31/01/16

F.C. do Porto Sub 17 Futebol: Nacional 0 vs F.C. do Porto 4 - Duas jornadas, duas vitórias expressivas: depois do 3-0 frente ao Gil Vicente, na primeira jornada da Série Norte do Campeonato Nacional de Juniores B, os Sub-17 somaram nova goleada, desta vez frente ao Nacional, na Madeira, no Cristiano Ronaldo Campus Futebol.



«SUB-17 GOLEIAM NA MADEIRA

Vitória por 4-0 frente ao Nacional garante liderança na Série Norte do Campeonato Nacional de Juniores B.

Duas jornadas, duas vitórias expressivas: depois do 3-0 frente ao Gil Vicente, na primeira jornada da Série Norte do Campeonato Nacional de Juniores B, os Sub-17 somaram nova goleada, desta vez frente ao Nacional, na Madeira, no Cristiano Ronaldo Campus Futebol. Os golos dos Dragões foram marcados por Jorge Teixeira (22m), Hélder Silva (55m), Leandro Cardoso (69m) e Diogo Dalot (80+1m), numa partida dominada por completo pelos comandados de Bino.

Os azuis e brancos entraram a todo o gás e criaram diversas oportunidades de perigo, marcando apenas aos 22 minutos, por intermédio de Jorge Teixeira, numa excelente jogada individual. Os madeirenses não conseguiram sequer visar a baliza de Mário Évora durante o primeiro tempo e, já na segunda parte, limitaram-se a assistir a um controlo total e autoritário dos Dragões. Os portistas conseguiram marcar mais três golos – Hélder Silva (55m), Leandro Cardoso (69m) e Diogo Dalot (80+1m) foram os autores dos remates vitoriosos – e confirmaram dessa forma uma vitória justa.

Os Dragões partilham a liderança com o Sporting de Braga, que também tem duas vitórias em dois jogos, somando ambos seis pontos. O próximo jogo dos Sub-17 é a receção ao Tondela e está agendado apenas para dia 14, às 11h00, devido aos compromissos da seleção nacional de Sub-16, para os quais estão convocados Afonso Sousa, Romário Baró (dos Sub-17) e Paulo Moreira (do Padroense, equipa Sub-16 dos Dragões). 

Os Sub-17 alinharam com: Mário Évora; Diogo Dalot, Diogo Leite (Kakuba, 70m), Diogo Bessa e Fábio Borges; João Lameira (cap.), Paulo Estrela e Romário Baró (Afonso Sousa, 60m); Mamadu Lamba, Jorge Teixeira (Leandro Cardoso, 67m) e Hélder Silva.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/sub-17-nacional-fcporto-cn-juniores-b-serie-norte-2a-jornada-310116.aspx

Amarante Poesia - O Meu Colega e Amigo, Professor Eugénio Mourão, interpela-nos com o poema: "Chão de sonhos"


Foto: a modelo Brenda Jennifer


"CHÃO DE SONHOS

Caminha com cuidado,
Há sonhos no chão,
Que caíram de um coração com vontade,
E floresceram.
E se vieste por tudo,
Colherei, 
Das pedras molhadas,
Um ramo de jardins,
Para perfumar a noite,
Nos teus lábios maduros,
E no teu corpo,
De mãos vazias,
Mil frutos de madrugada."

Eugénio Mourão

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=985297721551093&set=a.215009225246617.52914.100002126234550&type=3&theater

Amarante Educação - “A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento…”, um concurso escolar que já vai na oitava edição, está a ser lançado mais uma vez pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e a Direção-Geral da Educação (DGE).



«Amarante: Concurso desafia alunos a conhecer e valorizar património cultural
29/01/2016, 18:34

“A minha escola adota um museu, um palácio, um monumento…”, um concurso escolar que já vai na oitava edição, está a ser lançado mais uma vez pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) e a Direção-Geral da Educação (DGE). A iniciativa tem como objetivo “estimular o conhecimento da realidade museológica e patrimonial nacional e sensibilizar para a conservação, proteção e valorização do património cultural, sendo dirigido a alunos dos ensinos básico e secundário”.

Este concurso pretende “proporcionar às escolas e aos museus uma oportunidade de desenvolverem ou de reforçarem a cooperação” e consiste na elaboração de trabalhos originais a partir de testemunhos de Museus e Palácios que integrem a Rede Portuguesa de Museus ou de Monumentos tutelados pela DGPC, na qual se inclui o Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso. Os trabalhos podem ser produção escrita, artes visuais e performativas, fotografia, vídeo e multimédia.

A entrega decorre até ao dia 31 de março, sendo que os portefólios contendo os trabalhos para apreciação deverão ser entregues nos museus, palácios ou monumentos com os quais as escolas venham a colaborar.

Para o esclarecimento de dúvidas relacionadas com os processos de candidatura ou de envio dos trabalhos, deve ser usado o seguinte endereço eletrónico: aminhaescolaadota2015@dge.mec.pt.

A lista de museus e palácios da Rede Portuguesa de Museus e dos monumentos tutelados pela DGPC pode ser consultada em www.patrimoniocultural.gov.pt.» in http://www.averdade.com/pagina/seccao/19/noticia/11943

F.C. do Porto Hóquei Patins: HA Cambra 1 vs F.C. do Porto Fidelidade - Gonçalo Alves e Vítor Hugo “bisaram” na 14.ª jornada do campeonato, em que violaram em Cambra.



«DRAGÕES GOLEIAM EM VALE DE CAMBRA

Gonçalo Alves e Vítor Hugo “bisaram” na 14.ª jornada do campeonato (7-1).

O FC Porto Fidelidade goleou, este sábado, o Cambra por 7-1, em partida da 14.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins, em jogo disputado no Pavilhão Municipal de Vale de Cambra. Os golos dos portistas no primeiro jogo da segunda volta foram marcados por Gonçalo Alves (dois), Vítor Hugo (dois), Reinaldo Garcia, Álvaro Morais e Jorge Silva. Os Dragões mantêm-se assim na perseguição ao Benfica, atual líder da competição, contando com sete pontos de atraso em relação aos lisboetas.

Os portistas entraram no encontro com um cinco inicial sem Hélder Nunes, que tinha sido sempre titular em todos os jogos da época até agora, mas assumindo claramente a iniciativa do jogo. O ascendente azul e branco deu frutos aos oito minutos, quando Gonçalo Alves inaugurou o marcador, a passe de Reinaldo Garcia. O Cambra respondeu e podia ter chegado ao empate, mas Edo Bosch não foi em cantigas e, aos 12, teve uma bela estirada que acabou por ser fulcral pois, no seguimento da jogada, Reinaldo Garcia fez o 2-0 num remate de longe. Logo de seguida, aos 14, Gonçalo Alves bisou na partida e fez o seu 18.º golo na competição, colocando os Dragões a vencer por 3-0. Os Dragões chegaram ao 4-0, resultado com que se chegou ao intervalo, por intermédio de Álvaro Morais, a 1m47 do final do período, num livre direto convertido de forma exemplar. 

