13/05/18

Amarante Pessoas - Maria Adelaide Pinheiro, de 78 anos, foi encontrada com vida, na quarta-feira, num monte, em Brocas, Baião, a dez quilómetros de casa.



«MULHER COM ALZHEIMER SOBREVIVE OITO DIAS NO MATO SEM COMIDA

Maria Adelaide Pinheiro, de 78 anos, foi encontrada com vida, na quarta-feira, num monte, em Brocas, Baião, a dez quilómetros de casa.

Maria Adelaide Pinheiro, ou D. Adelaide, como é conhecida em Carvalho de Rei, uma freguesia em Amarante, esteve desaparecida oito dias e foi encontrada na quarta-feira com sinais de desidratação e ferimentos ligeiros, segundo avança o Jornal de Notícias.

A mulher de 78 anos sofre de Alzheimer e vive acompanhada pelo filho que se ausentou há cerca de uma semana por alguns minutos, tempo suficiente para a mulher sair de casa e se perder na floresta contígua à sua habitação. Esteve oito dias desaparecida.

Maria Adelaide Pinheiro foi encontrada na quarta-feira com alguns arranhões e um hematoma.

Foi levada para o Hospital de Amarante e teve alta ontem, quinta-feira, ao final da manhã.

Durante uma semana, a Adelaide, terá caminhado por entre mato e floresta. Segundo o referido jornal, o filho, Nuno Pinheiro, admite que o instinto de sobrevivência terá levado a mãe a alimentar-se de folhas das silvas e água de pequenos ribeiros.

A idosa foi encontrada no meio do mato, no lugar de Brocas, sentada no chão, descalça, sem o chapéu que usava e sem a prótese dentária que terá perdido durante os dias em que esteve desaparecida.» in https://lifestyle.sapo.pt/saude/noticias-saude/artigos/mulher-com-alzheimer-sobrevive-oito-dias-no-mato-sem-comida

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin It button on image hover