24/08/16

Ledman LigaPro: F.C. do Porto B 2 vs Olhanense 1 - Jovens Dragões venceram o Olhanense, com golos de Fede Varela e Galleno.



«VITÓRIA RESOLVIDA AO “TIRO”

FC Porto B venceu o Olhanense por 2-1, com golos de Fede Varela e Galleno.

O FC Porto B somou esta quarta-feira a terceira vitória consecutiva na Ledman LigaPro, ao bater o Olhanense por 2-1, em jogo da quarta jornada da prova disputado esta quarta-feira no Estádio de Pedroso. Um golo na primeira parte, apontado por Fede Varela, e outro na segunda, da autoria de Galleno (na foto), construíram o triunfo que permite aos azuis e brancos manter o segundo lugar da classificação com nove pontos, menos um do que o líder Portimonense.

Luís Castro apresentou um onze com apenas uma alteração relativamente àquele que alinhou de início na vitória sobre o Leixões (2-1), em Matosinhos, na jogo do passado sábado: Rodrigo cedeu o lugar no lado direito da defesa a Fernando, que se estreou esta época com a camisola do FC Porto B, após ter estado ao serviço da seleção olímpica.

À procura de pontos para fugir ao último lugar da tabela, o Olhanense entrou com um ligeiro ascendente no jogo e criou a primeira ocasião de golo num remate cruzado de Virga que falhou o alvo por pouco. O lance despertou os azuis e brancos, que foram gradualmente assumindo o controlo do encontro, impondo maior intensidade no jogo, e foram chegando com perigo à área algarvia. À entrada para a meia hora da partida, Rui Pedro esteve perto de colocar o FC Porto B em vantagem no marcador (27m); depois foi Galleno que, de cabeça, levou a bola a passar muito perto da baliza de Léo (34m); e, já perto do intervalo, parece ter ficado uma grande penalidade por assinalar a favor dos portistas, por falta sobre Ruben Macedo.

Ao fim dos 45 minutos, os campeões da Ledman LigaPro tinham maior número de ataques, de remates, de cantos e mais posse de bola do que o adversário. Só faltava o golo, que acabou por surgir quando ainda não se tinham completado cinco minutos da segunda parte, num "tiro" forte e colocado de fora da área de Fede Varela que não deu hipóteses ao jovem guarda-redes do Olhanense – foi o segundo golo no campeonato do médio argentino, depois de ter marcado na partida frente ao Académico de Viseu, na segunda jornada (1-0)​.

Ao intervalo Luís Castro tinha trocado Chidozie por Rui Moreira que, por muito pouco, não ampliou a vantagem quando num cabeceamento levou a bola à trave da baliza dos auri-negros (52m). O Olhanense reagiu finalmente à supremacia dos Dragões, começou a surgir com algum perigo junto da área azul e branca e a ameaçar um empate que não surgiu, porque à entrada para o último quarto de hora da partida, com um portentoso remate portentoso de fora da área Galleno fez o 2-0 - belo golo do avançado brasileiro, que se estreou a marcar com a camisola do FC Porto B. A verdade é que os algarvios não desistiram do jogo, ainda conseguiram reduzir por intermédio do capitão Caubronne (87m) e foram à procura do empate, que os portistas não permitiram.

Na próxima jornada os portistas deslocam-se ao terreno do Freamunde, em encontro agendado para o próximo domingo, às 16h00.

FICHA DE JOGO

FC PORTO B-OLHANENSE, 2-1
Ledman LigaPro, 4.ª jornada
24 de agosto de 2016
Estádio de Pedroso, em Vila Nova de Gaia

Árbitro: Carlos Macedo (Évora)
Ássistentes: Paulo Miranda e Ângelo Carneiro
Quarto árbitro: Bruno Jesus

FC PORTO B: João Costa; Fernando, Verdasca, Chidozie e Luís Mata; Tomás Podstawski (cap.), Fede Varela e Graça (cap.); Ruben Macedo, Rui Pedro e Galeno
Substituições: Chidozie por Rui Moreira (46m), Ruben Macedo por Cláudio (70m) e Ruben Macedo por Sérgio Ribeiro (79m)
Não utilizados: Mbaye; Rodrigo, Rui Pires e Tony Djim
Treinador: Luís Castro