A ganhar de forma folgada, os azuis e brancos mantiveram o bombardeamento à baliza de Ricardo Pereira e só a excelente exibição do guarda-redes da equipa da casa, que somou um punhado de fantásticas intervenções, impediu que a vantagem aumentasse logo nos primeiros minutos da segunda metade. Do outro lado, Edo Bosch também estava imperial e ia mantendo a baliza inviolada, mesmo nos momentos em que o Cambra se aproximava com maior perigo. A 11 minutos do final, Jorge Silva marcou o golo mais bonito da noite, num chapéu ao guarda-redes, dando nota artística à goleada dos portistas (5-0). Aos 43, Vítor Hugo fez o 6-0 e, com três minutos para jogar, Daniel Bastos conseguiu o tento de honra do Cambra, num livre direto – o quarto desta noite contra os portistas -, a castigar um cartão azul mostrado a Hélder Nunes. Vítor Hugo ainda fez o 7-1, a um minuto do final, concretizando de forma exemplar um livre direto e selando o resultado.

Com este resultado, os Dragões somam 33 pontos e estão no segundo lugar da competição, com um de avanço sobre o Óquei de Barcelos e a sete do líder do campeonato, o Benfica. O próximo jogo dos comandados de Guillem Cabestany, que prolongou durante esta semana o contrato que o liga aos portistas por mais uma época, está agendado para sábado, às 20h00, no Dragão Caixa, e conta para a sexta e última jornada do grupo A da Liga Europeia. Recorde-se que os portistas já estão apurados para a próxima fase no primeiro lugar e contam apenas com vitórias na principal competição europeia.

FICHA DE JOGO

HA CAMBRA-FC PORTO FIDELIDADE, 1-7 
Campeonato Nacional, 14.ª jornada
30 de Janeiro de 2016
Pavilhão Municipal de Vale de Cambra

Árbitros: Cláudia Rego e Paulo Rainha (Minho)

HA CAMBRA: Ricardo Pereira (g.r.), Daniel Bastos (cap.), Nuno Maia, Eduardo Brás e Álvaro Pinto
Jogaram ainda: Luís Tavares (g.r.), Pedro Lopes e Luís Pinho
Não jogaram: Tiago Tavares e Francisco Almeida
Treinador: Ricardo Geitoeira

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (cap.), Telmo Pinto, Reinaldo Garcia, Gonçalo Alves e Vítor Hugo
Jogaram ainda: Jorge Silva, Hélder Nunes, Rafa e Álvaro Morais
Não jogou: Nélson Filipe (g.r.)
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 0-4
Marcadores: Gonçalo Alves (8m e 14m), Reinaldo García (12m), Álvaro Morais (24m), Jorge Silva (39m), Vítor Hugo (43m e 49m) e Daniel Bastos (47m)
Disciplina: cartão azul a Vítor Hugo (9m), Nuno Maia (14m), Álvaro Morais (17m), Eduardo Brás (24m), Reinaldo Garcia (35m), Hélder Nunes (47m) e Daniel Bastos (49m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/cambra-fcporto-14a-jornada-campeonato-300116.aspx

Liga NOS: Estoril 1 vs F.C. do Porto 3 - Dragões triunfaram no terreno do Estoril depois de estarem em desvantagem no marcador, o que não tem sido norma nos últimos tempos...



«RAÇA E CLASSE NA REVIRAVOLTA

Dragões triunfaram no terreno do Estoril (3-1) depois de estarem em desvantagem no marcador.

O FC Porto venceu este sábado no terreno do Estoril (3-1), na 20.ª jornada da Liga NOS, somando assim o segundo triunfo consecutivo nesta competição sob o comando de José Peseiro. Os azuis e brancos até estiveram em desvantagem no marcador, graças a um golo de Diego Carlos (3m), mas deram a volta ao resultado ainda no primeiro tempo, através de Aboubakar (18m) e Danilo Pereira (33m). Na etapa complementar, André André estabeleceu o 3-1 final (82m).

Não começou de feição para o FC Porto a visita à Amoreira. Logo aos três minutos, na sequência de um canto cobrado por Marion, Diego Carlos antecipou-se à defensiva portista e cabeceou para o primeiro golo da partida, dando uma vantagem madrugadora aos estorilistas. O golo teve o condão de espicaçar os Dragões e estes começaram a crescer no jogo, diluindo o atrevimento inicial da formação da Linha. O empate esteve perto pouco depois, mas ninguém deu o seguimento que se pedia ao desvio de Aboubakar ao primeiro poste após canto de Layún (7m).

Ora, foram precisamente estes os protagonistas do golo do empate portista, não esquecendo a ação fundamental de André André na invenção da transição rápida finalizada como se exigia por Aboubakar, servido com conta, peso e medida por Layún (18m). A igualdade reforçou a confiança do FC Porto e o domínio acentuou-se, bem como as oportunidades junto da baliza do ex-Dragão Kieszek. Maxi Pereira e André André estiveram perto da reviravolta no mesmo lance, mas o guardião polaco negou-a a ambos (27m), façanha que não conseguiu repetir pouco depois.

Livre cobrado por Layún e cabeceamento furioso de Danilo Pereira para o 2-1 favorável aos Dragões (33m), numa espécie de prémio merecido tal o ascendente azul e branco por esta altura. Quarto golo do médio português e 12.ª assistência para o lateral mexicano no campeonato. No caminho para o intervalo, André André combinou com Aboubakar e ficou na cara de Kieszek, mas o remate saiu ligeiramente ao lado e o 3-1 não surgiu por uma questão de poucos centímetros (38m). Vantagem mínima dos Dragões na ida para o descanso, mas a pecar por escassa.

O segundo tempo começou como acabou o primeiro, com o FC Porto a jogar perto da baliza estorilista. Layún rematou para defesa atenta de Kieszek (49m) e Gerson ameaçou do lado contrário (55m), mas não foram muitas as oportunidades de golo na etapa complementar. A mais flagrante de todas, aos 77 minutos, foi desperdiçada por Aboubakar após um bom envolvimento do ataque portista. Herrera descobriu André André nas costas da defesa do Estoril e este deixou o avançado camaronês na cara do golo, mas o remate saiu incrivelmente por cima.

Quase como uma redenção da perdida da primeira parte, André André estava no sítio certo à hora certa para fazer o 3-1 para o FC Porto e sentenciar definitivamente o encontro. Varela deu em Corona, o avançado mexicano tirou um adversário do caminho e rematou em jeito para defesa de Kieszek, com André André a surgir de rompante para a recarga (82m). Ponto de exclamação numa vitória justa do FC Porto num terreno historicamente difícil, recheada de raça e classe.

Ficha do Jogo» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2015%20-%202016/raca-e-qualidade-em-reviravolta-vitoriosa-1-30-2016.aspx


(FC Porto ultrapassa susto inicial e pressiona rivais)

30/01/16

Corrupção - O presidente do Benfica e um sócio estão há quatro anos a ser investigados acerca do seu alegado envolvimento num esquema fraudulento que prejudicou o BPN, mas os prejuízos da operação, avaliados em 17 milhões de euros, já foram transferidos para o Estado, que arcará com eles.



