31/01/15

Amarante Antiga - A primitiva fonte do Campo da Feira, da então Vila que era ainda muito rural.


(Uma fonte que serviu muita gente, muitos animais, que foi vida...)

F.C. do Porto Andebol: F.C. do Porto 37 vs Santo Tirso 22 - Em mais uma vitória, Capitão ​Ricardo Moreira foi o melhor marcador do encontro, com oito golos.



«FESTIVAL DE CONTRA-ATAQUE NA VITÓRIA SOBRE O SANTO TIRSO

Capitão ​Ricardo Moreira foi o melhor marcador do encontro, com oito golos.

O FC Porto bateu este sábado, em ritmo de cruzeiro, o Santo Tirso, por 37-22, em encontro da 19.ª jornada do Andebol 1. Ricardo Moreira apontou oito golos na vitória que permitiu aos azuis e brancos manter uma confortável vantagem na liderança da classificação. O encontro ficou marcado pela facilidade com que os Dragões conseguiram situações de contra-ataque (finalizaram por 21 vezes e marcaram em 16 delas), face a um adversário nitidamente inferior (é penúltimo da classificação) mas que fez todos os esforços para oferecer alguma réplica aos hexacampeões.

A crónica desta vitória anunciada tem de ser iniciada com o parcial de 11-4 conseguido pelos Dragões nos primeiros 15 minutos. O Santo Tirso era uma equipa em que os contra-ataques entravam como faca quente em manteiga: bastava a defesa portista manter-se atenta e agressiva para recuperar a bola e depois lançar os ataques rápidos, gerando muitas situações em que vários portistas surgiam isolados face ao guarda-redes tirsense. Com tantas facilidades e face à enorme enorme diferença técnica, de velocidade e agressividade entre as duas formações, os portistas deram-se mesmo ao luxo de cometer alguns falhanços na finalização. Ao intervalo, a vantagem era assim de apenas seis golos (18-12).

O guarda-redes Ricardo Castro também parou vários remates dos Dragões, especialmente no início do segundo tempo, em que o Santo Tirso até obteve um parcial favorável de 7-5, para chegar aos 23-19, aos 40 minutos. Tratou-se, nesse período, de um encontro ainda mais confuso, com o FC Porto a cometer também várias falhas técnicas que permitiram contra-ataques fáceis aos tirsenses.

Um time-out oportunamente pedido por Ljubomir Obradovic estabilizou a equipa da casa, que depois arrancou para um resultado fogado, com uma margem de 15 golos à maior. O técnico deu minutos a todos os jogadores, inclusive aos jovens Leandro Semedo (lateral-esquerdo), Miguel Alves (ponta-direita) e David Sousa (guarda-redes).

FICHA DE JOGO

FC PORTO-SANTO TIRSO, 37-22
Andebol 1, 19.ª jornada
31 de Janeiro de 2015
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Rui Almeida e António Oliveira

FC PORTO: Alfredo Quintana e David Sousa (g.r.); Babo, Gilberto Duarte (3), Leandro Semedo (2), Yoel Cuni Morales (3), João Ferraz (7), Miguel Martins, Daymaro Salina (3), Nuno Gonçalves (1), Ricardo Moreira (8), Alexis Borges (3), Hugo Santos (2), Nuno Roque (2), Miguel Alves (1) e Mick Schubert (2)
Treinador: Ljubomir Obradovic

SANTO TIRSO: Ricardo Castro e Carlos Amaral (g.r.), Sérgio Silva, João Nogueira (1), Mário Lourenço (4), Tiago Silva, Paulo Martins (2), Francisco Fontes (4), Paulo Sousa, Pedro Garcia (2), Bernardo Gomes, Jorge Avidos (1), Daniel Costa (2), José Rebelo (4) e Mário Rego (2)
Treinador: Luís Santos

Ao intervalo: 18-12.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/FC-Porto-Santo-Tirso-Campeonato-Nacional-2014-2015.aspx


Andebol: FC Porto-Santo Tirso, 37-22 (19.ª jornada, Andebol 1, 31/01/15)

F.C. do Porto Sub 19 Futebol: F.C. do Porto 6 vs Freamunde 0 - ​Dragões fecharam primeira fase do Nacional com vitória por meia dúzia, no Olival.



«“HAT-TRICK” DE LEONARDO NA GOLEADA AO FREAMUNDE

​Dragões fecharam primeira fase do Nacional com vitória por 6-0, no Olival.

O avançado colombiano Leonardo apontou três dos seis golos com que o FC Porto “despachou” o “lanterna vermelha Freamunde, na 22.ª e última jornada da zona Norte da 1.ª fase do Campeonato Nacional de Juniores A. No encontro, disputado no Centro de Treinos e Formação Desportiva Porto Gaia, no Olival, Rui Pedro, Sérgio Ribeiro e Tony Djim apontaram os outros golos, sendo que cinco deles foram apontados na segunda parte. Os Dragões terminam a zona Norte com 51 pontos (15 vitórias, seis empates e uma derrota), mais sete do que o segundo, o Vitória de Guimarães. 

A equipa de António Folha dominou totalmente a primeira parte, mas faltou maior objectividade e passes de ruptura para criar mais situações de golo. Ainda assim, Leonardo abriu o marcador aos 43 minutos, após bom trabalho de Rui Pedro. Na segunda parte, o FC Porto melhorou e o adversário mostrou-se menos agressivo, devido ao desgaste da primeira parte. Leonardo completou o seu hat-trick (com golos aos 66 minutos, de penálti, e 70) e Rui Pedro (47), Sérgio Ribeiro (89) e Tony Djim (90) fecharam a contagem.

Para além do FC Porto, estão apurados para a fase final da prova Vitória de Guimarães, Rio Ave, Gil Vicente, Benfica, Sporting, União de Leiria e Nacional.

Os Sub-19 alinharam com: Filipe Ferreira, Fernando, Jorge Fernandes, Verdasca, Lumor, Chidozie, Bruno Costa (Sérgio Ribeiro, 71m), João Cardoso, Leonardo, Rui Moreira (cap.) (Élvis, 64m) e Rui Pedro (Tony Djim, 64m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Hat-trick-de-Leonardo-na-goleada-ao-Freamunde.aspx


Formação: Sub-19 - C. Nacional (22.ª j., 1.ª fase): FC Porto-Freamunde, 6-0 (31/01/15)

F.C. do Porto Hóquei Patins: F.C. do Porto Fidelidade 5 vs Sporting C.P. 2 - Vitória clara sobre o Sporting, na 17.ª jornada do Campeonato, com golos de Barreiros, Jorge Silva e Hélder Nunes.



«DRAGÕES BATEM LEÕES NO PRIMEIRO CLÁSSICO DO ANO

Vitória clara sobre o Sporting (5-2), na 17.ª jornada do Campeonato, com golos de Barreiros, Jorge Silva e Hélder Nunes.

​Não há duas sem três. O FC Porto Fidelidade fez jus ao ditado e venceu o Sporting por 5-2, equipa que venceu sempre que recebeu em casa, desde o regresso dos lisboetas à primeira divisão. A vitória conquistada em 2012/13 e na época passada foi, assim, repetida na tarde deste sábado, na 17.ª jornada do Campeonato Nacional. Ricardo Barreiros e Jorge Silva bisaram e Hélder Nunes assinou o outro golo do jogo no primeiro clássico do ano no Dragão Caixa.