OLHANENSE: Léo; Redolfi, Fábio Marinheiro, González, Galassi, Virga, Tiago Duque, Jorman, Gerevini, Caubronne (cap.) e Leyzller 
Substituições: Fábio Marinheiro por Tiago Barros (51m), Lezyller por Vieira (54m) e Jorman por Aldair (69m) 
Não utilizados: Filipe Ferreira, Edgar Abreu, Aldair, João Oliveira e Carlos
Treinador: Cristiano Bacci

Ao intervalo:: 0-0
Marcadores: Fede Varela (49m), Galleno (73m) e Caubronne (87m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/fcportob-olhanense-4aj-ledmanligapro.aspx

Cidade de Ovar - A Comissão Europeia atribuiu a Indicação Geográfica Protegida (IGP) ao Pão de ló de Ovar, sendo este o 17.º produto português a receber a designação, hoje publicada no Jornal Oficial da União Europeia.



«Bruxelas classifica Pão de Ló de Ovar como produto protegido

A Comissão Europeia atribuiu a Indicação Geográfica Protegida (IGP) ao Pão de ló de Ovar, sendo este o 17.º produto português a receber a designação, hoje publicada no Jornal Oficial da União Europeia.

O Pão de Ló de Ovar - e a sua miniatura conhecida por Infantes - é um produto de pastelaria à base de ovos, sobretudo gemas, açúcar e farinha.

Apresenta-se dentro de uma forma revestida com papel branco, com o formato de uma 'broa', de massa leve, cremosa, fofa e de cor amarela designada por 'ló'. Tem uma côdea fina acastanhada dourada levemente húmida e com o interior de textura húmida.

O produto que agora recebeu a IGP é confecionado no concelho de Ovar, freguesias de Esmoriz, Cortegaça, Maceda, Arada, Ovar, S. João, S. Vicente e Válega.

IG // SB

Lusa/fim» in http://24.sapo.pt/article/lusa-sapo-pt_2016_08_24_1120943825_bruxelas-classifica-pao-de-lo-de-ovar-como-produto-protegido


(Pão de ló de Ovar)


(Receita de Pão de Ló de Ovar)


(Oliveiras da Serra - Pão de Ló de Ovar)

23/08/16

Liga dos Campeões - Roma 0 vs F.C. do Porto 3 - Dragões venceram inapelavelmente em Roma e estão pela 21.ª vez na fase de grupos da prova milionária.



«CARÁTER E PERSONALIDADE DE CHAMPIONS

Dragões venceram inapelavelmente em Roma (3-0) e estão pela 21.ª vez na fase de grupos da prova milionária.

​O FC Porto venceu esta terça-feira a Roma (3-0), no Estádio Olímpico, garantindo assim o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões pela 21.ª vez na sua história, sendo um recordista de presenças na prova a par de Barcelona e Real Madrid. Numa noite de gala para os Dragões, Felipe (8m), Layún (73m) e Corona (75m) fizeram os golos portistas que gelaram a Cidade Eterna.

Se a Roma entrou melhor no jogo da primeira mão, na Invicta, o FC Porto não lhe ficou a dever nada no reencontro no Estádio Olímpico da capital italiana. Apesar de o primeiro lance de relevo ter sido protagonizado por Nainggolan, obrigando Casillas a aplicar-se (2m), ficou por demais evidente a entrada personalizada dos Dragões, que demoraram apenas oito minutos a fazer história na terceira viagem europeia à Cidade Eterna. Num livre exemplarmente cobrado por Otávio, Felipe surgiu solto de marcação ao segundo poste e cabeceou para o fundo das redes, estreando-se a marcar pelo FC Porto ao quarto jogo oficial com a camisola azul e branca.

O primeiro momento de festa pertenceu aos mais de 200 adeptos portistas que se deslocaram ao Estádio Olímpico de Roma, que assim viram in loco o primeiro golo da história do FC Porto na capital italiana. Em desvantagem no jogo e na eliminatória, a Roma aumentou a pressão e voltou a ameaçar a baliza de Casillas, primeiro por Dzeko (30m) e depois por Salah (38m), mas o guardião espanhol mostrou-se sempre muito atento. Pouco depois, De Rossi viu o cartão vermelho direto por uma entrada bárbara sobre Maxi Pereira, que até motivou a substituição do lateral uruguaio por Layún. Decisão acertadíssima do polaco Szymon Marciniak no caminho para o intervalo, que só não chegou com 2-0 a favor do FC Porto porque Herrera ficou a centímetros da glória.

