer este ato solene da canonização neste lugar tão significativo como é este Santuário de Fátima", diz o reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas.

"Há três motivos principais para considerarmos este acontecimento muito especial. O primeiro motivo é termos aqui as relíquias dos novos Santos. De facto, eles estão sepultados na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, aqui no Santuário. Um outro segundo motivo que torna esta canonização feita aqui em Fátima tão especial é que a escolha de Fátima para um ato solene desta grandeza mostra o reconhecimento da importância mundial de Fátima e da Mensagem de Fátima como escola de santidade. Um terceiro motivo que torna esta canonização tão especial é o contexto da celebração do Centenário das Aparições. Sem dúvida que nós celebraríamos o Centenário das Aparições de Nossa Senhora aqui na Cova da Iria, mas também não há qualquer dúvida de que esta canonização vem coroar o conjunto das celebrações jubilares e, por isso, é para nós motivo de grande contentamento. Sem dúvida que este dia 13 de maio será o auge da celebração do Centenário das Aparições", afirma o reitor.

O padre Carlos Cabecinhas deixou ainda o convite para que todos visitem o Santuário, "para rezar com o Papa Francisco" a 12 e 13 de maio, e "para celebrar a santidade do Francisco e da Jacinta".

Os sinos do santuário de Fátima tocaram a repique cerca das 09:40, minutos depois de o Papa Francisco ter anunciado ao consistório, em Roma, a canonização de Jacinta e Francisco. Fonte do santuário disse à agência Lusa que os sinos tocaram “mal se soube da notícia”.

O reitor do santuário vai anunciar a notícia no santuário, rezar uma missa na Capelinha das Aparições e fará uma oração de ação de graças.

A canonização de Francisco e Jacinta, beatificados pelo papa João Paulo II, em Fátima, a 13 de maio de 2000, estava dependente do reconhecimento de um milagre, a cura de uma criança brasileira, em 2013, o que aconteceu a 23 de março.

Oriundos de uma “humilde família” de Aljustrel (na paróquia de Fátima, concelho de Ourém), no seio da qual “aprenderam a doutrina cristã”, as duas crianças começaram a pastorear o rebanho dos pais em 1916, atividade no âmbito da qual vieram a assistir às “aparições” de um anjo, nesse ano, e da Virgem Maria, no ano seguinte.

Francisco e Jacinta faleceram ainda crianças, pouco depois de, com a sua prima Lúcia de Jesus (1907-2005), terem estado na origem do fenómeno de Fátima, entre maio e outubro de 1917.

O Papa Francisco será o quarto papa a visitar Fátima, a 12 e 13 de maio, para o centenário das “aparições”, em 1917, tendo também previstos encontros com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa.

Os anteriores papas a estar na Cova da Iria foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).» in http://24.sapo.pt/atualidade/artigos/francisco-e-jacinta-sao-canonizados-em-fatima-a-13-de-maio


(FÁTIMA DOCUMENTÁRIO SOBRE AS APARIÇÕES DE FÁTIMA PORTUGAL)


Os 3 segredos de Fátima [Documentary The History Channel]


(TERCEIRO SEGREDO EM 2017)

20/04/17

Amarante Máquinas - Um motociclo da fabrico português dos anos oitenta, que proliferou pelas freguesias do nosso concelho e não só...


(Uma máquina da minha juventude e Portuguesa)


(SIS SACHS Made in Portugal)


(Restauro Sachs V5 Sport)



(Volta pela cidade do Porto - Sachs V5 Race)

http://www.motosdeportugal.com/pt/marcas/sis

Desporto Judo - Joana Ramos conquistou esta quinta-feira a medalha de bronze nos Europeus de Varsóvia.



«Joana Ramos conquista medalha de bronze nos Europeus de Judo

A judoca portuguesa venceu a terceira classificada no 'ranking' mundial da categoria de -52 kg.

 Joana Ramos conquistou esta quinta-feira a medalha de bronze nos Europeus de Varsóvia.

A judoca portuguesa venceu a israelita Gili Cohen, a terceira classificada no 'ranking' mundial da categoria de -52 kg.

Esta foi assim a sexta vez que as atletas se defrontaram, com três vitórias cada.» in https://ionline.sapo.pt/artigo/559259/joana-ramos-conquista-medalha-de-bronze-nos-europeus-de-judo?seccao=Desporto_i


(Judoka Joana Ramos is happy with her victory)
Pin It button on image hover