«Estado assume dívida de Luís Filipe Vieira ao BPN
NEGÓCIOS | jng@negocios.pt | 21 Novembro 2013, 08:59

Dívida de 17 milhões de euros passou para a Parvalorem. Falta ainda apurar se resultou de esquema fraudulento, avança o "Diário de Notícias".

O presidente do Benfica e um sócio estão há quatro anos a ser investigados acerca do seu alegado envolvimento num esquema fraudulento que prejudicou o BPN. Mas os prejuízos da operação, avaliados em 17 milhões de euros, já foram transferidos para o Estado, que arcará com eles.

Segundo a edição desta quinta-feira do “Diário de Notícias”, o Estado, através da Parvalorem (empresa que gere os créditos do BPN), herdou uma dívida de 17 milhões de euros dos empresários ao banco. Esta dívida poderá ter sido gerada por uma burla orquestrada por Luís Filipe Vieira e o seu sócio Almerindo de Sousa Duarte, uma situação que ainda está sob investigação e da qual o "DN" dá alguns pormenores.  

O crédito estava colocado no BPN IFI em Cabo Verde mas, segundo relata o jornal, o BIC, liderado por Mira Amaral, recusou-se a herdá-lo, pelo que o encargo ficará à responsabilidade da Parvalorem.» in http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/detalhe/estado_assume_divida_de_luis_filipe_vieira_ao_bpn.html

F.C. do Porto Sub 19 Futebol: Paços de Ferreira 1 vs F.C. do Porto 4 - A equipa Sub-19 do FC Porto terminou da melhor maneira a primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores A, goleando no terreno do Paços de Ferreira, em jogo da 22.ª jornada.



«SUB-19 FECHAM PRIMEIRA FASE A GOLEAR

Triunfo expressivo em Paços de Ferreira (4-1), na 22.ª jornada, foi o oitavo consecutivo.

A equipa Sub-19 do FC Porto terminou da melhor maneira a primeira fase do Campeonato Nacional de Juniores A, goleando no terreno do Paços de Ferreira (4-1), em jogo da 22.ª jornada. Já com o primeiro lugar matematicamente garantido, os azuis e brancos deram continuidade ao bom momento que atravessam e somaram a oitava vitória consecutiva.

Mesmo sem alguns dos habituais titulares, os Dragões entraram autoritários e adiantaram-se no marcador logo aos 17 minutos, por intermédio do capitão Jorge Fernandes (17m), com assistência de Rui Pedro (na foto) e simulação de Tony Djim pelo meio. Revelando grande eficácia, os Dragões aumentaram a vantagem pelo pé direito de Rui Pedro, assistido primorosamente por Tony Djim (37m).

A vencer por 2-0 ao intervalo, o FC Porto não retirou força ao ritmo imposto e colocou um ponto final na partida num curto espaço de tempo. Mesquita (50m) e Tony Djim (57m), ambos servidos por Rui Pedro, que assim completou um hat trick de assistências além do golo, deram outra dimensão ao triunfo portista. Raúl ainda reduziu de grande penalidade para os pacenses e estabeleceu o 4-1 final (75m) favorável à equipa comandada por António Folha.

Os Sub-19 portistas, que terminaram esta fase como líderes, com o melhor ataque (58 golos marcados) e a melhor defesa (20 golos sofridos), alinharam com Diogo Costa, Diogo Casimiro, Diogo Queirós, Jorge Fernandes (cap.), David Sualehe, Rui Pires, Ayoub (João Cardoso, 76m), Moreto Cassamá (Chidera Ezeh, 46m), Mesquita (Madi Queta, 69m), Rui Pedro e Tony Djim» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Sub19-Pacos-de-Ferreira-FC-Porto-22a-jor-1a-fase-CN-Jun-A.aspx

Desporto Criminalidade - O Ministério Público acaba de acusar José Carriço, o indivíduo que era diretor do Benfica quando foi apanhado com nove quilos de cocaína num automóvel do clube, de tráfico de estupefacientes na forma agravada.



«Diretor do Benfica teve ajuda de PSP no tráfico
NELSON MORAIS | Hoje às 01:02

O Ministério Público acaba de acusar José Carriço, o indivíduo que era diretor do Benfica quando foi apanhado com nove quilos de cocaína num automóvel do clube, de tráfico de estupefacientes na forma agravada.

Segundo apurou também o JN, o presumível traficante contava com o apoio de um agente da PSP para tentar escapar à vigilância dos inspetores da Polícia Judiciária (PJ).

O despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Sintra tinha de ser - e foi - proferido até ao dia 23 deste mês, para evitar a libertação de Carriço e de outro arguido, também em prisão preventiva. É que ambos tinham sido detidos a 23 de julho de 2015 e o prazo máximo desta investigação era de seis meses.» in http://www.jn.pt/PaginaInicial/Justica/Interior.aspx?content_id=5006699

Arquitetura - A ponte, entre as cidades de Rocha e Maldonado, na costa sudeste do Uruguai, encoraja o trânsito a reduzir a velocidade e permite aos cidadãos deixarem-se levar pela bonita vista da Laguna Garzón.



«POR QUE RAZÃO O URUGUAI TEM UMA ROTUNDA NUMA PONTE? 

Houve em Portugal, em tempos, um boom de construção de rotundas nas cidades. À entrada, no meio e saída das cidades. A imaginação dos autarcas portugueses, nesses tempos, era frutuosa, mas nada que chegue à do arquitecto uruguaio Rafael Viñoly, que idealizou uma rotunda numa ponte.

A ponte, entre as cidades de Rocha e Maldonado, na costa sudeste do Uruguai, encoraja o trânsito a reduzir a velocidade e permite aos cidadãos deixarem-se levar pela bonita vista da Laguna Garzón.

“O conceito da Ponte Laguna Garzón é transformar uma via tradicional num evento que reduz a velocidade dos carros, permitindo-lhes apreciar as vistas panorâmicas e magnífica paisagem – e, ao mesmo tempo, criar um local para pedestres, no centro [da rotunda]”, explica Viñoly, que vive em Nova Iorque.

Segundo o Inhabitat, a ponte vai receber 1.000 carros por dia e tem passeios para peões nos dois lados da vida. Ou seja, não é bem uma nova estrada mas sim infra-estrutura de observação da paisagem. Um miradouro.