Se o vermelho direto a De Rossi não deixou margem para qualquer dúvida, o mesmo se pode dizer da expulsão de Emerson Palmieri. O lateral brasileiro teve uma entrada igualmente bárbara sobre Corona e também viu o vermelho direto, em mais uma decisão justa e corajosa de Szymon Marciniak. A jogar contra nove, o FC Porto teve ainda mais espaço para jogar e a ameaça do 2-0 foi constante, mas a Roma não baixou os braços e colocou os Dragões em sentido sempre que teve oportunidade. Só que, num dos muitos contra-ataques esboçados pelo FC Porto, Layún contornou Szczesny e atirou para a baliza deserta, sentenciando de vez a eliminatória (73m). Pouco depois, de novo ao ritmo mexicano, Corona fez o 3-0 e fechou as contas de mais uma noite europeia à Porto (75m). Na quinta-feira, no Mónaco, o FC Porto será uma das 32 equipas presentes no sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões. Pela 21.ª vez na história.

Ficha do Jogo» in http://www.fcporto.pt/pt/futebol/fichas-de-jogo/Pages/roma-fc-porto-play-off-2016-17.aspx




(AS Roma vs FC Porto | 0-3 | Highlights & All Goals | Champions League 2016)

Amarante Literatura - Ano de 1952, em que morreu o Grande Escritor, Pensador e Poeta Amarantino Teixeira de Pascoaes, que teve uma premonição durante a Procissão do Enterro, perante a Figura de Cristo!


Jesus Cristo, óleo de Teixeira de Pascoaes



«Na Semana Santa íamos sempre para casa do Tio João, na vila, para ver a procissão do enterro, na noite se sexta-feira.

As varandas enfeitadas com colchas de damasco e lamparinas acesas enchiam-se de espectadores amigos.

E a procissão subia a rua íngreme num passo cadenciado. Os penitentes, com archotes iluminando o negrume da noite, seguiam o andor do Senhor morto. Fixamos a figura de Cristo e temos a sensação de que Ele nos segue com os olhos.

Pascoaes estava habituado a assistir a esta procissão,

Mas, nesse ano de 1952, ficou emocionado. Exclamou:«Parece que Ele me olhou com intenção!»

Foi o último ano de vida do Poeta.» in Fotobiografia, "Na sombra de Pascoaes", de Maria José Teixeira de Vasconcelos. 

Música Jazz - Matt Bianco é uma banda britânica de pop, jazz e bossa nova formada em 1983 por Mark Reilly.


Matt Bianco - "More Than I Can Bear" - (official video)´


Matt Bianco - "More Than I Can Bear" - (Live)


Matt Bianco - "Dancing in the street" - (1984)


Matt Bianco - "Don't Blame it on that Girl"


Matt Bianco - "Half A Minute"


Matt Bianco - "Lost in you"


Matt Bianco - "Whose side are you on?"


Matt Bianco - "Sneaking out the back door"


Matt Bianco - "Yeh Yeh"



«Matt Bianco

Matt Bianco é uma banda britânica de pop, jazz e bossa nova formada em 1983 por Mark Reilly. Matt Bianco começa por ser um espião cuja história é contada na letra e videoclip de "Who´s side are you on?"

O 1º álbum, editado em 1984, foi um grande sucesso. Seguiu-se Matt Bianco em 1986 e Indigo em 1988. Este dois últimos com novos elementos, uma vez que pouco depois do 1º álbum ser editado, 'Basia Trzetrzelewska', uma polaca ainda desconhecida do grande público, abandonar a banda de Mark Reilly para seguir uma carreira a solo.

Algumas das canções mais conhecidas são: More Than I Can Bear, Who´s side are you on?, Half a minute, Get out of your lazy bed, Wap Bam Boogie, Yeh-Yeh e Don´t blame it on that girl.

