22/07/17

Amarante Criminalidade - Dois médicos e uma farmacêutica de Amarante foram pronunciados pelo juízo de instrução criminal do Marco de Canaveses por burlarem o Estado em 82 467 euros com receitas falsas.



«Médicos burlam Estado em 82 mil euros com receitas falsas 

Crimes aconteceram entre janeiro de 2011 e agosto de 2012.

Dois médicos e uma farmacêutica de Amarante foram pronunciados pelo juízo de instrução criminal do Marco de Canaveses por burlarem o Estado em 82 467 euros com receitas falsas, através das quais obtiveram verbas de comparticipações de medicamentos, entre janeiro de 2011 e agosto de 2012. Vão responder  pela prática em coautoria de crimes de falsificação, burla qualificada e falsidade informática. 

De acordo com o despacho de pronúncia, divulgado ontem pela Procuradoria-Geral Distrital do Porto, os médicos passaram receitas para medicamentos que tinham comparticipações elevadas, mas que não correspondiam a qualquer prescrição nem tinham sido aviadas pela farmácia.  

A farmacêutica fez, no entanto, a tramitação contabilística e remeteu à Administração Regional de Saúde do Norte para recebimento da comparticipação. 

A entidade gestora entregou à farmácia, também em Amarante, 82 467 euros - "quantia que a arguida farmacêutica dividiu com os restantes arguido e arguida", indica o despacho de pronúncia, que manteve, na íntegra, a acusação do Ministério Público.» in http://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/medicos-burlam-estado-em-82-mil-euros-com-receitas-falsas?ref=Bloco_CMAoMinuto

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin It button on image hover