30/06/16

Desporto Ténis - As jogadoras portuguesas em ação esta quarta-feira no torneio ITF português de Amarante foram todas eliminadas, assim, Inês Murta, Cláudia Cianci, Rita Vilaça e Raquel Mateus seguiram o caminho do desaire e saíram de cena na primeira ronda da prova, dotada de 10 mil dólares em prémios monetários.



«Amarante assiste a dia negro para as cores portuguesas

As jogadoras portuguesas em ação esta quarta-feira no torneio ITF português de Amarante foram todas eliminadas. Inês Murta, Cláudia Cianci, Rita Vilaça e Raquel Mateus seguiram o caminho do desaire e saíram de cena na primeira ronda da prova, dotada de 10 mil dólares em prémios monetários.

Oitava pré-designada da competição, Murta foi a única jogadora lusa a pisar o court com o estatuto de cabeça de série. No entanto, a algarvia de 19 anos, 731.ª classificada da hierarquia mundial WTA, caiu às mãos da espanhola Alba Carrillo Marin, oriunda da fase de qualificação e 1198.º do Mundo, por 6-3 e 7-5, em 1h19 de embate.

Cianci e Mateus também foram afastadas em parciais diretos, mas Vilaça ainda ganhou um set. Cláudia Cianci sucumbiu perante a eslovaca Tereza Mihalikova, quarta favorita, por 6-0 e 6-2; Raquel Mateus foi ultrapassada pela qualifier letã Laura Gulbe, por 6-3 e 6-4; e Rita Vilaça, após 2h02 de embate, cedeu para a russa Daria Shelomentseva, proveniente do qualifying, por 2-6, 6-2 e 6-3.

Com estes desaires, o torneio português fica sem qualquer representante nacional, uma vez que a convidada Marta Oliveira já havia sido eliminada na primeira eliminatória. Oliveira perdeu para a britânica Laura Deigman, por 6-0 e 6-4.» in http://bolamarela.pt/amarante-assiste-dia-negro-as-cores-portugueses/

Sem comentários:

Enviar um comentário