Em 2004, o trio original reúne-se novamente e edita 'Matt´s mood' que inclui o tema 'Matt´s mood III'. O som deste álbum abate-se sobre o estilo 'Bossa Nova'.

Em 2009, depois do trio se separar novamente, Reilly e Fisher editam 'Hifi Bossanova' editado no verão de 2009. Um novo álbum 'Hideaway' foi editado em Novembro de 2012, no Japão, vai chegar à Europa em 2013.


Mais recentemente, a banda de Mark Reilly, veio a Portugal para a 3 de Agosto de 2010 dar um concerto em Albufeira, que foi, segundo a imprensa e a promoção locais "Um grande concerto pop com sabor a nostalgia..."» in https://pt.wikipedia.org/wiki/Matt_Bianco


"More Than I Can Bear
Matt Bianco

Thought that I was over you.
How I was mistaken -
Why did I bump into you,
And start this chain reaction?
I felt it building up inside
When suddenly it was more than I could bear, more than I could bear.

When I saw you walking down the road with someone new,
I couldn't believe that it was true, it was true

I find it hard to sleep at night,
This jealousy is burning bright 
Visions of somebody else
Torment me to destruction.
I think of him making, making love to you
And it's more than I can bear, more than I can bear.

When I saw you walking down the road with someone new,
I couldn't believe that it was true, it was true.
When I saw you walking down the road with someone new,
I closed my eyes, I know I'm over you, over you"

22/08/16

Amarante Mancelos - Mais uma fotografia do Adro da Igreja Românica de Mancelos, o eirado, com a matriarca e filhos da Família Sousa, datada de setembro de 1957.


(Amarante Adro da Igreja de Mancelos, Setembro de 1957)

Amarante Literatura - A propósito da Homenagem da Academia de Coimbra a Teixeira de Pascoaes, o Nobel Português, Egas Moniz, teceu relevantes elogios literários e humanos ao Poeta Amarantino.



«Na sede da Academia abriu a Exposição Bibliográfica onde figurava a colectânea intitulada «A Teixeira de Pascoaes», com depoimentos e desenhos de todos os escritores, poetas e artistas portugueses e alguns brasileiros, que quiseram associar-se a esta homenagem.

O Prof. Egas Moniz dizia: 

"Não forçou a originalidade, equilibrada companheira dos seus arroubos de inspiração, nem se prendeu a preocupações de escolas, nem se submeteu a influências de meios literários estrangeiros. Os seus versos, os seus poemas em prosa, são produto de um raro temperamento de artista no convívio com a natureza e na vibratilidade de sentimentos apurados no equilíbrio de uma mentalidade de eleição."

"Nunca se prendeu aos sortilégios dos aduladores, nem se arredou um passo do caminho da dignidade e da independência. Nunca se afastou da nobreza de sentir que é timbre dos grande caracteres."» in Fotobiografia "Na Sombra de Pascoaes" de Maria José Teixeira de Vasconcelos.

21/08/16

F.C. do Porto Sub 19 Futebol: Leixões 1 vs F.C. do Porto 4 - Os Jovens Dragões somam e seguem no Campeonato Nacional de Juniores A tendo neste domingo ido a Matosinhos vencer o Leixões por números esclarecedores e somou a terceira vitória em outros tantos jogos na primeira fase da competição.



«SUB-19 VENCEM E SÃO LÍDERES ISOLADOS

Dragões foram a Matosinhos vencer o Leixões por 4-1, na terceira jornada do Campeonato Nacional de Juniores A.

A equipa de Sub-19 do FC Porto soma e segue no Campeonato Nacional de Juniores A: este domingo foi a Matosinhos vencer o Leixões por uns esclarecedores 4-1 e somou a terceira vitória em outros tantos jogos na primeira fase da competição. Generoso, Ayoub, Madi Queta e Dinghaio foram os autores dos golos dos bicampeões nacionais, que agora estão isolados no primeiro lugar da tabela, com mais dois pontos do que o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães, os segundos classificados.

