20/06/17

Amarante Arte Urbana - O que dizem os poetas de rua da Cidade de Amarante, nos dias que correm...




Sérgio Godinho - "Liberdade" - (ao vivo)

"Liberdade
Sérgio Godinho

Viemos com o peso do passado e da semente 
Esperar tantos anos torna tudo mais urgente 
e a sede de uma espera só se estanca na torrente 
e a sede de uma espera só se estanca na torrente 
Vivemos tantos anos a falar pela calada 
Só se pode querer tudo quando não se teve nada 
Só quer a vida cheia quem teve a vida parada 
Só quer a vida cheia quem teve a vida parada 
Só há liberdade a sério quando houver 
A paz, o pão 
habitação 
saúde, educação 
Só há liberdade a sério quando houver 
Liberdade de mudar e decidir 
quando pertencer ao povo o que o povo produzir 
quando pertencer ao povo o que o povo produzir"

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin It button on image hover