Não se esperava um triunfo tão gordo como aqueles que os azuis e brancos conseguiram quando no seu pavilhão defrontaram os lisboetas, nas duas últimas temporadas (12-0 há dois anos, 11-2 no ano passado), tendo em conta a quarta posição que os leões ocupavam à entrada para esta jornada. A verdade é que os Dragões entraram no jogo a todo o gás e deixaram pairar no ar a possibilidade de um novo resultado gordo. Logo ao primeiro minuto, Ricardo Barreiros inaugurou o marcador, que só foi dilatado 15 minutos depois, porque até então Ângelo Girão não o permitiu. O segundo golo surgiu depois de o avançado portista ficar isolado na cara do guarda-redes leonino, fixando a vantagem com que os portistas recolheram para o intervalo.

Na segunda parte, o Sporting respondeu e ainda viu duas bolas baterem nos postes da baliza de Edo Bosch, antes de reduzir o marcador para 2-1. A equipa de Alvalade não teve, porém, muito tempo para festejar o golo, porque logo a seguir Hélder Nunes fez o terceiro. O quarto e o quinto chegaram pouco depois, por intermédio de Jorge Silva, que precisou de apenas quatro minutos para bisar na partida e chegar ao 15.º golo no campeonato. No último minuto, Ricardo Figueira diminuiu a desvantagem sportinguista para três golos, fixando o resultado final em 5-2.

"Foi uma vitória incontestável da melhor equipa, da equipa que abordou o jogo da melhor forma e conseguiu controlar bem o adversário, que, em vantagem, é uma equipa muito competente e difícil de contrariar. Conseguimos marcar primeiro e, a partir daí, gerimos bem todos os momentos de jogo e fomos uma equipa superior", afirmou o treinador Tó Neves, no final do jogo, em declarações ao www.fcporto.pt e ao Porto Canal.

FICHA DE JOGO

FC PORTO FIDELIDADE-SPORTING, 5-2
Campeonato Nacional, 17.ª jornada
31 de Janeiro de 2015
Dragão Caixa, no Porto

Árbitros: Joaquim Pinto e José Pinto

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Jorge Silva, Reinaldo Ventura e Ricardo Barreiros 
Jogaram ainda: Rafa, Vítor Hugo e Hélder Nunes
Treinador: Tó Neves

SPORTING: Ângelo Girão (g.r.), Ricardo Figueira, André Moreira, Tiago Santos e João Pinto 
Jogaram ainda: Daniel Oliveira e André Pimenta
Treinador: Nuno Lopes

Ao intervalo: 2-0
Marcadores: Ricardo Barreiros (1m, 15m), Jorge Silva (41m, 45m), Ricardo Figueira (37m, 49m), Hélder Nunes (39).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Hoquei_FCP_SCP.aspx

Amarante Fotografia - Exposição "Sensibilidades" na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues - Alfândega da Fé. 03 a 28 de Fevereiro.



Associação para a Criação do Museu Eduardo Teixeira Pinto


(Inauguração exposição de fotografias de Eduardo Teixeira Pinto em Ourense)

30/01/15

Amarante Mancelos - Imagens bem antigas do Adro da Igreja Românica de Mancelos e das suas gentes, uma recordação que gosto de partilhar, mormente, com quem ama esta Terra.

(Uma terra faz-se das suas gentes, das suas pedras, das suas raízes, da sua nobreza... viva Mancelos)

Humor - O Correio da Manhã, um panfleto de mexericos, de favores e outras patetices, tem uma visão peculiar do Mundo, sempre distante da realidade.



«REALIDADE AUMENTADA



O Correio da Manhã, um panfleto de mexericos, de favores e outras patetices, tem uma visão peculiar do Mundo, sempre distante da realidade. 

No fundo, o Correio da Manhã cria a sua própria verdade, normalmente cumprindo os seus desejos mais ou menos secretos. Seguindo essa tradição diária, na edição de hoje escreve que o Benfica tem “nove pontos de vantagem sobre o FC Porto”, para logo a seguir, reafirmar: “O tropeção do FC Porto na Madeira deixou o Benfica com nove pontos de avanço na liderança do campeonato nacional”.

Claro que tudo isto não passou de um lamentável lapso, de um azar, de um erro que acontece. A verdade, porém, é que este tipo de coisas são recorrentes e acontecem sempre contra o FC Porto, que esteja em primeiro, em segundo ou em último povoa estas mentes pequeninas de pesadelos inimagináveis. Freud explica isto.

Como diria Mark Twain, a notícia dos nove pontos de avanço é um manifesto exagero, mas isso não é, nunca foi nem nunca será problema para o Correio da Manhã, uma espécie de antónimo da verdade.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Realidade-aumentada.aspx

História e Paleontologia - Um crânio parcial, com 55 mil anos, foi descoberto numa gruta em Israel, para os investigadores trata-se da primeira evidência concreta da presença de humanos modernos no Médio Oriente numa época em que os Neandertais também estavam presentes na região.



«Crânio com 55 mil anos encontrado em Israel

Um crânio parcial, com 55 mil anos, foi descoberto numa gruta em Israel. 

Para os investigadores trata-se da primeira evidência concreta da presença de humanos modernos no Médio Oriente numa época em que os Neandertais também estavam presentes na região. 

As conclusões foram publicadas na revista Nature desta semana.» in http://sicnoticias.sapo.pt/mundo/2015-01-30-Cranio-com-55-mil-anos-encontrado-em-Israel


(Convívio entre espécies?)


(Crânio com 55 mil anos)

29/01/15

Música Portuguesa - O músico José da Ponte, de 60 anos, que fez parte da direcção da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), morreu esta quinta-feira, disse à Lusa fonte da cooperativa de autores.



«Morreu José da Ponte, fundador dos Salada de Frutas
LUSA 29/01/2015 - 17:28

Baixista da banda de Robot, foi também co-compositor de Não sejas mau p'ra mim, vencedora Festival de Canção em 1986, e fez parte da direcção da Sociedade Portugesa de Autores.

O músico José da Ponte, de 60 anos, que fez parte da direcção da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA), morreu esta quinta-feira, disse à Lusa fonte da cooperativa de autores. José da Ponte foi compositor, baixista e produtor musical, tendo iniciado a actividade artística em 1976, com a participação no álbum Homo Sapiens, um projecto do compositor José Luís Tinoco.

Com a cantora Lena d'Água e o teclista Luís Pedro Fonseca, falecido o ano passado, Zé da Ponte fundou, em 1980, os Salada de Fruta, grupo que protagonizou sucessos como Robot. Ao trio inicial juntaram-se, como convidados, Guilherme Inês (bateria), Moz Carrapa (guitarra) e Rui Cardoso (saxofone). José Ponte trabalhou na área de publicidade e fundou, em 1983, os estúdios de gravações áudio Namouche.

O funeral do músico, que faleceu no Hospital S. Francisco Xavier, em Lisboa, realiza-se na sexta-feira, da SPA, na capital, para o cemitério de Silves, no Algarve. Fonte da SPA disse ainda à Lusa que o velório do músico, por sua vontade expressa, se realiza na sala Carlos Paredes, no edifício da cooperativa, na rua Gonçalves Crespo, em Lisboa, esta quinta-feira, a partir das 16h. Na sexta-feira, "após um pequeno acto", pelas 12h, sai o funeral para o cemitério de Silves, onde o músico será sepultado, acrescentou.