No Campo de Jogos Domingos Soares Lopes, em Santa Cruz do Bispo, Generoso abriu o ativo ainda antes do primeiro quarto de hora (14m) e Ayoub ampliou a vantagem mesmo em cima do intervalo (46m). No início da segunda parte, Madi Queta (na foto) colocou os jovens Dragões a vencer por 3-0 (54m), dez minutos antes de o leixonense Tiago Silva marcar o único golo da equipa da casa. O chinês Dinghao, uma das caras novas do plantel orientado por António Folha, estabeleceu o resultado final (74m).

Na próxima jornada os Sub-19 recebem o Padroense no Estádio Luís Filipe Menezes, em encontro marcado para sábado, às 17h00, com transmissão em direto no Porto Canal.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub19-Leixoes-FC-Porto-3a-jornada-1a-fase-CN-Jun-A.aspx

F.C. do Porto Ciclismo - A equipa de ciclismo do W52-FC Porto-Porto Canal, vencedora da edição 2016 da Volta a Portugal, recebeu o carinho e o agradecimento dos adeptos portistas durante o intervalo do FC Porto-Estoril deste sábado.



«VENCEDORES DA VOLTA A PORTUGAL RECEBERAM O APLAUSO DO DRAGÃO

Ciclistas azuis e brancos deram a volta de honra ao relvado no intervalo do FC Porto-Estoril.

A equipa de ciclismo do W52-FC Porto-Porto Canal, vencedora da edição 2016 da Volta a Portugal, recebeu o carinho e o agradecimento dos adeptos portistas durante o intervalo do FC Porto-Estoril deste sábado. Os oito corredores que participaram na prova rainha do ciclismo nacional deram a tradicional volta de honra ao relvado do Estádio do Dragão.

Acompanhados pelo diretor desportivo Nuno Ribeiro, Rui Vinhas - o grande vencedor da Volta -, Gustavo Veloso, Raúl Alarcón, Ricardo Mestre, António Carvalho, Joaquim Silva, Samuel Caldeira e Rafael Reis receberam um caloroso aplauso ao longo do percurso por parte dos espetadores presentes no recinto azul e branco.​

Depois dos ciclistas foi a vez de os campeões nacionais de basquetebol, que esta semana regressaram ao trabalho, e de a equipa de hóquei em patins darem a volta de honra ao relvado. O momento serviu também para apresentar o plantel de andebol para a nova temporada.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/vencedores-da-volta-no-dragao-200816.aspx

Liga NOS: F.C. do Porto 1 vs Estoril 0 - Avançado dos Dragões voltou a marcar e decidiu o jogo com o Estoril já perto do fim.



«ANDRÉ SILVA DERRUBOU A MURALHA AMARELA

Avançado dos Dragões voltou a marcar e decidiu o jogo com o Estoril já perto do fim (1-0).

O FC Porto recebeu e venceu este sábado o Estoril (1-0), no Estádio do Dragão, em jogo a contar para a segunda jornada da Liga NOS. Os Dragões dominaram todo jogo e procuraram incessantemente o golo, que só chegou aos 84 minutos, por intermédio de André Silva, que assim somou o terceiro remate certeiro em três jogos oficiais esta época.

Apresentando um 4x2x3x1 com quatro alterações em relação à equipa que iniciou o jogo de quarta-feira, frente à Roma, o FC Porto desde cedo mostrou para o que ia, impondo o seu domínio perante um Estoril claramente apostado em surpreender através da velocidade dos seus homens mais adiantados. Num par de minutos, Otávio (7m) e Marcano (8m) puseram à prova os reflexos de Moreira e o guarda-redes estorilista respondeu à altura, parando os cabeceamentos de ambos. Com um futebol intenso e fluído, os Dragões iam tomando conta do jogo e ameaçavam o golo, mas a boa organização defensiva do Estoril não concedeu grandes espaços às ofensivas portistas.

À passagem dos 24 minutos, após um cruzamento de Corona, Dankler cabeceou para a barra e ficou a centímetros do autogolo. Varela, na recarga, falhou o alvo. Foi já depois da primeira meia hora que o Estoril deu um ar da sua graça, mas o remate de longe de Mattheus seguiu o caminho das luvas de Casillas (32m), tal como o de Alisson, mas este com um grau de dificuldade substancialmente maior para o guardião espanhol (36m). Corona (43m) e André Silva (44m) ainda voltaram a importunar Moreira, mas este segurou o nulo até ao intervalo. A etapa complementar arrancou com Adrián López no lugar de Varela e foi do avançado espanhol a primeira oportunidade do segundo tempo, mas o cabeceamento saiu ligeiramente por cima (51m).

