19/08/16

Cidade de Viana do Castelo - Mais de mil metros de fio de algodão, folheado a ouro e em forma de coração de Viana, e mais de 800 cristais Swarowski, compõem o vestido de noiva que está, a partir de hoje, em exposição em Viana do Castelo.



«CORAÇÃO DE VIANA: VESTIDO DE NOIVA FEITO COM FIO DE OURO E MAIS DE 800 CRISTAIS SWAROWSKI

Mais de mil metros de fio de algodão, folheado a ouro e em forma de coração de Viana, e mais de 800 cristais Swarowski, compõem o vestido de noiva que está, a partir de hoje, em exposição em Viana do Castelo.

A criação de fio de algodão, vulgarmente chamado de guita ou faniqueira de jogar ao pião, de cor branca e com seis metros de diâmetro, é de um costureiro do Porto que gastou mais de 1.230 horas na confeção do vestido.

"A chama do coração de Viana faz o peito do vestido e o coração propriamente dito desenvolve-se em toda a frente do vestido. Na parte de trás recreie algumas peças de filigrana mais usadas pelas mordomas quando envergam os trajes regionais, preenchidas com 868 cristais Swarowski de cor turquesa, vermelha e verde", afirmou hoje à Lusa o costureiro Fernando Lima.

A peça, composta por "imensos metros de tule e rematada com piões", está em exposta no Museu de Artes Decorativas de Viana do Castelo, cidade que a partir de sexta-feira e até domingo vai viver "um momento alto de exaltação do ouro e dos trajes regionais.

A inspiração, explicou o costureiro, surgiu "ao ver o trabalho difícil de quem trabalha a filigrana e dá corpo a muitas das peças utilizadas pelas mordomas durante as festas da Agonia.

O vestido agora em exposição até final de setembro integra o projeto "Alma de Viana" que inclui um serviço de porcelana e um faqueiro banhado a ouro igualmente com o coração de Viana como tema central.

O projeto do costureiro do Porto foi lançado em 2015 quando, também durante as festas da Agonia, lançou um outro vestido de noiva, em seda natural e veludo preto, inspirado no traje de mordoma de Viana, com o típico coração da cidade bordado à mão, na cauda da saia, composto por 70 mil cristais Swarowski e avaliado em 38 mil euros.

"Eu inspiro-me em Viana porque me encanta a perfeição da sua etnografia. Tudo é feito com a perfeição que eu tento alcançar no meu trabalho. No Minho essa perfeição é brutal em quase todas as romarias", sustentou.

Veja também: Estilista do Porto cria vestido de noiva preto avaliado em 38.000 €

Atualmente em processo de certificação o "traje à vianesa" em linho, nas suas várias cores características e formas, é um símbolo da região que a mulher de Viana envergou até aos finais do século XIX consoante a ocasião, momento da vida e o seu estatuto.

As características do traje, como o seu colorido e a profusão de elementos decorativos, permitem identificar facilmente a região de origem, no concelho, motivo pelo qual se transformou, segundo os especialistas, "num símbolo da identidade local".

Já o uso do ouro manifestava a riqueza da família, mas sobretudo o orgulho da mulher.

A riqueza da história do traje demonstra-se igualmente no espírito da mulher de Viana do Castelo na atualidade, que faz questão de ir à festa, com a sua ‘chieira' (termo minhoto que significa orgulho), engalanada com o ouro de filigrana, e uma peça de roupa típica.» in http://lifestyle.sapo.pt/moda-e-beleza/noticias-moda-e-beleza/artigos/coracao-de-viana-vestido-de-noiva-feito-com-fio-de-ouro-e-mais-de-800-cristais-swarowski

Sem comentários:

Enviar um comentário