O projecto foi financiado por Eduardo Constantini, promoter imobiliário que é responsável por um projecto turístico em Rocha. “É uma proposta arquitectural icónica que irá levar ao desenvolvimento da costa de Rocha, especialmente protegida para preservar o contacto directo com a natureza. Apenas 35% da área entre as duas lagoas por ser alterada – e 50% terá de ser dedicada a áreas verde”, concluiu. Ainda assim, de acordo com o La Nacion, a construção foi vista com desagrado por grupos ambientalistas locais.» in http://greensavers.sapo.pt/2016/01/30/por-que-razao-o-uruguai-tem-uma-rotunda-numa-ponte-com-fotos/


(Puente Laguna Garzón - Uruguay)


(Take a trip on the incredible circular Laguna Garzon bridge in Rocha)


(Puente de la Laguna Garzon 12/06/2015)

Amarante Poesia - O meu Colega e Amigo, Professor Eugénio Mourão, interpela-nos com o Poema: "(A)MAR"


Foto: a modelo Brenda Jennifer


"(A)MAR

Sereia,
Diz ao mar,
Que havia numa praia,
Um castelo de areia,
Que um homem construiu,
Onde te fez prisioneira.
Mas numa maré alta,
Tudo começou a ruir.
Com folhas de papel,
E do lápis um mastro,
Fez-te um lindo batel,
Para poderes partir.

Sereia,
Diz ao mar,
Que deixaste numa praia,
Rochedos de naufrágio,
Com ondas de abraçar,
Tão molhados de pranto,
Onde se quebram segredos,
Numa espuma de encanto.
E nos dias de tempestade,
Ainda se escutam medos,
Dos homens ao teu canto.

Sereia,
Diz ao mar,
Que numa praia distante,
Feita de fino areal,
Há uma aragem de saudade,
Escrita com poemas de sal,
Que vem do lado poente,
Onde já se deita o sol.
E que nas ondas de voltar,
Alguém achou um búzio,
Por onde te ouve amar."

Eugénio Mourão


https://www.facebook.com/photo.php?fbid=984237418323790&set=a.215009225246617.52914.100002126234550&type=3&theater

29/01/16

Amarante Literatura - "Um dia, Pascoaes encontrou num eléctrico da Foz uma loira inglesinha que o perturbou... "


(Carlos Carneiro, Eugénio de Andrade e Pascoaes, na Praia da Foz, em 1951)


«Um dia, Pascoaes encontrou num eléctrico da Foz uma loira inglesinha que o perturbou... Seguiu-a e passou a ir vê-la patinar, numa garagem, onde se reuniam vários jovens praticantes desse desporto, sobretudo ingleses. De regresso entrava no mesmo carro eléctrico e contentava-se com esta romântica contemplação...

De repente, a rapariga desapareceu. O Poeta aflito e alarmado , procurou saber o que se passava. E soube, então, que ela tinha ido para Inglaterra. Não hesitou. Foi procurá-la a Londres.

Embarcou no navio «Augustine», em Novembro de 1909.

Mal desembarcou, bateu à porta do 2 Hall Road, Str. John's Stood. Levava uma carta de apresentação. Foi bem recebido.

Pascoaes regressou feliz, quinze dias depois. Seguiu-se um período de troca de correspondência e de enternecido enlevo.

Depois, o poeta adoeceu. Não tem esperança na cura. Não quer prendê-la. deixa de escrever. Mais tarde ela acaba por morrer tuberculosa.

Em 1911, publicou um novo livro - «Marânus» -, um longo poema cíclico de grande exaltação e simbolismo, consagrado à Saudade.

Uma parte desta obra foi escrita em Travanca do monte, à sombra de um enorme penedo que ainda hoje existe intacto. A outra parte foi escrita, como atrás dissemos, no Mirante da Casa de Pascoaes.


(O Penedo de Travanca do monte à sombra do qual Pascoaes escreveu parte do "Marânus", inédito.)

A figura central do cântico saudosista «Marânus», Eleonor, foi inspirada pela lembrança de Leonor Dagge, a loira inglesinha da Foz.

A serra do Marão é o grande cenário desta peregrinação saudosa:

«Pois só morre quem ama, e quem é amado
Vive sempre em espírito saudoso...» in Fotobiografia "Na Sombra de Pascoaes" de Maria José Teixeira de Vasconcelos.

Amarante Desporto - É já amanhã, sábado, 30 de janeiro, que se vai realizar a quarta edição da Gala do Desporto Cidade de Amarante.



«Amarante: Ex-alpinista João Marinho vai ser homenageado na Gala do Desporto
29/01/2016, 12:30

É já amanhã, sábado, 30 de janeiro, que se vai realizar a quarta edição da Gala do Desporto Cidade de Amarante. De entrada livre, a gala terá lugar no Auditório da Escola Secundária de Amarante, com início previsto para as 20h30.

A 4ª edição da Gala do Desporto Cidade de Amarante, evento coorganizado pelo Município de Amarante, tem este ano como novidade a homenagem ao ex-alpinista amarantino João Marinho, montanhista que desapareceu, em novembro de 2014, durante umas férias nos Picos da Europa, que fazia trail sozinho. De lembrar que o corpo foi apenas descoberto a 1 de agosto de 2015.

Diogo Pereira, da organização da Gala refere que este é um “evento que visa premiar as entidades e agentes desportivos, que durante a época desportiva mais se notabilizaram pelos resultados alcançados, ou pelos serviços prestados ao desporto regional” e que “tiveram um papel preponderante no desenvolvimento do Desporto no Concelho de Amarante”.

A comissão avaliadora é constituída por cinco elementos que premiarão 14 categorias. Da comissão fazem parte Alfredo da Costa, Taí Laranjeira, Pedro Barros, Manuel Viana e Pedro Pinto, respetivamente comentador desportivo; ex-jogador do FC Porto, Boavista e Seleção Nacional; Presidente do Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Golfe; Professor de Educação Física; e ex-treinador de Voleibol Técnico Superior de Desporto da Câmara Municipal de Amarante.

A Gala tem a receção aos convidados prevista para as 20h30 com Degustação de Chás Ervas D`avó e Degustação Doces Conventuais. A homenagem a João Marinho será às 21h35. O programa contará com atuações por parte da Cercimarante, Carlos Pinheiro, Gonçalo Costa e Centro Cultural de Amarante. Estas atuações intercalarão as entregas de prémios que decorrem entre as 21h55 e as 23h50, marcando o encerramento da gala.» in http://www.averdade.com/pagina/seccao/19/noticia/11939

História - O meu Colega e Amigo, Professor Eugénio Mourão, interpela-nos com reflexões da idade Média, de Hugo de São Vítor.



«"Idade Média - Glória da Idade Média"

"A fé é o navio seguro em meio ao naufrágio do mundo."

“Todo este mundo é como um dilúvio, porque todas as coisas, à semelhança das águas, correm flutuando por eventos incertos."

“A verdadeira fé não promete coisas transitórias, mas eternas, e levanta a alma por cima das ondas, tirando-a da cobiça deste mundo às coisas do alto."

“Ela pode então ser levada pelas águas, mas não pode ser inteiramente submergida.

“Quem não acredita nas coisas eternas, e só apetece as transitórias, debate-se entre ondas como um náufrago que o ímpeto das águas vai engolindo.

“Quem acredita nas coisas eternas, mas ama as coisas transitórias, afunda perto de um navio.

“Quem crê nos bens eternos e os ama fica dentro do navio e atravessa seguro as ondas do mar revolto.

“Quem, pelo desejo da fé não abandona o navio, ainda que no meio das ondas, imita a estabilidade da terra”.