Com o arrastar do nulo e o passar do tempo, o cerco portista à área do Estoril foi ganhando força, sem que isso, ainda assim, se tenha traduzido em flagrantes oportunidades de golo. Já na reta final do encontro e já depois de Sérgio Oliveira ter ficado perto de abrir o ativo (83m), André Silva pôs finalmente o Estádio do Dragão a saltar de alegria. Dando o melhor seguimento a um cruzamento de Layún, o 10 portista desviou de cabeça para o fundo das redes e apontou o terceiro golo em três jogos oficiais, o segundo da conta pessoal no campeonato (84m). Foi o momento alto e decisivo de uma vitória tão justa quanto sofrida, que não deixa qualquer margem para contestação tal foi o domínio avassalador do FC Porto, que assim mantém o pleno neste arranque de campeonato.

FICHA DE JOGO» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2016%20-%202017/andre-silva-derrubou-a-muralha-amarela-8-20-2016.aspx


Liga (2ªJ): Resumo FC Porto 1-0 Estoril

Ledman LigaPro: Leixões 1 vs F.C. do Porto B 2 - Foi na tarde deste sábado, frente ao Leixões, no Estádio do Mar, em Matosinhos, que o FC Porto B somou a segunda vitória na edição 2016/17 da Ledman Liga Pro.



«“BIS” DE RUI PEDRO VALE VITÓRIA EM MATOSINHOS

FC Porto B venceu Leixões por 2-1 na terceira jornada da Ledman LigaPro.

Foi na tarde deste sábado, frente ao Leixões, no Estádio do Mar, em Matosinhos, que o FC Porto B somou a segunda vitória (2-1) na edição 2016/17 da Ledman Liga Pro. Os leixonenses adiantaram-se por Chiquinho (24m), mas dois golos do avançado Rui Pedro (40m e 81m) consumaram a reviravolta no marcador. Ao fim de três jornadas, os detentores do título da Segunda Liga ocupam a quarta posição, com seis pontos.

Luís Castro fez duas alterações relativamente ao onze que alinhou de início na jornada passada frente ao Académico de Viseu (1-0)​: no meio-campo Rui Pires cedeu o lugar a Tomás Podstawski, regressado da seleção olímpica, e no ataque Cláudio trocou com Ruben Macedo. Num encontro disputado à porta fechada em virtude do castigo imposto pela Liga de Clubes ao clube matosinhense por comportamento incorreto do público, a primeira grande oportunidade pertenceu aos “bês”, numa cabeçada de Rui Pedro (14m). Foi, porém, o Leixões a colocar-se em vantagem após uma boa combinação entre Bruno Lamas e Chiquinho que, cara a cara com o guarda-redes João Costa, fez o primeiro golo da tarde.

Os campeões da Ledman LigaPro reagiram bem à desvantagem, tomaram o controlo do encontro e foi, por isso, com naturalidade que Rui Pedro devolveu o empate ao marcador, a cinco minutos de o árbitro José Godinho apitar para o intervalo: o jovem avançado recebeu na área, rodou e rematou para o fundo da baliza de Assis.

Na segunda parte, os dragões continuaram por cima do jogo, a pressionar cada vez mais o Leixões e acabaram por chegar ao segundo golo: servido por Cláudio, Rui Pedro ultrapassou um defesa antes de “picar” a bola sobre Assis para “bisar” e estabelecer o resultado final.

O FC Porto B volta a entrar em campo já esta quarta-feira, frente ao Olhanense, no Estádio Luís Filipe Menezes, em partida relativa à quarta jornada da Segunda Liga, que pode acompanhar em direto e em exclusivo no Porto Canal a partir das 17h00.