O presidente da SPA, José Jorge Letria, realçou à Lusa o empenho de José da Ponte na reestruturação da cooperativa, a partir de 2007. "Foi uma peça fundamental e, desde que entrou na administração da SPA, em 2010, até Maio do ano passado, teve a seu cargo pelouros como os da informática e a execução de direitos e delegações", disse Letria.

José João dos Santos Águas Pontes, nascido a 7 de fevereiro de 1954, em Silves, entrou para a SPA em 2007, tendo na altura liderado o Comité de Apoio aos Músicos e Autores e, posteriormente, presidido o conselho fiscal. "Era um criativo, tinha uma grande energia e uma visão empresarial moderna da música e, mesmo doente, manteve-se sempre atento aos assuntos da SPA", disse Letria.

O presidente da SPA referiu-se a José da Ponte como "um músico inovador, inspirado e criativo, um grande melodista", e realçou o seu contributo na área da publicidade, para a qual compunha os denominados "jingles". "Esteve ligado, por exemplo, à campanha do Euro 2004", referiu. José da Ponte foi distinguido em Maio do ano passado com a Medalha de Honra da SPA. 

Em finais da década de 1970, José da Ponte fundou, com o músico Luís Pedro Fonseca, uma empresa especializada em publicidade e produção de discos e, em 1983, com Guilherme Inês, a empresa Namouche, com que passaram a gerir estúdios de gravação da Rádio Triunfo, criados pelo engenheiro de som José Fortes, e que mais tarde acabaram por adquirir.

Nos estúdios Namouche, o músico produziu trabalhos das cantoras Dora e Dulce Pontes e, com Guilherme Inês, da cantora Formiga, com quem constituiu o grupo Zoom. Entre outras canções, Zé da Ponte, como era conhecido, fez parte da equipa autoral de Não sejas mau p'ra mim, com que Dora venceu o Festival RTP, em 1986, e de Lusitana paixão, com a qual Dulce Pontes conquistou o primeiro lugar do mesmo festival, em 1991.

Como baixista colaborou com Pedro Barroso no álbum Antologias, com Jorge Palma, em Bairro do Amor, e com António Variações, em Anjo da Guarda, entre outros. O músico colaborou ainda com a extinta discográfica Strauss, na qual era responsável pela etiqueta Evolution. Em 2003 assinou com Alexandre Honrado o musical In love e, em 2005, fez parte da equipa autoral, com Ernesto Leite e Alexandre Honrado, da canção Amar, com a qual o duo 2B (Rui Drummond e Luciana Abreu) representou Portugal no Festival da Eurovisão. No ano seguinte, 2006, fez parte da equipa criativa da campanha Pirilampo Mágico, que apoia as Cooperativas de Educação e Reabilitação de Cidadãos com Incapacidades (CERCIS). Em 2008 fez parte do júri da terceira edição do programa televisivo de procura de talentos musicais "Operação Triunfo", em que venceu Vânia Fernandes.

"José da Ponte foi um quadro activo e fundamental na vida da SPA e, como tal, será recordado nos momentos e circunstâncias próprios, com saudade e admiração. A SPA e a vida cultural portuguesa ficam mais pobres e mais tristes com esta inesperada despedida", afirma em comunicado a cooperativa.» in http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/morreu-jose-da-ponte-fundador-dos-salada-de-frutas-1684404


Salada de Frutas - "Olha o Robot" - (Robô)



"Olha o Robot
(Luís Pedro Fonseca/José da Ponte)

Olha o robot
É prò menino e prà menina
Olha o robot
Trabalha muito e gasta pouco
Olha o robot
É muito útil pra quem manda
Olha o robot
Está pronto a ser programado"

Amarante Criminalidade - Um homem de 69 anos matou a mulher, de 67, na madrugada desta quinta-feira em Pidre, freguesia de Mancelos, Amarante, suicidando-se em seguida.



«Homem mata mulher, avisa GNR e suicida-se em seguida

Crime aconteceu esta madrugada na freguesia de Mancelos, Amarante. Mulher foi esfaqueada pelo marido, que ligou para o posto da GNR admitindo o crime e dizendo que iria suicidar-se em seguida.

Um homem de 69 anos matou a mulher, de 67, na madrugada desta quinta-feira em Pidre, freguesia de Mancelos, Amarante, suicidando-se em seguida.

Segundo confirmou ao DN uma fonte da GNR de Amarante, o indivíduo contactou as autoridades pelas 3.45 através de chamada telefónica: avisou que já tinha matado a mulher e iria suicidar-se. O agente terá tentado manter o homem ao telefone mas o indivíduo acabou por terminar o contacto. A patrulha de ocorrências deslocou-se para o local mas não conseguiu entrar na casa, tendo necessitado da colaboração dos bombeiros, entretanto acionados, tal como o INEM.

Quando finalmente conseguiram entrar na habitação, as autoridades encontraram a mulher no quarto, morta com golpes na cabeça e no pescoço. O marido estava num anexo da residência, enforcado.

Ao DN, fonte da GNR confirmou que o casal tinha historial de violência doméstica e há denúncias registadas anteriores a 2007. Não há queixas recentes. Suspeita-se de que o crime possa ter sido motivado por problemas de saúde de que sofreriam marido e mulher.

O caso foi agora entregue à Polícia Judiciária do Porto.» in http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4369911


(Atualidade AMARANTE Mata mulher e suicida-se depois de avisar autoridades)

Taça da Liga - F.C. do Porto 4 vs Académica 1 - Colombiano tornou-se o melhor marcador da história do Estádio do Dragão ao apontar dois dos quatro golos do FC Porto.



«JACKSON: “ESPERO CONTINUAR A AUMENTAR A MARCA”

Colombiano tornou-se o melhor marcador da história do Estádio do Dragão ao apontar dois dos quatro golos do FC Porto.

Os dois golos - um deles magistral - que Jackson Martínez assinou, esta noite, na vitória sobre a Académica (4-1), ficam eternizados na história. É que 45 dos 83 golos que já apontou com a camisola azul e branca entraram nas balizas do Dragão e fazem dele o melhor marcador de sempre no Estádio do FC Porto. Cha cha cha continua a somar recordes, com aquilo que tão bem sabe fazer.

“Agradeço a Deus, aos meus companheiros, aos treinadores e a todos os responsáveis do clube, por me ajudarem. Sou um profissional e o meu trabalho é marcar golos. Estou muito satisfeito por ter alcançado esta marca, mas espero continuar a aumentá-la”, disse o avançado colombiano, em declarações no final do encontro diante da Académica, a contar para a quarta jornada da terceira fase do grupo D da Taça da Liga.

Questionado sobre o jogo, o capitão dos Dragões considerou que a equipa foi “merecedora da vitória”, frente a um adversário que pouco ou nada incomodou. “Sabíamos que ia ser assim, que a Académica se ia apresentar num bloco baixo, que tínhamos que ter paciência e circular a bola de forma a criar espaços para chegar à baliza. Conseguimos, por isso fizemos um bom trabalho e fomos competentes”.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Jogador-2-pos_FCP_Academica.aspx


Liga (18ª J): Resumo Marítimo 1-0 FC Porto

28/01/15

Amarante ADAP - O vereador André Costa Magalhães esteve a 24 de janeiro, em Miranda do Douro, para uma reunião de trabalho, que juntou presidentes e vereadores de quatro municípios asturianos (Siero, Gijón, Cangas de Onis e Vegadeo) e cinco de Portugal (Amarante, Miranda do Douro, Mogadouro, Nazaré e Mira), Progestur e a Fundação Luso-Espanhola, com o intuito de analisar e discutir a criação da Associação de Desenvolvimento Astúrias Portugal (ADAP).