Hugo de São Vitor, “A substância do amor”, Inst. in Decalogum Legis Dominicae, retirado de "Idade Média - Glória da Idade Média"» in https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10204008202924770&set=gm.991542010899600&type=3&theater

Vila de Celorico de Basto - No próximo domingo, dia 31 de janeiro, o XVI Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” vai encher de cantares o gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto, sendo que o início da iniciativa está marcado para as 15h00.



«Domingo vão cantar-se as Janeiras em Celorico de Basto
29/01/2016, 11:11

No próximo domingo, dia 31 de janeiro, o XVI Encontro “Vamos Cantar as Janeiras” vai encher de cantares o gimnodesportivo da EB 2,3/S de Celorico de Basto. O início da iniciativa está marcado para as 15h00.

Em nota de imprensa, Joaquim Mota e Silva, presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, lembrou que “este encontro, que já foi concurso, visa sobretudo promover os usos e os costumes inerentes às Janeiras, numa tarde sempre bem animada com um convívio muito agradável entre as gentes de Celorico de Basto”. Declarou ainda que “os cantares das janeiras são uma marca cultural que pretendemos não perder”.

A seleção dos grupos participantes é feita de acordo com as regras impostas no regulamento. As inscrições já encerraram e o sorteio para a ordem de atuação de cada grupo será realizado hoje, sexta-feira.» in http://www.averdade.com/pagina/seccao/3/noticia/11938?utm_source=e-goi&utm_medium=email&utm_term=Newsletter+A+VERDADE&utm_campaign=Newsletter+A+VERDADE

28/01/16

F.C. do Porto Andebol: CDE Camões 23 vs F.C. do Porto 36 - Vitória tranquila dos Dragões sobre o CDE Camões no jogo que abriu o quadro dos oitavos de final da prova.



«​​DRAGÕES AVANÇAM PARA OS “QUARTOS” DA TAÇA

Vitória tranquila sobre o CDE Camões (36-23) no jogo que abriu o quadro dos oitavos de final da prova.

O FC Porto é a primeira equipa apurada para os quartos de final da Taça de Portugal, depois de esta quinta-feira ter vencido de forma folgada o CDE Camões por 36-23, em Lisboa. Um dia depois da vitória sobre o Belenenses​, em Belém, na 20.ª jornada do Campeonato Fidelidade Andebol 1, os heptacampeões não deram hipóteses ao atual sétimo classificado da zona sul da Segunda Divisão e garantiram a presença no sorteio da próxima fase, agendado para 11 de Fevereiro, pelas 17h30, na sede da Federação de Andebol de Portugal.

Com dois jogos disputados num espaço de dois dias, Ricardo Costa optou por dar minutos a alguns dos jogadores menos utilizados do plantel, tendo tido ainda aproveitado a oportunidade para estrear o júnior Henrique Figueiredo, convocado para substituir António Areia, que ficou no Porto a recuperar de uma mialgia de esforço. O ponta-direita foi lançado ainda na primeira parte, na fase de maior equilíbrio da partida, mas não se intimidou e até marcou um golo, mostrando que o futuro do FC Porto está assegurado. Nesta altura, o Camões dava uma boa réplica, aproveitava algumas falhas de concentração dos portistas, tanto na defesa como no ataque, e nunca permitiu que a desvantagem no marcador os retirasse da discussão pelo resultado . De sublinhar neste período a boa exibição de Nuno Gonçalves, autor de quatro golos.

Era precisamente de quatro golos a diferença que se registava ao intervalo (15-11), mas no início da segunda parte foi-se alargando até atingir a dezena no final do primeiro quarto de hora. Os Dragões entraram autoritários, mais assertivos, mais atentos nas marcações e mais certeiros na hora do remate, apostados em garantir o quanto antes uma vantagem tranquilizadora que lhes permitisse abrandar o ritmo. E foi assim que, com os golos de Alexis Hernandez e Miguel Martins - os dois portistas em destaque neste segundo tempo -, encetaram uma fuga no marcador que foi esvaziando o balão de oxigénio do adversário que, desmoralizado, nunca mais foi capaz de se encontrar no jogo nem evitar uma derrota anunciada.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/andebol-camoes-fcporto-taca-portugal.aspx

F.C. do Porto Bilhar - Já estão expostas no Museu FC Porto by BMG as Supertaças conquistadas pelas equipas feminina e masculina de bilhar do clube.



«BILHAR: SUPERTAÇAS JÁ ESTÃO NO MUSEU

​Equipas feminina e masculina do FC Porto conquistaram os troféus em setembro e outubro de 2015, respetivamente.

Já estão expostas no Museu FC Porto by BMG as Supertaças conquistadas pelas equipas feminina e masculina de bilhar do clube. Em setembro de 2015, a equipa feminina de pool do FC Porto, composta por Vânia Franco, Sérgia Pereira, Cristina Costa e Inês Silva, bateu a Académica (3-1), em Leiria, garantindo assim a vitória na primeira prova de 2015/16.

No mês seguinte, em outubro, foi a vez da equipa masculina repetir o feito. Alípio Jorge, Rui Manuel Costa, Fernando Cunha e João Ferreira levaram o FC Porto à conquista da quinta Supertaça de bilhar carambola consecutiva, vencendo o Sporting (3-0) na final da competição, disputada nas instalações dos Dragões de Setúbal. Foi a 13.ª Supertaça no historial do clube.

Esta quinta-feira, elementos das duas equipas, acompanhados por Alípio Jorge, responsável pela secção, e por Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, estiveram no Museu do FC Porto by BMG para entregar os troféus ao seu habitat natural, por esta altura em exibição no espaço Na Hora. O líder dos Dragões fez questão de estar presente para congratular os atletas e não poupou nos elogios.

“Em qualquer modalidade, é sempre bom vencer, mas no bilhar vai-se tornando uma rotina, felizmente. Nos últimos 30 anos, este é o 93.º troféu de bilhar que vem para o Museu. É uma secção modelo, pela organização, pelo entusiasmo e pela forma como faz tudo bem feito. Tenho um carinho especial por todas as modalidades do FC Porto, mas rendo-me ao mérito da secção de bilhar e à quantidade invulgar de troféus que já conquistou, sem nunca se cansar de ganhar. O meu obrigado por tudo o que fazem pela modalidade e, sobretudo, pelo clube”, afirmou Pinto da Costa, em declarações ao Porto Canal.

Alípio Jorge, por sua vez, sublinhou as largas dezenas de troféus conquistados pela secção desde que o atual presidente dos Dragões assumiu o cargo. “Estas duas Supertaças fazem parte dos 93 troféus já conquistados pelo bilhar do FC Porto sobe a égide do presidente Pinto da Costa. Temos o objetivo de chegar aos 100 e esperemos consegui-lo nos próximos tempos. O lema do clube é “A vencer desde 1983”, mas no bilhar em concreto, é desde o início da presidência de Pinto da Costa. Temos sempre o mesmo desejo e a nossa força conduz-nos sempre no mesmo sentido: vencer para prestigiar o nome do FC Porto”.

