25/10/16

Amarante Antiga - Revista “Portugal Económico Monumental e Artístico”, da editorial Lusitana, Fascículo LIV, relativa ao Concelho e vila de Amarante, de 1941.



«O Concelho de Amarante


Amarante é sede dum concelho rural de 2.ª ordem e fiscal de 2.ª classe e comarca também de 2.ª classe, pertencente ao Distrito, Relação e Bispado do Pôrto, distando desta cidade 48 quilómetros.

Estação telégrafo-postal de 2.ªa classe.

Freguesias da Sede – S. Gonçalo e S. Veríssimo.

População – Segundo o recenseamento geral da população de Dezembro de 1930, o concelho contava então 37.929 habitantes, assim distribuídos: - Aboadela e Várzea, 1.282; Aboim, 508; Amarante e S. Veríssimo, 2547; Anciãis, 849; Ataíde, 740; Bostelo, 734; Canadelo, 480; Candemil, 1.080; Carneiro, 546; Carvalhó de Rei, 463; Cepelos, 720; Chapa, 286; Figueiró (Santa Cristina), 965; Figueiró (Santiago), 1.820; Fregim, 1278; Freixo de Baixo, 694; Freixo de Cima, 879; Fridão, 642; Gatão, 830; Gondar, 1.545; Gouveia, 1.120; Jazente, 532; Lomba, 631; Louredo, 414; Lufrei, 1.034; Madalena (Gestaçô), 628; Mancelos, 2.201; Oliveira, 405; Padornelo, 680; Rebordelo, 455; Real, 1.337; Salvador do Monte, 1.817; Sanche, 1.024; Telões, 2.208; Travanca, 1.640; Vila Caiz e Passinhos, 1.518; Vila Chã do Marão, 1.103; e Vila Garcia, 384.

Segundo o último recenseamento, realizado em Dezembro de 1940, o concelho já contava, porém, 40.884 habitantes.

Feiras e Mercados – No primeiro sábado e a 17 de cada mês, no Campo da Feira, na vila, de gado bobino e suíno; feira idêntica a 12 e 28 de cada mês, no Cavalinho, freguesia de Gondar; na primeira quinta-feira e a 22 de cada mês, em Vila Meã, freguesia de Ataíde; mercado bi-semanais dentro da vila, às quartas e sábados.  Há ainda mais as seguintes feiras: a 10 de Janeiro, no primeiro sábado de Junho, pelas «oitavas» do Espírito Santo e a 13 de Dezembro.

Romarias – Em honra de S. Gonçalo, padroeiro da vila, realizam-se grandes festejos no primeiro sábado de Junho e no domingo imediato.

Águas Termais – Dentro da vila, ao começo da estrada que vai para Vila Real, há as Caldas das Murtas, modestamente instaladas ainda, mas cujas águas sulfurosas principalmente, são provadamente benéficas contra o reumatismo e doenças de pele.

Vias de Comunicação – Está actualmente suspenso o caminho de ferro que servia a vila; mas há carreiras de camionetes, diárias, para o Pôrto, sendo a vila servida por muitas e boas estradas.

Feriado municipal – 24 de Junho.» in Revista “Portugal Económico Monumental e Artístico”, da editorial Lusitana, Fascículo LIV, relativa ao Concelho e vila de Amarante, de 1941.

Sem comentários:

Enviar um comentário