«Amarante apoia criação da Associação de Desenvolvimento Astúrias Portugal
28/01/2015, 15:38

O vereador André Costa Magalhães esteve a 24 de janeiro, em Miranda do Douro, para uma reunião de trabalho, que juntou presidentes e vereadores de quatro municípios asturianos (Siero, Gijón, Cangas de Onis e Vegadeo) e cinco de Portugal (Amarante, Miranda do Douro, Mogadouro, Nazaré e Mira), Progestur e a Fundação Luso-Espanhola, com o intuito de analisar e discutir a criação da Associação de Desenvolvimento Astúrias Portugal (ADAP).

A criação da ADAP tem como objetivos cimentar as relações institucionais, culturais e socioeconómicas entre as Astúrias e Portugal, reforçando os muitos projetos e colaborações já existentes entre estas entidades.

O vereador da Câmara Municipal referiu que “para o desenvolvimento do concelho de Amarante, é fundamental aproveitarmos estas parcerias, não só para tirar o melhor partido dos recursos e dos agentes da região, mas também, para alargarmos o âmbito territorial das relações estratégicas que estabelecemos, com vista a divulgarmos o que de melhor o concelho tem para oferecer. É importante, ainda, para criarmos sinergias com Municípios igualmente comprometidos com o crescimento económico e a melhoria da qualidade de vida da sua população.”» in http://www.imprensaregional.com.pt/averdade/index.php?info=YTozOntzOjU6Im9wY2FvIjtzOjExOiJub3RpY2lhX2xlciI7czo5OiJpZF9zZWNjYW8iO3M6MjoiMTkiO3M6MTA6ImlkX25vdGljaWEiO3M6NDoiOTgyNSI7fQ==

Mundo - A cidade da arte, Florença, que é também o expoente máximo da Itália Renascentista, num roteiro elaborado e testado por uma jornalista especialista em viagens e turismo.



«2 DIAS PARA (RE)DESCOBRIR FLORENÇA

A cidade da arte, que é também o expoente máximo da Itália Renascentista, num roteiro elaborado e testado por uma jornalista especialista em viagens e turismo.

Passear por Florença é entrar num livro de história e viver a época dourada do Renascimento Italiano. Os palácios continuam intactos, as grandes praças têm o mesmo charme do passado, a imponência das igrejas mantém-se e as pontes continuam a ligar de forma elegante as duas margens do rio Arno. A jornalista Rita Caetano esteve lá e elaborou um roteiro de dois dias com o melhor da cidade. Este é o percurso que deve fazer para ficar a conhecer a capital da região da Tuscânia.

Dia 1

Não é fácil encontrar uma cidade que tenha uma concentração de história e arte num perímetro tão pequeno como acontece em Florença. E ambas são visíveis não só nas obras de arte espalhadas por toda a cidade mas também na arquitetura. Visitá-la é como abrir um livro de história e a primeira página pode ser pincelada a branco, verde e vermelho do mármore da catedral gótica de Santa Maria del Fiore, do Campanile e do Battisterio di San Giovanni, na Piazza del Duomo. Um conselho, entre nos dois primeiros. Na catedral, observe os frescos e suba à cúpula.

No Campanile não se deixe assustar pelos 414 degraus que separam o piso térreo do topo. Lá em cima, a vista é espantosa e terá outra perspetiva da bonita cúpula de Brunelleschi. Se for como nós, apaixonar-se-à nesse segundo pela capital da Toscana e ficará cheia de vontade de percorrer as ruas e ruelas da cidade que ligam as várias praças. Nas proximidades do Duomo, o comércio chama a atenção, sobretudo as lojas das grandes marcas italianas. Se gosta de moda, está no sítio certo mas se gosta de comer também.

Recomendamos que comece pela bisteca alla florentina, uma costeleta de vaca assada na brasa, na tradicional e afamada Trattoria Mario, perto do Mercado de San Lorenzo. Depois do almoço, siga para a Piazza della S.S. Annunziata, onde se ergue o elegante Ospedale degli Innocenti, construído para albergar os órfãos da cidade que, hoje, é mais um dos polos culturais da cidade. A paragem seguinte é a Galleria dell'Accademia, residência da magnífica estátua de Michelangelo, David, para a qual todos os corredores da galeria estão direcionados. Impressiona pela sua perfeição e as suas mãos são assustadoramente reais.

Quando sair, adoce a boca na Carabé com um gelado ou um granizado siciliano. No final do dia, há uma tradição italiana que deve ser mantida, o aperitivo. O conceito é simples, paga apenas a bebida e pode petiscar nos buffets que os bares preparam. Le Murate Caffé Letterario é um dos nossos sítios de eleição pois tem sempre uma programação cultural. Se gosta de locais mais calmos, vá à enoteca Le Volpe e L'Uva, não há aperitivo mas há os melhores vinhos da Toscana para provar. Acabe a noite ao pé da Galleria degli Uffizi, onde artistas de ruas dão concertos

Dia 2

Comece o segundo dia na Loggia del Porcelino, também conhecida como mercado novo, onde pode comprar artesanato, carteiras e sapatos de pele. Se for dada a superstições tem de passar uma moeda pelo focinho da estátua do javali e esperar que aquela caía nas grades para ter sorte. Siga para Piazza della Signoria, onde se situa o Palazzo Vecchio, a famosa estátua de Neptuno, uma réplica de David e a Loggia della Signoria, com inúmeras estátuas renascentistas. Entre na Galleria degli Uffizi, um dos maiores museus do mundo e, para evitar filas, compre antecipadamente o bilhete em Uffizi.org.

É o paraíso para quem gosta de pintura. «O Nascimento de Vénus», de Boticelli, é a sua obra mais famosa. Vale a pena sentar-se à sua frente e reparar na riqueza de pormenores. E depois desta imersão nos trabalhos de pintores como Giotto, Caravaggio, Piero della Francesca, Michelangelo, dirija-se à famosa Ponte Vecchio, com as suas ourivesarias seculares. Passe para a outra margem do Arno para descobrir o Bairro de Santo Spirito onde artesões da cidade continuam a trabalhar de porta aberta.

O paraíso das pizzas que não pode perder

Se gosta de pizza, pare no Gusta Pizza antes de entrar no Palazzo Pitti. Este é composto por vários museus, atrás dos quais nasceu o jardim de Boboli, desenhado geometricamente, repleto de recantos com grutas, estátuas e fontes e um dos mais belos da cidade. A próxima etapa é chegar à Piazzale Michelangelo, mas a caminho ainda pode visitar o jardim Bardini e apreciar a vista para a Piazza di Santa Croce e preparar-se para a vista que terá lá em cima, que é só a melhor da cidade (só Fiesole, uma pequena vila nos arredores de Florença, tem uma vista para a cidade tão impactante) e o melhor local para ver o sol a pôr-se.

Lembra-se de lhe termos falado de paixão? O mais provável é que, chegada à piazzale, o sentimento já tenha evoluído para amor. À noite, dirija-se à Piazza di Sto. Spirito para sentir o espírito boémio deste bairro, que se sente todo o dia, até mesmo de manhã quando esta praça se transforma num mercado de fruta e vegetais. No Cabiria Lounge Bar, pode voltar a experimentar o apperitivo alla'italiana e, se se sentar na esplanada, repare numa das mais bonitas criações renascentistas, a Igreja de Santo Spirito. Neste momento, pode até fechar o livro mas ficará ainda com muitas páginas de Florença para ler.