FICHA DE JOGO

LEIXÕES-FC PORTO B, 1-2
Ledman LigaPro, 3.ª jornada
20 de agosto de 2016
Estádio do Mar, em Matosinhos

Árbitro: José Godinho (Évora)
Ássistentes: Válter Rufo e José Braga
Quarto árbitro: Bruno Rodrigues

LEIXÕES: Assis; André Teixeira, Cadu, Silvério, Belly, Bruno China (cap.), Chiquinho, Bruno Lamas, Manuel José, Ludovic e Gonçalo Gregório 
Substituições: Cadú por Wellington (52m), Ludovic por Fatai (60m), Chiquinho por Bruno Henrique (82m)
Não utilizados: Ricardo Moura (g.r.); Salvador, Bernardo, e Shiao Wei
Treinador: Filipe Coelho

FC PORTO B: João Costa; Rodrigo, Verdasca, Chidozie e Luís Mata; Tomás Podstawski, Fede Varela e Graça (cap.); Ruben Macedo, Rui Pedro e Galeno
Substituições: Ruben Macedo por Cláudio (65m), Fede Varela por Sérgio Ribeiro (69m) E Graça por Rui Pires (83m)
Não utilizados: Mouhamed Mbaye, Fernando, Rui Moreira e Tony Djim
Treinador: Luís Castro

Ao intervalo:: 1-1
Marcadores: Chiquinho (24m), Rui Pedro (40m e 81m)

Disciplina: cartão amarelo a Chidozie (31m), Verdasca (34m), Fede Varela (60m), Fatai (74m), Manuel José (79m) e Rui Pires (78m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/leixoes-fcpb-2aj-sl-200816.aspx

20/08/16

F.C. do Porto Sub 17 Futebol: F.C. do porto 13 NDS Guarda 0 - Triunfo expressivo frente ao NDS Guarda, na segunda jornada da primeira fase do campeonato.



«SUB-17: DRAGÕES GOLEIAM NO OLIVAL

Triunfo expressivo frente ao NDS Guarda (13-0), na segunda jornada da primeira fase do campeonato.

A equipa de Sub-17 do FC Porto recebeu e goleou este sábado o NDS Guarda (13-0), no Olival, em jogo da segunda jornada da primeira fase (série B) do Campeonato Nacional de Juniores B. Foi o segundo triunfo consecutivo para os Dragões, que na ronda inaugural saíram vitoriosos do terreno do Leixões (2-1).

Frente ao Núcleo Desportivo e Social (NDS) da Guarda, um estreante absoluto na edição 2016/17 da prova, o FC Porto entrou de forma autoritária e lançou-se para a vitória logo na primeira parte, que terminou a vencer por 4-0. Leandro (3m, 38m, 46m, 55m, 68m e 80m), Vasco Paciência (28m, 52m e 74m), um autogolo (31m), Fábio Vieira (49m), Ruben Moura (72m) e Afonso Sousa (75m) perfizeram a goleada portista. Na próxima jornada, a terceira, os azuis e brancos recebem o Eirense.

Os Sub-17 portistas, orientados por Bino, alinharam com Roberto Silva, Tiago Matos, Nuno Damas, Vasco Mesquita, Tiago Lopes (Ruben Moura, ao intervalo), Vítor Ferreira (cap.), João Mário (Miguel Magalhães, 55m), Fábio Vieira, Leandro, André Silva (Afonso Sousa, 55m) e Vasco Paciência.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub17-FC-Porto-NDS-Guarda-2a-jor-1a-fase-CN-Jun-B.aspx

19/08/16

Amarante Música - O espectáculo, promovido pelo Projeto Cultura de Proximidade, uma das 11 propostas do OPJ Amarante 2016, consta de um concerto com as violinistas Joana Azevedo (Amarante) e Karla Seixas (Brasil).



«HOJE | Casa da Juventude de Amarante | Sala Polivalente | 22h

Concerto com as violinistas Joana Azevedo (Amarante) e Karla Seixas (Brasil). 

O espectáculo, promovido pelo Projeto Cultura de Proximidade, uma das 11 propostas do OPJ Amarante 2016.

ENTRADA LIVRE!» in https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1771238253123790&set=a.1383618835219069.1073741828.100007128970562&type=3&theater

Cidade de Viana do Castelo - Mais de mil metros de fio de algodão, folheado a ouro e em forma de coração de Viana, e mais de 800 cristais Swarowski, compõem o vestido de noiva que está, a partir de hoje, em exposição em Viana do Castelo.