No que diz respeito aos atletas, Inês Silva considerou “um grande orgulho e privilégio” pertencer à história do FC Porto, prometendo lutar para colocar “mais troféus” no Museu do clube num futuro próximo. Já João Ferreira, que partilhou do mesmo sentimento e, falou em “honra” por ver o seu nome “entre tantos outros que ajudaram a escrever a história do clube”, garantindo que estes momentos dão “ainda mais força e motivação para continuar a trabalhar e a vencer”.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Bilhar-visita-ao-Museu-e-entrega-das-tacas-conquistadas-28-01-16.aspx

Arte Fotografia - A fotografia desta "Mão de Deus" foi captada nas primeiras horas da manhã do último domingo pelo bloguer de fenómenos meteorológicos Rogério Pacheco.



«Fotografia: "Mão de Deus" paira sobre a Madeira

A imagem é de uma nuvem em tons de vermelho e laranja, cuja forma parece uma mão a segurar uma bola de fogo.

A nuvem que pairou sobre os céus madeirenses já é conhecida como a "Mão de Deus". 

A fotografia desta "Mão de Deus" foi captada nas primeiras horas da manhã do último domingo pelo bloguer de fenómenos meteorológicos Rogério Pacheco.

Rogério partilhou as imagens no blogue "Tempo nas Ilhas" nesse mesmo dia, sem causar grande alarido. 

Dias mais tarde, as imagens chegaram à imprensa britânica e começam a espalhar-se por media de todo o mundo e pelas redes sociais.

“Assim que vi o céu, fiquei imediatamente intrigado. Peguei na minha câmara e tirei uma fotografia”, contou Rogério ao jornal inglês Metro.» in http://24.sapo.pt/article/24-sapo-pt_2016_01_28_1291663209_fotografia---mao-de-deus--paira-sobre-a-madeira

27/01/16

F.C. do Porto Andebol: Belenenses 26 vs F.C. do Porto 30 - Triunfo dos Bravos Dragões frente aos Lisboetas de Belém, em Lisboa, foi o 20.º em outros tantos jogos no Andebol 1.



«HEPTACAMPEÕES SOMAM E SEGUEM

Triunfo frente ao Belenenses (30-26), em Lisboa, foi o 20.º em outros tantos jogos no Andebol 1.

O FC Porto bateu esta quarta-feira o Belenenses (30-26), no Pavilhão Acácio Rosa, em Lisboa, em jogo da 20.ª jornada do Campeonato Fidelidade Andebol 1. Os Dragões, líderes isolados e destacados, somaram assim o 20.º triunfo em outros tantos jogos, reforçando o registo perfeito na competição até ao momento.

Os heptacampeões entraram melhor e mais assertivos no encontro e rapidamente se distanciaram no marcador, cavando uma diferença de quatro golos à passagem dos primeiros dez minutos (6-2). Mesmo com Alfredo Quintana em bom plano na baliza portista, os azuis e brancos, que até atuaram de castanho, foram perdendo fulgor no ataque e permitiram uma aproximação aos lisboetas, que reduziram a desvantagem para apenas um golo a caminho dos 20 minutos (8-7).

Empolgado pela reaproximação no marcador, o Belenenses não mais deixou o FC Porto “fugir” e terminou a primeira parte com a motivação em alta, chegando ao empate a 15 golos poucos segundos antes do intervalo. Nos Dragões, que foram perdendo algum gás com o desenrolar dos primeiros 30 minutos, Gilberto Duarte (quatro golos) assumiu-se como o mais certeiro, bem secundado pelos pontas Hugo Santos e Ricardo Moreira, ambos autores de três golos.

O Belenenses continuou atrevido no arranque da etapa complementar e, volvidos apenas cinco minutos após o descanso, passou mesmo para a frente do marcador (18-16), colocando em sentido um FC Porto que por esta altura já tinha Hugo Laurentino entre os postes. Ora, é precisamente a partir daqui que os Dragões assumem o estatuto de heptacampeões nacionais, cerrando fileiras na defesa e aumentando os níveis de concentração no ataque.

De uma desvantagem de dois golos, o FC Porto passou para uma vantagem de três à entrada para os derradeiros dez minutos do encontro (25-22). Sustentando-se na maior valia individual e experiência dos seus jogadores, e mesmo poupando alguns como António Areia ou Miguel Martins, os Dragões não deixaram fugir a 20.ª vitória consecutiva no Andebol 1 (30-26).

Gilberto Duarte, Hugo Santos e Nuno Roque, todos com seis golos, foram os melhores marcadores dos portistas, que voltam a entrar em campo já esta quinta-feira, novamente em Lisboa, mas agora frente ao Camões, nos oitavos de final da Taça de Portugal. O encontro, que terá transmissão em direto no Porto Canal, disputa-se às 20h30, no Pavilhão Moniz Pereira.

FICHA DE JOGO

BELENENSES-FC PORTO, 26-30
Campeonato Fidelidade Andebol 1, 20.ª jornada
27 de Janeiro de 2016
Pavilhão Acácio Rosa, em Lisboa

Árbitros: Eurico Nicolau e Ivan Caçador

BELENENSES: Miguel Espinha (g.r.), Pedro Soares, Fábio Semedo (3), Ivo Santos (5), João Pinto (3), André Alves e Carlos Siqueira (4)
Jogaram ainda: Henrique Carlota (g.r.), David Ferreira, Jorge Pinto (5), Henriques Cassange, Pedro Pinto (4), Filipe Pinho (1), Declerck Sibo (1), Tiago Fonseca e Miguel Reinaldo
Treinador: João Florêncio

FC PORTO: Alfredo Quintana (g.r.), Daymaro Salina (2), Gilberto Duarte (6), Alexis Borges (1), Rui Silva (2), Gustavo Rodrigues e Ricardo Moreira (5)
Jogaram ainda: Hugo Laurentino (g.r.), Hugo Santos (6), Nuno Gonçalves, Nuno Roque (6), Yoel Morales (2) e Jordan Pitre
Treinador: Ricardo Costa

Ao intervalo: 15-15» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Belenenses-FC-Porto-20a-jornada-Andebol-1.aspx

Taça da Liga: Feirense 2 vs F.C. do Porto 0 - Dragões, que já não tinham hipótese de avançar para as meias-finais, voltaram a perder de forma quase infantil..



«DERROTA NA FEIRA NA DESPEDIDA DA TAÇA DA LIGA

Dragões, que já não tinham hipótese de avançar para as meias-finais, perderam por 2-0.

O FC Porto despediu-se com uma derrota por 2-0, frente ao Feirense, da Taça da Liga 2015/16, competição da qual já estava afastado à partida. Num jogo com pouco interesse para ambas as equipas - as hipóteses de apuramento do Feirense para as meias-finais eram pouco mais do que académicas -, valeram os golos de Hélder Castro e Porcellis, no primeiro desaire de sempre dos portistas frente a este adversário. José Peseiro pôde fazer algumas experiências neste encontro, nomeadamente táticas, e o pouco entrosamento entre os jogadores acabou por se fazer sentir, com o FC Porto a criar poucas oportunidade de golo.