Como ir

Não há voos diretos para Florença, mas há ligações de Lisboa pela TAP, Vueling, Air France e Lufthansa, com preços a partir de 190 €. Há um autocarro que faz a ligação do aeroporto para a cidade (Stazione di Santa Maria Novella) e demora 25 minutos.

Onde ficar:

- Room Mate Isabella

Design hotel no centro da cidade, a cinco minutos das principais atrações e situado num edifício do século XIX, numa rua repleta de lojas. Preços a partir de 89 €.

- 16 Gallery Hotel Art

Com vista para a Ponte Vecchio, é um elegante hotel que mistura o estilo arquitectónico florentino e asiático. O seu lounge é palco de várias exposições. Preços a partir de 162 €.» in http://lifestyle.sapo.pt/casa-e-lazer/viagens-e-turismo/artigos/2-dias-para-redescobrir-florenca?pagina=2


(Florença - História e Arte em cada canto.)


(Um passeio por Florence - Itália)


(Florence: Heart of the Renaissance)

F.C. do Porto Atletas Internacionais - Argelinos qualificaram-se em segundo lugar num grupo vencido pelo Gana.



«ARGÉLIA NOS “QUARTOS” COM BRAHIMI A TITULAR

Argelinos qualificaram-se em segundo lugar num grupo vencido pelo Gana.

​Brahimi foi titular e saiu aos 70 minutos (substituído por Lacen) na vitória da Argélia sobre o Senegal, esta terça-feira, por 2-0, em partida da terceira e última jornada do grupo C da Taça das Nações Africanas (CAN). Com este resultado, a Argélia qualificou-se para os quartos-de-final da competição, no segundo lugar do grupo, acompanhada pelo Gana, aguardando agora pelo primeiro classificado do grupo D, em que despontam os Camarões, de Vincent Aboubakar, para conhecer o adversário na fase seguinte.

Os golos dos argelinos foram marcados por Mahrez (11m) e Bentaleb (82m), com Brahimi a realizar uma exibição com pormenores de bastante qualidade num encontro em que a Argélia pareceu sempre superior ao adversário. Recorde-se que os argelinos haviam vencido o primeiro jogo, com a África do Sul, e perdido com o Gana, sendo esse o factor decisivo nas contas do grupo, visto que o critério de desempate era o confronto directo.

O próximo encontro da Argélia está agendado para dia 1, às 19h00 de Portugal Continental. Os Camarões, de Aboubakar, vão tentar garantir o apuramento para os quartos-de-final esta quarta-feira, no Estádio de Malabo, na Guiné Equatorial, frente à Costa do Marfim, em encontro agendado para as 18h00 de Portugal Continental.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/brahimi-senegal-argelia.aspx


(Yacine Brahimi de Argelia, el mejor regateador)


(Algérie : Le duo Brahimi- Feghouli Happy sur le terrain de football)


(Algérie vs Ethiopie 3-1 : But de feghouli, mahrez et brahimi Qualifications CAN 2015)

F.C. do Porto Andebol: F.C. do Porto 27 vs Madeira SAD 19 - ​Vitória dos Dragões sobre os madeirenses na 18.ª jornada do Andebol 1.



«DRAGÕES CUMPRIDORES NA RECEPÇÃO AO MADEIRA SAD

​Vitória sobre os madeirenses (27-19) na 18.ª jornada do Andebol 1.

​O FC Porto venceu esta terça-feira o Madeira SAD (27-19), no Dragão Caixa, em jogo referente à 18.ª jornada do Andebol 1, somando assim o segundo triunfo consecutivo no campeonato. Com esta vitória, a 17.ª em 18 jogos, os azuis e brancos mantêm a liderança isolada da competição, agora provisoriamente com seis pontos de vantagem sobre o ABC, segundo classificado.

Perante um conjunto madeirense limitado nas opções à disposição de Paulo Fidalgo, o FC Porto entrou seguro e dominador, sobretudo no capítulo defensivo. Aproveitando más decisões do adversário e com Alfredo Quintana em grande entre os postes, os azuis e brancos arrancaram com um parcial de 5-0 e só depois de nove minutos decorridos é que surgiu o primeiro golo do Madeira SAD. Os Dragões foram perdendo algum fulgor com o passar do tempo e os insulares reequilibraram as contas, aproximando-se no marcador e reduzindo a diferença para 13-11, resultado que se registou no final dos primeiros 30 minutos.

O início do segundo tempo foi em tudo idêntico ao primeiro e trouxe um FC Porto eficaz nos dois lados do campo. Com uma defesa agressiva e maior acerto no momento de visar a baliza contrária, os hexacampeões nacionais estabeleceram um parcial demolidor de 9-1 nos primeiros 16 minutos e partiram para um triunfo tão esperado quanto tranquilo. Além da já destacada exibição de Alfredo Quintana na baliza portista, os Dragões contaram com a inspiração ofensiva de Gilberto Duarte e Ricardo Moreira, ambos autores de sete golos. O FC Porto volta a jogar no Dragão Caixa na 19.ª jornada do Andebol 1, agora frente ao GC Santo Tirso, em partida marcada para este sábado, às 18h00.

FICHA DE JOGO

FC PORTO-MADEIRA SAD, 27-19
Andebol 1, 18.ª jornada
27 de Janeiro de 2015
Dragão Caixa

Árbitros: Mário Coutinho e Ramiro Silva

FC PORTO: Alfredo Quintana (g.r.); Mick Schubert (1), Miguel Martins (3), João Ferraz (1), Daymaro Salina (4), Gilberto Duarte (7) e Ricardo Moreira (7)
Jogaram ainda: David Sousa (g.r.), Nuno Roque (1), Alexis Hernandez (1), Hugo Santos (1), Nuno Gonçalves e Babo (1)
Treinador: Ljubomir Obradovic

MADEIRA SAD: Luís Carvalho (g.r.); Leandro Nunes (1), João Mendes (4), Sérgio Rola (2), Daniel Santos, Hugo Lima (2) e José Azevedo (2)
Jogaram ainda: Francisco Freitas (g.r.), Nuno Silva (7), Daan Garcia (1), Rodrigo Sousa e João Martins
Treinador: Paulo Fidalgo

Ao intervalo: 13-11.» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Andebol-1-FC-Porto-Madeira-SAD.aspx


Andebol: FC Porto-Madeira SAD, 27-19 (18.ª jornada, Andebol 1, 27/01/2015)

27/01/15

Óbitos - O futebolista Hugo Vieira despediu-se ontem da namorada, Edina Carvalho, de 31 anos, que morreu vítima de cancro.



«Hugo Vieira: "A minha vida terminou" Jogador chora morte da namorada.

Hugo Vieira: "A minha vida terminou" Jogador chora morte da namorada. 

O futebolista Hugo Vieira despediu-se ontem da namorada, Edina Carvalho, de 31 anos, que morreu vítima de cancro. 

O funeral decorreu em Barcelos, terra natal da professora de Educação Física. 

O ex-benfiquista, que joga atualmente no Torpedo Moscovo, na Rússia, recebeu inúmeras manifestações de apoio nas redes sociais, onde também deixou uma mensagem emocionada à companheira. "A vida roubou-me o maior ‘troféu’. 

