03/08/15

Arquitetura - Projectada pelos arquitectos Graça Correia e Roberto Ragazzi em Caniçada, no concelho de Vieira do Minho, Braga, esta casa de férias resulta da reconstrução e ampliação de uma ruína encontrada num local de inacreditáveis características morfológicas, confiante com o rio Cávado e um ribeiro afluente.



«A casa da Caniçada

Projectada pelos arquitectos Graça Correia e Roberto Ragazzi em Caniçada, no concelho de Vieira do Minho, Braga, esta casa de férias resulta da reconstrução e ampliação de uma ruína encontrada num local de inacreditáveis características morfológicas, confiante com o rio Cávado e um ribeiro afluente.

Segundo o site Gop, o edifício é todo suportado pela laje inferior e a sua estabilidade está assegurada por elementos laminares, paredes e lajes – tudo em betão armado e com os quais se obtém o comportamento de toda a estrutura. Os elementos asseguram uma espécie de caixa rígida, garantindo a estabilidade de todo o conjunto.

Pensado para ser colocado no meio da vegetação, o edifício tem na camuflagem outra das suas principais características – poucos percebem que existe ali uma casa. Em 2008, o projecto foi galardoado com o International Design Awards na categoria Arquitectura – New Residencial Building. Foi também incluído no International Design Award Art Book e recebeu o Al Quarterly, o maior prémio de arquitectura de Israel.

Ainda que bela, esta casa viola, contudo, a natureza envolvente. Concorda?» in http://greensavers.sapo.pt/2015/08/03/uma-das-casas-mais-premiadas-do-mundo-encontra-se-no-minho-com-fotos/

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin It button on image hover