«CORAÇÃO DE VIANA: VESTIDO DE NOIVA FEITO COM FIO DE OURO E MAIS DE 800 CRISTAIS SWAROWSKI

Mais de mil metros de fio de algodão, folheado a ouro e em forma de coração de Viana, e mais de 800 cristais Swarowski, compõem o vestido de noiva que está, a partir de hoje, em exposição em Viana do Castelo.

A criação de fio de algodão, vulgarmente chamado de guita ou faniqueira de jogar ao pião, de cor branca e com seis metros de diâmetro, é de um costureiro do Porto que gastou mais de 1.230 horas na confeção do vestido.

"A chama do coração de Viana faz o peito do vestido e o coração propriamente dito desenvolve-se em toda a frente do vestido. Na parte de trás recreie algumas peças de filigrana mais usadas pelas mordomas quando envergam os trajes regionais, preenchidas com 868 cristais Swarowski de cor turquesa, vermelha e verde", afirmou hoje à Lusa o costureiro Fernando Lima.

A peça, composta por "imensos metros de tule e rematada com piões", está em exposta no Museu de Artes Decorativas de Viana do Castelo, cidade que a partir de sexta-feira e até domingo vai viver "um momento alto de exaltação do ouro e dos trajes regionais.

A inspiração, explicou o costureiro, surgiu "ao ver o trabalho difícil de quem trabalha a filigrana e dá corpo a muitas das peças utilizadas pelas mordomas durante as festas da Agonia.

O vestido agora em exposição até final de setembro integra o projeto "Alma de Viana" que inclui um serviço de porcelana e um faqueiro banhado a ouro igualmente com o coração de Viana como tema central.

O projeto do costureiro do Porto foi lançado em 2015 quando, também durante as festas da Agonia, lançou um outro vestido de noiva, em seda natural e veludo preto, inspirado no traje de mordoma de Viana, com o típico coração da cidade bordado à mão, na cauda da saia, composto por 70 mil cristais Swarowski e avaliado em 38 mil euros.

"Eu inspiro-me em Viana porque me encanta a perfeição da sua etnografia. Tudo é feito com a perfeição que eu tento alcançar no meu trabalho. No Minho essa perfeição é brutal em quase todas as romarias", sustentou.

Veja também: Estilista do Porto cria vestido de noiva preto avaliado em 38.000 €

Atualmente em processo de certificação o "traje à vianesa" em linho, nas suas várias cores características e formas, é um símbolo da região que a mulher de Viana envergou até aos finais do século XIX consoante a ocasião, momento da vida e o seu estatuto.

As características do traje, como o seu colorido e a profusão de elementos decorativos, permitem identificar facilmente a região de origem, no concelho, motivo pelo qual se transformou, segundo os especialistas, "num símbolo da identidade local".

Já o uso do ouro manifestava a riqueza da família, mas sobretudo o orgulho da mulher.

A riqueza da história do traje demonstra-se igualmente no espírito da mulher de Viana do Castelo na atualidade, que faz questão de ir à festa, com a sua ‘chieira' (termo minhoto que significa orgulho), engalanada com o ouro de filigrana, e uma peça de roupa típica.» in http://lifestyle.sapo.pt/moda-e-beleza/noticias-moda-e-beleza/artigos/coracao-de-viana-vestido-de-noiva-feito-com-fio-de-ouro-e-mais-de-800-cristais-swarowski

18/08/16

Amarante Música - O Parque do Ribeirinho de Amarante vai ser palco de uma atuação de Jorge Palma e Sérgio Godinho no próximo sábado, 20 de agosto, pelas 22 horas.



«Amarante recebe Jorge Palma e Sérgio Godinho a 20 de agosto

O Parque do Ribeirinho de Amarante vai ser palco de uma atuação de Jorge Palma e Sérgio Godinho no próximo sábado, 20 de agosto, pelas 22 horas. A entrada é livre.

Jorge Palma e Sérgio Godinho são amigos há 40 anos.

Ambos conhecem de cor as canções um do outro e este encontro é, por isso, uma partilha pública, quase uma formalidade, que toca nas memórias e nas emoções de várias gerações.» in http://www.averdade.com/2016/08/18/amarante-recebe-jorge-palma-e-sergio-godinho-a-20-de-agosto/