Obrigado pelas milhares de mensagem de apoio. Parte da minha vida terminou hoje, senão a vida inteira… A pessoa que mais me mudou e melhor me compreendeu! 

És a única razão da minha existência amor da minha vida! Descansa em paz e até já", escreveu no Instagram, onde publicou também uma imagem ao lado de Edina, a segurar um troféu. 

Edina perdeu a luta contra o cancro no passado sábado. 

A doença foi-lhe diagnosticada há cerca de dois anos e Hugo Vieira mostrou-se sempre incansável no apoio à jovem. 

Ao longo desse período, o futebolista, de 26 anos, partilhou várias imagens com a namorada nas redes sociais, com declarações de amor. 

Recorde-se que, em 2013, o jogador rescindiu com o clube espanhol Sporting Gíjon, no qual estava por empréstimo do Benfica, para poder regressar a Portugal e acompanhar o início dos tratamentos da companheira.» in http://www.cmjornal.xl.pt/cm_ao_minuto/detalhe/hugo_vieira_a_minha_vida_terminou.html

Amarante Infraestruturas - Teve lugar, no passado sábado, 24 de janeiro, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Vila Meã, a apresentação pública da obra do Sistema Viário Central de Vila Meã, uma iniciativa que contou com uma significativa adesão por parte da população.



«Amarante: Projeto do Sistema Viário Central de Vila Meã apresentado à população

Teve lugar, no passado sábado, 24 de janeiro, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Vila Meã, a apresentação pública da obra do Sistema Viário Central de Vila Meã, uma iniciativa que contou com uma significativa adesão por parte da população.

Esta obra surge por iniciativa deste executivo, cuja proposta foi aprovada a 29 de dezembro de 2014 em reunião do executivo municipal, e pretende criar continuidade viária desde o cruzamento da Ponte da Pedra ate à rotunda do Seixo, fomentando o estabelecimento de uma ligação rodoviária estruturante no eixo Amarante – Vila Meã – Porto/Vila Real (A4)/Guimarães (A11).

Nesse sentido a obra compreenderá, entre outros, a execução de terraplenagens, pavimentação, redes de abastecimento de água e saneamento, iluminação pública e telecomunicações, assim como sinalização horizontal, vertical e de orientação.

A apresentação pública da obra teve como principal objetivo abordar as principais ideias, traçados e perfis, bem como analisar o impacto desta intervenção, e quais as expectativas em termos de desenvolvimento, integradas no plano de urbanização de Vila Meã.

Para Jorge Magalhães Mendes, vereador com o pelouro do Urbanismo, Estudos, Projetos e Obras Públicas, “este é um projeto estruturante para Vila Meã e naturalmente para o município de Amarante. Acreditamos que com esta obra se irão resolver muitos dos problemas existentes, no que respeita à mobilidade e segurança rodoviária”.» in http://www.imprensaregional.com.pt/averdade/index.php?info=YTozOntzOjU6Im9wY2FvIjtzOjExOiJub3RpY2lhX2xlciI7czo5OiJpZF9zZWNjYW8iO3M6MToiMyI7czoxMDoiaWRfbm90aWNpYSI7czo0OiI5ODEwIjt9

Amarante Criminalidade - O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Amarante, no âmbito de três processos de furto em interior de residência, ocorridos em dezembro de 2014 e janeiro de 2015 na Zona de Ação dos postos territoriais de Alpendurada e de Amarante, realizou três buscas domiciliárias.



«GNR recupera material furtado em Alpendorada e em Amarante
27/01/2015, 17:09

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento Territorial de Amarante, no âmbito de três processos de furto em interior de residência, ocorridos em dezembro de 2014 e janeiro de 2015 na Zona de Ação dos postos territoriais de Alpendurada e de Amarante, realizou três buscas domiciliárias.

Em comunicado, a GNR avançou que foram recuperados dois computadores portáteis, dois telemóveis, cinco relógios, vários álbuns de moedas e pins de coleção, uma centena de medalhas comemorativas, três troféus, uma varinha mágica, um tapete de pele tratada, um aspirador, um ferro de engomar, uma máquina de café, um LCD, quatro mil euros em numerário e um motociclo todo terreno de 250 cc.

Foram constituídos arguidos três indivíduos do sexo masculino, de 18 a 34 anos de idade, suspeitos da autoria dos furtos.» in http://www.imprensaregional.com.pt/averdade/index.php?info=YTozOntzOjU6Im9wY2FvIjtzOjExOiJub3RpY2lhX2xlciI7czo5OiJpZF9zZWNjYW8iO3M6MToiNCI7czoxMDoiaWRfbm90aWNpYSI7czo0OiI5ODExIjt9

F.C. do Porto Basquetebol: ​A equipa Sub-18 do Dragon Force sagrou-se este domingo bicampeã distrital de basquetebol ao vencer os três jogos da fase final do campeonato, disputada em Matosinhos.



«DRAGON FORCE SUB-18 SAGROU-SE BICAMPEÃO DISTRITAL

​Três vitórias em outros tantos jogos na fase final da competição.

​A equipa Sub-18 do Dragon Force sagrou-se este domingo bicampeã distrital de basquetebol ao vencer os três jogos da fase final do campeonato, disputada em Matosinhos.

Os azuis e brancos derrotaram Clube 5Basket (81-46), Guifões (80-51) e CD Póvoa (112-53) no caminho para a revalidação do título conquistado em 2013/14. Diogo Brito, extremo/poste do colectivo portista, foi o MVP da fase final e integrou o cinco ideal, tal como o seu companheiro de equipa, Nuno Sá.

Foto: Associação de Basquetebol do Porto» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Dragon-Force-Sub-18-bicampeao-distrital.aspx

Amarante Hotelaria - O TripAdvisor, um dos maiores sites de viagens do mundo, elegeu os 25 melhores hotéis em Portugal entre os quais se encontra a Casa da Calçada Relais & Chateaux.



«Amarante: TripAdvisor coloca "Casa da Calçada" entre os 25 melhores hotéis portugueses
26/01/2015, 17:32

O TripAdvisor, um dos maiores sites de viagens do mundo, elegeu os 25 melhores hotéis em Portugal entre os quais se encontra a Casa da Calçada Relais & Chateaux.

O hotel de charme amarantino, membro da rede Relais & Chateaux, é um dos hotéis nacionais a integrar o Top 25 dos TripAdvisor Travellers’ Choice Awards 2015. A distinção é atribuída com base nas opiniões e pontuações dos viajantes do TripAdvisor de todo o mundo.

A excelência do serviço e a qualidade superior do hotel que no conjunto tendem a proporcionar uma experiência excecional a quem visita a Casa da Calçada justificam as mais altas pontuações do hotel no site.

Para Oriol Juve, diretor da Casa da Calçada, “esta nova distinção reconhece o trabalho diário de uma equipa dedicada e atenta aos pormenores que fazem, sem dúvida, a diferença no serviço que prestamos aos nossos hóspedes, privilegiando a excelência, bem-estar e satisfação. É com um extraordinário orgulho que nos vemos no Top 25 dos TripAdvisor Travellers’ Choice Awards 2015, uma posição só possível de ocupar graças ao feedback extremamente positivo de todos os que nos visitam”.