De fora da convocatória ficaram os onze titulares do jogo frente ao Marítimo, no domingo, pelo que a equipa eleita por Peseiro apresentou jogadores menos utilizados como Helton, José Ángel, Sérgio Oliveira, Varela e André Silva, para além do reforço Suk e dos "bês" Víctor García e Chidozie, em estreia absoluta na formação principal. Para além disso, o treinador testou um sistema 4-4-2 losango, com Varela no vértice mais avançado do meio-campo e Suk e André Silva na frente de ataque. A primeira parte foi disputada a um ritmo baixo, com o FC Porto a controlar a posse de bola mas a não conseguir criar oportunidades de golo. A equipa da casa também quase não as teve, mas chegou ao intervalo a vencer graças a uma grande penalidade convertida por Hélder Castro, aos 39 minutos, após Cosme Machado considerar que houve falta de Rúben Neves sobre Vieirinha.

A toada do segundo tempo foi a mesma, com o Feirense a recolher-se no seu meio-campo e o FC Porto a revelar pouca criatividade e ligação entre os seus jogadores. No entanto, houve duas boas oportunidades de golo: aos 69 minutos, José Ángel cruzou e André Silva falhou a emenda, com a baliza à mercê, e, aos 79, Suk rematou por cima, após passe de André Silva. O Feirense acabaria por sentenciar a partida num lance feliz, em que Porcellis intercetou um remate de Meza e atirou para o golo, com Helton desamparado. O banco azul e branco estava cheio de jovens - só Gudiño, habitual terceiro guarda-redes, era da equipa principal - e Peseiro optou por não fazer substituições. Os Dragões concluem o grupo A da Taça da Liga sem pontos e, fechado este capítulo, importa centrar atenções na Liga NOS: o próximo jogo é este sábado, às 18h30, no terreno do Estoril, para a 20.ª jornada.

VER FICHA DE JOGO» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2015%20-%202016/derrota-na-feira-na-despedida-da-taca-da-liga-1-27-2016.aspx

F.C. do Porto Atletas Internacionais - Dupla mexicana destacada pela Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas.



«LAYÚN E CORONA NO ONZE IDEAL DA CONCACAF

Dupla mexicana destacada pela Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas.

Miguel Layún e Jesús Corona são os dois representantes do FC Porto no onze ideal masculino de 2015 eleito numa votação online levada a cabo pela Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caraíbas (CONCACAF).

“Tecatito” estava nomeado para a categoria de melhor jogador, cujo vencedor foi o compatriota e avançado do Bayer Leverkusen Javier Hernández, mais conhecido por Chicharito.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/corona_layun_no_11_ideal_concacaf.aspx

Política Energética - A queda do preço do petróleo já levou a perdas das petrolíferas de 364,2 mil milhões em 18 meses.

«Na Noruega um salmão custa mais que um barril de petróleo
11:40 Cátia Simões

A queda do preço do petróleo já levou a perdas das petrolíferas de 364,2 mil milhões em 18 meses.

A baixa cotação do preço do petróleo nos mercados internacionais está a chegar a níveis nunca antes pensados, com o crude e o 'brent' a rondarem os 30 dólares o barril.

A descida já levou a perdas das petrolíferas que chegam aos 364,2 mil milhões de dólares nos últimos 18 meses.

Na era do petróleo barato um barril de 'brent' na Noruega custa menos que um salmão de 4,5 quilos, avança a Bloomberg. Os especialistas não se entendem sobre como se comportará esta queda e até onde irá o preço do petróleo. Esta manhã, crude e 'brent' seguiam com perdas.

A Noruega é um dos países produtores de petróleo e as receitas desta matéria-prima vão para o fundo soberano do país, que é responsável por investimentos em várias áreas.

Mar, petróleo e gás natural representam cerca de 40% do PIB do país, mas o objectivo é diversificar este mix, reforçando o papel da agricultura.

Segundo a Bloomberg, a crise no sector está a penalizar fortemente as empresas norueguesas, que já despediram cerca de 30 mil pessoas. Ainda assim, o governo norueguês fechou a porta à possibilidade de avançar com mais estímulos económicos ao sector. A indústria está a apostar na desvalorização da moeda, a coroa norueguesa, para tentar minorar os efeitos da queda do preço do petróleo.» in http://economico.sapo.pt/noticias/na-noruega-um-salmao-custa-mais-que-um-barril-de-petroleo_240945.html


(Crise do petróleo: um embate Oriente x Ocidente? - OPEP - Educ +3)


(Tudo o que você precisa saber sobre a crise do petróleo mundial)


(10 Anos de Recessão: Crise sem fim , colapso financeiro, nova ordem mundial governo do anticristo.)

26/01/16

Amarante Desporto Motociclismo - Realizou-se no passado sábado na Quinta de Pousadela em Ôlo, Amarante, a primeira edição do Offtrack Cross-Country Challenge.



«Luís Oliveira vence em Amarante o 1º Offtrack Cross-Country Challenge

Realizou-se no passado sábado na Quinta de Pousadela em Ôlo, Amarante, a primeira edição do Offtrack Cross-Country Challenge.

Com organização por parte do Clube Natureza Extreme em parceria com a Offtrack, esta resistência offroad contou com aproximadamente 70 participantes, com especial destaque para a presença de alguns Campeões Nacionais.

O dia começou com as habituais verificações administrativas e as motas a serem colocadas em parque - fechado. Já durante a tarde e com duas horas de competição num bonito traçado de 8 km´s nas imediações da Pousadela, a vitória sorriu ao sintrense Luís Oliveira. O jovem piloto apesar de vencer esta primeira edição com cerca de um minuto de vantagem, contou com forte oposição por parte de Joaquim Rodrigues Jr. (melhor volta) e do vilaboense Fernando Ferreira, que viria a terminar na 3ª posição final.

Já no final, Luís Oliveira em festejos comentou: “Foi sem dúvida uma excelente prova de treino para o Campeonato. Aproveitei para testar a minha nova mota e acertar alguns pormenores ao nível das suspensões. Aproveito desde já para dar os parabéns à organização pelo excelente evento desportivo…Tudo cinco estrelas!”

Um evento ao alcance de todos que recebeu elogios rasgados por parte de pilotos e do muito público presente neste sábado de competição. Satisfeito, o organizador Paulo Amado comentou: “É bastante gratificante, depois de um enorme trabalho por parte do Filipe e de todos aqueles que colaboraram connosco, conseguirmos esta grande festa. No que toca à competição, foi emocionante e houveram animados despiques até ao fim. Uma aposta aprovada e que com toda a certeza irá continuar. Aproveito para agradecer ao Município de Amarante, Federação Nacional Motociclismo, CNE Amarante, Clube Automóvel Amarante e a todos os voluntários e comissários desta prova”.

