17/11/16

Palavras - O Dicionário de Oxford escolheu o termo “pós-verdade” como palavra do ano 2016.



«Depois de “emoji” temos “pós-verdade” como palavra do ano

O Dicionário de Oxford escolheu o termo “pós-verdade” como palavra do ano 2016. A quem podemos agradecer? Ao Brexit e a uma polémica campanha eleitoral norte-americana.

De acordo com a Universidade de Oxford foram estes acontecimentos que fizeram aumentar exponencialmente o uso da palavra “pós-verdade” que, segundo o dicionário da prestigiada instituição, está relacionada com “circunstâncias em que os factos objetivos influenciam menos a opinião pública do que os apelos à emoção e às crenças pessoais”.

“O conceito de pós-verdade existe há uma década, mas o Dicionário de Oxford registou um aumento da frequência [da sua utilização] no contexto do referendo no Reino Unido e na eleição presidencial norte-americana”, explica a instituição, justificando assim a escolha do termo para palavra do ano.

Adianta ainda o Dicionário de Oxford que neste caso o prefixo “pós” não se refere a “depois”, mas antes a “um tempo em que o conceito específico se torna pouco importante ou irrelevante”. Ou seja, “pós-verdade” refere-se ao momento em que a verdade se torna irrelevante. Isto pode ser especialmente preocupante quando o termo está relacionado, sobretudo com política.

“Pós-verdade passou de um termo periférico a um que é usado genericamente no comentário político, sendo regularmente utilizado em grandes publicações sem necessidade de ser clarificado ou definido”, pode ler-se no comunicado do Dicionário de Oxford.

Entre as potenciais palavras do ano estavam também outros termos, nomeadamente:

Adulting - o ato de se comportar como um adulto responsável.

Alt-right - relacionado com pontos de vista extremamente conservadores ou reacionários, rejeição das políticas mainstream e uso das plataformas online para disseminar conteúdo controverso.

Brexiteer - Alguém que é favorável à saída do Reino Unido da União Europeia.

Chatbot - Programa de computador desenhado para simular uma conversação com utilizadores humanos na internet.

Coulrophobia - fobia de palhaços.

Glass Cliff - relacionado com a ascensão de uma mulher pertencente a um grupo minoritário a uma posição de liderança, desafiando as circunstâncias.

Hygge - Convivência confortável que origina um sentimento positivo e de bem-estar.

Latinx - Pessoa latino-americana.

Woke - Alerta para injustiças na sociedade, especialmente relacionado com racismo.» in http://24.sapo.pt/vida/artigos/depois-de-emoji-temos-pos-verdade-como-palavra-do-ano

Sem comentários:

Enviar um comentário