17/07/15

Pastorícia - A freguesia da Guarda, de Fernão Joanes, oferece este sábado e domingo uma experiência pouco habitual: sentir na pele as agruras da vida de pastor, dormindo numa choça.



«Quer dormir como um pastor? Numa choça? Sabe o que é uma choça?

Festa da Transumância põe os não pastores a dormir como os pastores. Um fim-de-semana diferente em plena Serra da Estrela.

Já experimentou dormir como um pastor? Numa choça (sabe o que é?) Em plena Serra da Estrela? Pode experimentar este fim-de-semana em Fernão Joanes. A freguesia da Guarda oferece este sábado e domingo uma experiência pouco habitual: sentir na pele as agruras da vida de pastor. 

Depois de longos períodos à procura de bons pastos, os pastores da Serra da Estrela têm necessidade de descansar, por curtos períodos. Fazem-no nas choças (ou txoças) – abrigos de pastores, escondidos nos vales da serra, feitos de pedra e palha. 

Pedimos a Francisco Vendeiro, ou Chico, de 77 anos, que nos deixasse dormir na sua choça. Com um assobio, chama a cadela, Lira, para que o ajude a colocar em clausura as mais de 30 ovelhas na choça, onde também ele irá pernoitar. "Até já dormi no meio das ovelhas", conta, a rir-se. "Não gabem a vida de pastor, isto é que é duro." 

"Podemos vestir pijama?", perguntamos. Chico dá-nos apenas um cobertor de papa, manta tradicional dos pastores feita de lã, e aponta para o chão. "Durma no chão, não há cama. Estendemos a palha, a manta e dorme-se que é uma beleza", garante. E se tivermos sede? "Vamos ao tanque, mas a minha corte tem meio litro de vinho, um bocadinho de presunto e queijo… E acha que é pouco?" 

A Festa da Transumância é promovida pela autarquia em colaboração com a Junta de Freguesia e a Associação Cultural e Recreativa de Fernão Joanes. 

A 15.ª edição da festa terá um "acampamento pastoril" com direito a refeição e dormida. Tudo culmina no domingo, ao raiar da manhã, com uma missa de bênção dos pastores. 

A iniciativa é limitada a 30 pessoas (duas pessoas distribuídas por 15 abrigos) e está sujeita a inscrição prévia (por e-mail – turismo@mun-guarda.pt – ou pelo Facebook). As choças têm vista privilegiada sobre a serra e caldo de grão servido à meia-noite. Uma noite de luxo, sem luxos. 

Em comunicado, os promotores alertam que os inscritos devem assegurar saco-cama ou, "se quiserem passar por uma verdadeira experiência pastoril, poderão adquirir um cobertor de papa no Museu de Meios ou na Escola de Artes e Ofícios de Maçainhas", no concelho da Guarda.» in http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=1&did=193930

Sem comentários:

Enviar um comentário