Classificação: 1º Luís Oliveira; 2º Joaquim Rodrigues Jr; 3º Fernando Ferreira, 4º André Mouta; 5º Miguel Costa;…» in http://www.enduroportugal.com.pt/2016/01/luis-oliveira-vence-em-amarante-o-1.html

F.C. do Porto Bilhar - Vitória por 3-1 sobre o Leixões, na terceira jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de bilhar às três tabelas.



«​​DRAGÕES VENCEM LEIXÕES

Vitória por 3-1 na terceira jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de bilhar às três tabelas.

O FC Porto soma e segue no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão de bilhar às três tabelas. Na noite desta segunda-feira, na Academia de Bilhar do Estádio do Dragão, derrotou o Leixões por 3-1, na terceira jornada da zona norte da prova em que conta por vitórias o número de jogos disputados. Aliás, os azuis e brancos são a única equipa invicta, liderando a classificação com nove pontos, mais dois do que Leça e Leixões, que ocupam os restantes lugares do pódio.

Rui Manuel Costa (40-12 frente a Álvaro Cruz), João Ferreira (40-22 frente a Manuel Pereira) e Manuel Santos Oliveira (40-27 frente a Jorge Neto) venceram os seus jogos, sendo que Alípio Jorge (perdeu por 40-34 com Fernando Maia) foi o único que não conseguiu sair vencedor.

Na próxima jornada, os azuis e brancos terão como adversário o Leões da Agra, em partida que decorre na próxima segunda-feira, às 21h30.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/bilhar-camp-nac-terceira-jornada.aspx

Óbitos - Aos 51 anos, o ator José Boavida, não resistiu às lesões causadas por uma paragem cardiorrespiratória e estava em coma há cerca de duas semanas.



«MORREU JOSÉ BOAVIDA

Aos 51 anos, o ator não resistiu às lesões causadas por uma paragem cardiorrespiratória e estava em coma há cerca de duas semanas.

O ator de ‘Bem-vindo a Beirais’ estava em coma há duas semanas, depois de ter caído inanimado na rua, após um jantar com amigos. 

José Boavida foi encontrado por populares, que alertaram os bombeiros. 

Encontrava-se internado no Hospital Amadora-Sintra.» in http://lifestyle.sapo.pt/fama/noticias-fama/artigos/morreu-jose-boavida


«De "Médico de Família" a "Bem-Vindos a Beirais": os papéis de José Boavida no pequeno ecrã

O ator estava em coma há duas semanas e morreu na noite desta segunda-feira. Tinha 51 anos.

José Boavida estava em coma induzido, depois de ter caído inanimado no chão devido a uma paragem cardiorrespiratória. O ator morreu na noite desta segunda-feira, aos 51 anos, no Hospital Amadora-Sintra.

O mecânico Manuel Pedroso na série da RTP1 "Bem-Vindos a Beirais" ficará agora na memória dos espectadores como o último papel de José Boavida.  A personagem do ator é o "faz-tudo da aldeia". "[Manuel Pedroso] Tem uma pequena oficina onde arranja carros e guarda as ferramentas para outros trabalhos que realiza, tais como instalar pavimentos, tratar de canalizações e outras pequenas obras", pode ler-se na sinopse da série.

O ator, que celebrou no ano passado 30 anos de carreira e se preparava para dar formação teatral em fevereiro estreou-se em televisão em 1992 com "Crónica do Tempo", na RTP1. No ano seguinte, meses depois do lançamento da TVI, José Boavida deu corpo a Jorge em "Telhados de Vidro", novela de Rosa Lobato Faria.

Ainda em 1993, o ator fez parte do elenco de "Verão Quente" e "Ideias com História", na RTP1. Desde então, os papéis multiplicaram-se ao longo dos anos. No total, o ator participou em mais de 60 projetos na televisão portuguesa, entre séries e telenovelas.

"Nico D' Obra", "Médico de Família", "As Pupilas do Senhor Doutor", "Super Pai", "Jardins Proibidos" e "Liberdade 21" foram alguns dos trabalhos de José Boavida em televisão. Recorde os restantes:

Crónica do Tempo (RTP1) - 1992
Telhados de Vidro (TVI) - 1993
Verão Quente (RTP1) - 1993
Ideias com História (RTP1) -  1993
Na Paz dos Anjos (RTP1) - 1994
Os Trapalhões em Portugal (SIC) - 1995
Nico D'Obra (RTP1) - 1995
Barba e Cabelo (SIC) - 1995
Primeiro Amor (RTP1) - 1996
Médico de Família (série) SIC 1997-1998
Os Lobos (RTP1) - 1998
A Hora da Liberdade (SIC) - 1999
Um Sarilho Chamado Marina (SIC) - 1999
Esquadra de Polícia (RTP1) -  1999
Jornalistas (SIC) - 1999/2000
Crianças S.O.S (TVI) - 2000
As Pupilas do Senhor Doutor (TVI) - 2000
Café da Esquina (RTP1) - 2000
Super Pai (TVI) - 2001
Nunca Digas Adeus (TVI) - 2001
Jardins Proibidos (TVI) - 2001
Bastidores (RTP1) - 2001
Ganância (SIC) - 2001
Querido Professor (SIC) - 2001
Bons Vizinhos (TVI) - 2002
A Minha Sogra é uma Bruxa (RTP) - 2002
A Minha Família é uma Animação (SIC) - 2002
O Jogo (SIC) - 2003
Ana e os Sete (TVI) - 2003
Santos da Casa (RTP1) - 2003
Maré Alta (SIC) - 2004
Inspector Max (TVI) - 2004/2005
Mistura Fina (TVI) - 2004/2005
Câmara Café (RTP1) - 2005
Camilo em Sarilhos (SIC) - 2005
Floribella (SIC) - 2006
Doce Fugitiva (TVI) - 2006
Vingança (SIC) - 2007
Conta-me Como Foi (RTP) - 2007
Casos da Vida (TVI) - 2008
Liberdade 21 (RTP1) - 2008
Pai à Força (RTP1) - 2008
Equador (TVI) - 2008
Morangos Com Açúcar (TVI) - 2008/2009
Perfeito Coração (SIC) - 2009
37 (TVI) - 2009
Meu Amor (TVI) - 2010
Voo Directo (RTP) - 2010
Laços de Sangue (SIC) - 2010
Sedução (TVI) - 2010
A Família Mata (SIC) - 2011
Remédio Santo (TVI) - 2011
Maternidade II (RTP1) - 2011
Rosa Fogo (SIC) - 2011
Doce Tentação (TVI) - 2012
Dancin' Days (SIC) - 2012
Sol de Inverno (SIC) - 2013
Bem-Vindos a Beirais (RTP1) - 2013/2016» in http://mag.sapo.pt/tv/atualidade-tv/artigos/de-medico-de-familia-a-bem-vindos-a-beirais-os-papeis-de-jose-boavida-no-pequeno-ecra



("JOSÉ BOAVIDA" - LINDA A VELHA - "FOREVER ROCK N ROLL 2013")


(Desafio a José Fidalgo e José Boavida /Oceana Basílio /5 Para a Meia Noite)
Pin It button on image hover