Casa da Calçada Relais & Châteaux

A Casa da Calçada Relais & Châteaux foi construída durante o séc. XVI, para ser um dos principais palácios do Conde de Redondo. Recuperada em 2011 a propriedade já é um dos hotéis mais emblemáticos e simbólicos da hospitalidade portuguesa, tendo-se tornado, em Novembro de 2013, membro da conceituada cadeia dos Relais & Châteaux. A recuperação da Casa da Calçada – Relais & Châteaux, feita por uma equipa de arquitetos, preservou o estilo barroco original, mantendo os elementos neoclássicos. A decoração de estilo romântico transmite, através da mobília, tecidos e detalhes decorativos, um ambiente de casa de família, onde os hóspedes voltam ao passado, tirando proveito da tranquilidade acolhedora dos vários recantos. A Casa da Calçada – Relais & Châteaux foi declarada, pelo Governo Português um edifício de relevante interesse Arquitetónico, Histórico e Cultural.» in http://www.imprensaregional.com.pt/averdade/index.php?info=YTozOntzOjU6Im9wY2FvIjtzOjExOiJub3RpY2lhX2xlciI7czo5OiJpZF9zZWNjYW8iO3M6MToiMyI7czoxMDoiaWRfbm90aWNpYSI7czo0OiI5ODA2Ijt9


(Casa da Calçada Surroundings)


(Casamentos / Weddings at Casa da Calçada Relais & Chateaux)


(Video Casa da Calçada Relais & Chateaux 2013)

Amarante Atletismo - Mais de 1000 pessoas participaram na manhã desta segunda-feira na primeira meia-maratona António Pinto em Amarante.




«Primeira meia-maratona António Pinto juntou mais mil pessoas em Amarante 

Mais de 1000 pessoas participaram na manhã desta segunda-feira na primeira meia-maratona António Pinto em Amarante. A prova homenageou pela primeira vez uma das grandes figuras do atletismo.» in http://portocanal.sapo.pt/noticia/50127/
(Meia Maratona António Pinto)

26/01/15

Amarante Óbitos - Uma mulher, de 56 anos, morreu depois de se engasgar durante o almoço, no sábado, em Fregim, Amarante.



«Amarante: Morre engasgada com carne

Uma mulher, de 56 anos, morreu depois de se engasgar durante o almoço, no sábado, em Fregim, Amarante.

Pouco depois das 12h00, Maria Amélia Machado estava, em casa,  a almoçar com familiares, quando se engasgou com um naco de carne de vaca e acabou por entrar em paragem cardiorrespiratória. "A filha ainda tentou manobras de reanimação até chegarem os meios de socorro", referiu um genro da vítima, acrescentando que aquela sofria de problemas de coração.

Os bombeiros e a SIV de Amarante tentaram reanimar Maria Amélia e ainda a transportaram ao Hospital de Amarante, mas já nada havia a fazer. O corpo deverá ser autopsiado esta segunda-feira.» in http://www.averdade.com/pagina/seccao/4/noticia/9800

Música Pop - O cantor grego Demis Roussos morreu aos 68 anos, indicou ao jornal francês «Le Figaro» a filha do cantor, Emily.



«Morreu Demis Roussos

Cantor grego tinha 68 anos e estava internado em Atenas.

O cantor grego Demis Roussos morreu aos 68 anos, indicou ao jornal francês «Le Figaro» a filha do cantor, Emily. 

Demis Roussos morreu na noite de sábado para domingo, num hospital em Atenas. 

Demis Roussos era muito conhecido, sobretudo em França, numa carreira a solo que atingiu o auge nos anos de 1980. Antes disso, Demis Roussos integrou o grupo Aphrodite's Child.» in http://www.tvi24.iol.pt/musica/26-01-2015/morreu-demis-roussos



DEMIS ROUSSOS - "GOODBYE MY LOVE GOODBYE"


Demis Roussos - "My Friend The Wind" - (1973 HD)


Demis Roussos - "Forever and Ever"


Demis Roussos - "Rain and Tears"


Demis Roussos - "Quand je t'aime"


"Forever And Ever
Demis Roussos

Ever and ever, forever and ever you'll be the one
That shines in me like a morning sun.
Ever and ever, forever and ever you'll be my spring,
My rainbow's end and the song I sing.

Take me far beyond imagination.
You're my dream come true, my consolation.

Ever and ever, forever and ever you'll be my dream,
My symphony, my own lover's theme.
Ever and ever, forever and ever my destiny
Will follow you eternally.

Take me far beyond imagination.
You're my dream come true, my consolation.

Ever and ever, forever and ever you'll be the one
That shines in me like the morning sun.
Ever and ever, forever and ever my destiny
Will follow you eternally"

Arte Literatura - Especialistas têm vindo a analisar os 36 nichos da cripta da Igreja das Trinitarias e algumas das várias sepulturas descobertas no subsolo para ver se encontram os restos mortais do escritor, Miguel de Cervantes.

«Encontrado em Espanha caixão que se presume ser de Cervantes

Especialistas têm vindo a analisar os 36 nichos da cripta da Igreja das Trinitarias e algumas das várias sepulturas descobertas no subsolo para ver se encontram os restos mortais do escritor.

As iniciais M.C. estão inscritas num caixão descoberto na Igreja das Trinitarias de Madrid, em Espanha, onde se presume que terá sido enterrado o escritor Miguel de Chttp://sicnoticias.sapo.pt/cultura/2015-01-26-Encontrado-em-Espanha-caixao-que-se-presume-ser-de-Cervanteservantes, falecido em 1616, anunciaram autoridades locais.» in
http://sicnoticias.sapo.pt/cultura/2015-01-26-Encontrado-em-Espanha-caixao-que-se-presume-ser-de-Cervantes

Transportes - O Foguete, um dos comboios mais importantes na história da CP, esteve durante 20 anos a apodrecer.



«A história do Foguete

O Foguete, um dos comboios mais importantes na história da CP, esteve durante 20 anos a apodrecer. Agora está guardado sem se saber exatamente qual vai ser o seu futuro. 

O Museu Ferroviário quer recuperá-lo mas falta para já o dinheiro, mais de um milhão de euros. 

Se houver financiamento, o Foguete vai ocupar, ao lado dos antigos comboios real e presidencial, o lugar que lhe é devido na história dos transportes.» in http://sicnoticias.sapo.pt/programas/abandonados/2015-01-26-A-historia-do-Foguete


(Foguete - Automotora Fiat)


(Viana do Castelo comboio Foguete nos Estaleiros Navais)


Carlos Paião - "O foguete"


"O Foguete

A viagem começa e o Foguete tem pressa
Pouca terra que há muita a correr
Venham todos daí há lugar para si
As caldeiras fumegam. Estão a aquecer!
O Foguete aí vai e quem entra não sai
Nem sequer a aventura se paga
Tem piano no bar
O Paião a cantar
Mais o Sala e o Luís Arriaga!

Olhó foguete ó ó ó
Olhó foguete ó ó ó
Não vai à lua nem quer lá chegar!
Olhó foguete ó ó ó
Olhó foguete ó ó ó
Toma o bilhete para ir e voltar!

Gente bem conhecida vem connosco à partida
Porque aqui não há nada a perder
Vamos na carruagem em tão boa viagem
Com cantigas, conversas e muito que ver
De Lisboa a Tondela
Cucujães, Mirandela
e de Mértola a Fornos de Algodres
De Sousel ao Machico
De Almodovar ao Pico
O que é que rima com Fornos de Algodres?

Olhó foguete ó ó ó
Olhó foguete ó ó ó
Não vai à lua nem quer lá chegar!
Olhó foguete ó ó ó
Olhó foguete ó ó ó
Toma o bilhete para ir e voltar!"

