24/11/15

Amarante Igualdade - O programa da campanha “Amarante de Igual para Igual” vai regressar amanhã, 25 de novembro, com o seminário "Conversas de Igual para Igual" que terá lugar na Casa da Calçada, das 9h00 às 17h00.



«Amarante: Amanhã é dia de “Conversas de Igual para Igual”
24/11/2015, 11:43

O programa da campanha “Amarante de Igual para Igual” vai regressar amanhã, 25 de novembro, com o seminário "Conversas de Igual para Igual" que terá lugar na Casa da Calçada, das 9h00 às 17h00.

Destinada a profissionais e estudantes das áreas de intervenção social, saúde, educação, justiça e outras, esta iniciativa pretende “consciencializar para a necessidade de afirmação, garantia e respeito dos Direitos Humanos, alertando para as diferentes representações sociais e formas de discriminação que subsistem na sociedade atual, com base no género, na deficiência, na orientação sexual e no envelhecimento”, informou o município de Amarante.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição através do link: http://bit.ly/1NEWy5X

Recorde-se que a campanha "Amarante de Igual para Igual" arrancou a 21 de outubro ao assinalar o Dia Municipal para a Igualdade.

Pela primeira vez, a autarquia leva a cabo uma só campanha: "Amarante de igual para igual" para assinalar três datas: Dia Municipal para a Igualdade (24 de outubro); Dia Internacional de Luta contra a Violência Doméstica (25 de novembro); Dia Internacional das Pessoas com Deficiência (3 de dezembro).

De 26 de novembro a 3 de dezembro, o programa prossegue com "Viver de igual para igual". A atividade “Branca de Neve e os Sete Anões” tem como destinatários os alunos do 1.º ciclo do ensino básico; e a atividade “Mini percurso Acessível com Barreiras” é destinado aos alunos do 2.º e 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário.

Programa do "Conversas de Igual para Igual"

Painel I: Estereótipos e Mitos sobre Envelhecimento

"Porque ninguém vive demais...", Representação do Grupo de Teatro de Fridão

Painel II: A deficiência numa Perspetiva Inclusiva

“O preconceito é o pior de todas as deficiências”, Representação dos clientes Cercimarante

Painel III: Discriminação com base na Orientação Sexual e Identidade de Género

“Ser diferente, também é ser gente”, Representação do Grupo de Teatro T’Amaranto

Painel IV: Prevenção e Combate à Violência de Género

Interpretação da Canção “Cansada”, da autoria da APAV, Letra e música Rodrigo Guedes de Carvalho, Interpretada por Elisabete Ribeiro» in http://www.averdade.com/pagina/seccao/19/noticia/11572?utm_source=e-goi&utm_medium=email&utm_term=Newsletter+A+VERDADE&utm_campaign=Newsletter+A+VERDADE

2 comentários:

  1. Quem foram os oradores?

    ResponderEliminar
  2. Não lhe sei dizer, mas se comunicar com a CMA eles podem informa-lo,

    ResponderEliminar

Pin It button on image hover