Carlos Paião, António Sala e Luís Arriaga, 1983

25/01/15

Primeira Liga - Marítimo 1 vs F.C. do Porto 0 - Dragões derrotados na Madeira, diante do Marítimo, na 18.ª jornada da Liga portuguesa.



«SALIN PERSONIFICOU A MALDIÇÃO DA ILHA

FC Porto derrotado na Madeira, diante do Marítimo (0-1), na 18.ª jornada da Liga portuguesa.

​O FC Porto perdeu este domingo frente ao Marítimo (0-1), na Madeira, em jogo a contar para a 18.ª jornada da Liga portuguesa. Um golo solitário de Bruno Gallo (32m), numa das raras vezes em que os insulares chegaram com perigo à baliza portista, acabou por fazer toda a diferença. Com mais posse de bola, mais ataques, mais remates e mais cantos, os azuis e brancos fizeram de tudo para sair da ilha com outro resultado, mas a maldição ganhou forma na figura do guarda-redes dos madeirenses.

Num terreno historicamente difícil para o FC Porto, os Dragões entraram fiéis aos seus princípios e desde cedo assumiram as despesas do jogo, fazendo uso da habitual posse e circulação de bola. Sem conceder grandes espaços aos insulares, os portistas deixaram a primeira ameaça logo aos 12 minutos, mas o remate de Casemiro saiu por cima. Quintero, chamado à titularidade à semelhança do que havia acontecido em Braga, foi o protagonista que se seguiu, mas a tentativa do camisola dez saiu ligeiramente ao lado (26m).

No minuto seguinte, Alex Sandro lançou Quaresma e o avançado portista tirou um adversário do caminho antes de rematar à figura de Salin, que lhe voltaria a negar o golo após uma excelente iniciativa individual no flanco direito selada com um remate de trivela (41m). Momentos antes, na primeira vez que chegou perto da baliza à guarda de Fabiano, o Marítimo adiantou-se no marcador por intermédio de Bruno Gallo. O médio maritimista aproveitou o ressalto de um cabeceamento de Maazou prensado nas costas de Martins Indi e, com pé esquerdo e de primeira, desfeiteou Fabiano (32m). Um assomo de injustiça que fez a diferença no primeiro tempo.

O segundo começou com Tello no lugar de Quintero e foi o avançado espanhol que originou o primeiro lance de perigo. Após um canto apontado pelo ex-Barcelona, Casemiro cabeceou para defesa de Salin e, na recarga já dentro da pequena área, Martins Indi “ofereceu” a bola ao guarda-redes dos madeirenses (55m). O FC Porto manteve uma busca incessante pelo empate e este poderia ter chegado pouco depois, mas as intenções azuis e brancas esbarraram no poste e em Salin. Lançado por Jackson Martínez, Tello atirou ao ferro e, na recarga, Quaresma proporcionou nova intervenção ao guardião maritimista, verdadeiramente inspirado (63m).

Já com Gonçalo Paciência a jogar perto de Jackson Martínez, o golo da igualdade continuou, por este ou aquele motivo, a fugir aos Dragões. Óliver Torres voltou a ficar perto de o conseguir com um remate por cima (75m) e Casemiro cabeceou directamente às luvas de Salin (78m). No minuto anterior à oportunidade desperdiçada pelo médio brasileiro, Raúl Silva viu o segundo cartão amarelo e o respectivo vermelho, deixando o Marítimo em inferioridade numérica. A insistir e a persistir, mais de coração do que com razão, o FC Porto procurou quase todos os caminhos para a baliza de Salin, mas até as duas tentativas de Rúben Neves saíram goradas (85m e 87m), tal como a de Tello (88m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/2014%20-%202015/salin-personificou-a-maldicao-da-ilha-1-25-2015.aspx


Liga (18ª J): Resumo Marítimo 1-0 FC Porto

F.C. do Porto Hóquei Patins: Oliveirense 5 vs F.C. do Porto Fidelidade 6 - ​Hat-trick de Reinaldo Ventura no triunfo sobre a Oliveirense, na 16.ª jornada do campeonato.



«“REI” LIDEROU A REVIRAVOLTA EM OLIVEIRA DE AZEMÉIS

​Hat-trick de Reinaldo Ventura no triunfo sobre a Oliveirense (6-5), na 16.ª jornada do campeonato.

​O FC Porto Fidelidade venceu este sábado a Oiveirense (6-5), em Oliveira de Azeméis, em jogo a contar para a 16.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. Com este triunfo, os azuis e brancos mantêm a segunda posição na tabela e três pontos de desvantagem em relação ao primeiro classificado.

Num jogo sempre complicado frente a uma das boas equipas do campeonato português, as coisas dificilmente poderiam ter começado pior para os azuis e brancos, que viram André Azevedo inaugurar o marcador numa rápida jogada de contra-ataque, logo aos três minutos. Curiosamente, a primeira parte foi de tal forma disputada que poucas ou nenhumas oportunidades de golo se criaram, pelo que o remate vitorioso do jogador da Oliveirense fazia toda a diferença ao intervalo.

A segunda parte em nada foi igual à primeira e os Dragões surgiram completamente transfigurados, assumindo rapidamente a liderança do marcador com golos de Jorge Silva (27m) e Pedro Moreira (28m) num par de minutos. Gonçalo Alves (32m) voltou a deixar tudo igual mas depois entrou em cena o capitão Reinaldo Ventura, autor de três golos consecutivos, todos eles na sequência de bolas paradas. Dois livres directos (39m e 42m) e uma grande penalidade (44m) superiormente marcados quebraram a resistência oliveirense.

Já depois de Caio fazer o gosto ao stick (47m), Albert Casanovas, também ele autor de um hat-trick, mas da marca de grande penalidade (37m, 46m e 49m), fez perigar a vantagem azul e branca, que se manteve segura até final. Chamado a defender a baliza portista nos últimos 97 segundos do jogo, Nélson Filipe esteve à altura e deu também ele o seu contributo para um triunfo que mantém o FC Porto Fidelidade na luta pela liderança do campeonato.

FICHA DE JOGO 

OLIVEIRENSE-FC PORTO FIDELIDADE, 5-6
Campeonato Nacional, 16.ª jornada
21 de Janeiro de 2015
Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis

Árbitros: Ricardo Leão (Lisboa) e Jaime Vieira (Alentejo)

OLIVEIRENSE: Xavier Puigbí (g.r.), Albert Casanovas, Tó Silva, André Azevedo e Gonçalo Alves
Jogaram ainda: Nelson Pereira, Martin Montivero, Diogo Silva (cap.) e Rúben Pereira
Treinador: Tó Silva

FC PORTO FIDELIDADE: Edo Bosch (g.r.), Pedro Moreira, Ricardo Barreiros, Caio e Jorge Silva
Jogaram ainda: Hélder Nunes, Rafa, Vítor Hugo e Reinaldo Ventura (cap.) e Nélson Filipe (g.r.)
Treinador: Tó Neves

Ao intervalo: 1-0
Marcadores: André Azevedo (3m), Jorge Silva (27m), Pedro Moreira (28m), Gonçalo Alves (32m), Albert Casanovas (37m, pen.; 46m, pen.; 49m, pen. ), Reinaldo Ventura (39m, 42m e 44m, pen.), Caio (47m).» in http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Hoquei-em-Patins-Oliveirense-FC-Porto.aspx
Pin It button on image hover