29/02/12

Seleção Nacional de Futebol - Polónia 0 vs Portugal 0 - Um jogo com duas partes bem distintas: com e sem Moutinho!

Jogo acabou como começou


«Jogo acabou como começou


A seleção portuguesa de futebol empatou hoje a zero frente à Polónia, em jogo particular que serviu de inauguração do Estádio Nacional de Varsóvia, depois de ter dominado a primeira parte, mas sofrido na segunda.


A inspiração de Nani foi insuficiente para quebrar o nulo para a equipa das "quinas", que apresentou a mesma estrutura, sem a mesma eficácia do último jogo, frente à Bósnia-Herzegovina, a contar para o "play-off" de qualificação para a competição, e permitiu mesmo que o "suplente" Mierzejewski ameaçasse a baliza lusa, nos últimos minutos.


No último jogo antes de divulgar os seus eleitos, o selecionador português, Paulo Bento, confirmou que a "base" dos eleitos para a fase final do Euro2012 está escolhida, trocando apenas Hélder Postiga por Hugo Almeida, relativamente ao seu último "onze".


Frente à seleção polaca, anfitriã da competição que tem início neste mesmo palco dentro de 100 dias e que jogou apenas com Jelen na dianteira, no lugar do lesionado Lewandowski, a equipa das "quinas" começou dominadora, conseguindo, logo aos quatro minutos, ameaçar baliza polaca.


Nani, correspondendo a um passe de Raul Meireles, rematou cruzado para defesa apertada de Szczesny que, dois minutos depois, viu Hugo Almeida atirar, também da zona frontal, ao lado.


A reação da seleção polaca, galvanizada pelos quase 60.000 espetadores presentes, partiu de Obraniak, sem "assustar" Rui Patrício, que só viria a ser incomodado, perto do intervalo, quando Nelson, que substituiu o lesionado Fábio Coentrão aos 21 minutos, permitiu que Jelen se isolasse, mas sem conseguir bater o guarda-redes luso.


Mais inspiração mostrou Nani, aos 17 minutos, ao obrigar Szczesny a ceder canto, após driblar dois defesas. O extremo do Manchester United "brilhou" novamente, aos 38, na assistência para Cristiano Ronaldo "testar" o guarda-redes polaco, depois de o avançado "merengue" já ter falhado o alvo por duas vezes.


O inevitável Nani, na última jogada antes do intervalo, voltou a surgir frente a Szczesny, mas errando o alvo, quando Hugo Almeida aparecia sozinho na zona frontal.
Na segunda parte, já com Manuel Fernandes no lugar de Moutinho, a Polónia "cresceu" e aproximou-se da área lusa, sempre por Obraniak, primeiro com um remate por alto e, depois, a obrigar Rui Patrício a ceder canto.


Aos 70 minutos, Cristiano Ronaldo voltou a dispor de um livre na zona central, a cerca de 30 metros da baliza, mas o remate acabou por sair na direção de Szczesny, que até assumiu alguns "receios" no encontro com o "capitão" luso.


Pouco depois, Paulo Bento "apadrinhou" a estreia de Nelson Oliveira na seleção principal, por troca com Nani, quando Ronaldo já tinha cedido o lugar a Quaresma.


Apesar das alterações lusas, foi o suplente Mierzejewski que se destacou, nos últimos minutos do encontro, ao assistir Peszko, que rematou à figura de Rui Patrício, e, depois a protagonizar dois remates, que obrigaram o guarda-redes português a aplicar-se.» in http://desporto.sapo.pt/futebol/seleccao/artigo/2012/02/29/jogo_acabou_como_come_ou.html




(Resumo de um jogo com duas partes bem distintas)

Política Económica - Portugal exportou 13 toneladas de ouro adquiridas pelas lojas de compra e venda deste metal em segunda mão em 2010!




«Portugal exportou 13 toneladas de ouro em segunda mão


Portugal exportou 13 toneladas de ouro adquiridas pelas lojas de compra e venda deste metal em segunda mão em 2010.


"Em 2010, exportaram-se 13 toneladas de ouro compradas por essas casas [de compra de ouro usado]. Eram investimentos de famílias mais débeis", disse hoje o presidente da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal, Manuel Alcino, que hoje foi ouvido pelo grupo de trabalho sobre compra e venda de ouro, que funciona na Assembleia da República.


Manuel Alcino disse não ter dados sobre a quantidade de ouro exportada no ano passado, mas adiantou que em 2010 existiam em Portugal quatro mil lojas deste ramo, um número que aumentou para cinco mil em 2011.


Além da Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal, foram também ouvidas hoje pelo grupo de trabalho responsáveis da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal, das associações de Comerciantes de Ourivesaria e Relojoaria do Sul, de Comerciantes do Porto e Portuguesa de Joalharia Contemporânea.


Os responsáveis de todas as entidades ouvidas pelos deputados defenderam a necessidade de regular a actividade da compra e venda de ouro em segunda mão, afirmando que a mesma carece de legislação adequada.


Paulo Martinho, da Associação de Comerciantes de Ourivesaria e Relojoaria do Sul, afirmou que nas lojas de compra e venda em segunda mão o ouro é adquirido a "valores muito inferiores ao valor de mercado" e não é feita qualquer avaliação por um técnico.


A Associação de Comerciantes de Ourivesaria e Relojoaria do Sul defendeu que os cálculos do valor de compra de ouro têm de ter em atenção a cotação diária, "para que não haja situações de aproveitamento".


Já o presidente da Associação dos Comerciantes do Porto, Nuno
Camilo, afirmou que as coimas previstas para esta actividade, que vão dos 250 euros aos 2.500 euros, "são um convite ao incumprimento", acrescentando existir uma "incapacidade muito grande de meios para poderem fiscalizar".


A legislação que regulamenta a actividade tem mais de 30 anos e não prevê que seja dada uma autorização específica para o comércio de compra e venda de ouro usado, apenas sujeitando a licenciamento quem comercialize estes produtos, independentemente de serem novos ou usados.» in http://economico.sapo.pt/noticias/portugal-exportou-13-toneladas-de-ouro-em-segunda-mao_139284.html




(Corrida ao ouro português)

Música Pop/Rock - Smoke City, é um excelente projeto da música contemporânea!




Smoke City - "Underwater Love"
Smoke City - "Mr. Gorgeous (and Miss Curvaceous)"

Smoke City - "Flying Away"

Smoke City - "Flying Away" - (Live)


Smoke City - "Águas de Março"
Smoke City - "Giulietta"

Smoke City - "Imagine"




«Smoke City


Informação geral


Origem Inglaterra
País Reino Unido
Gêneros Acid Jazz
Trip hop
Smoke City é uma banda inglesa que pratica um som entre o acid jazz e o trip hop, para além de ter ido buscar muitas influências à música brasileira, essencialmente ao samba e ao bossa nova. Ficaram conhecidos pelo single “Underwater Love”, que foi das músicas mais escutadas do ano de 1996 aquando da sua utilização num anúncio televisivo para a marca Levi’s[1].
Em 1997 lançaram o seu primeiro álbum, Flying Away, que incluía, para além de “Underwater Love” outras músicas que se vieram a revelar pequenos sucessos comerciais, como “Mr. Gorgeous” e “Águas de Março (Joga Bossa Mix)”.


Flying Away foi um álbum eclético, que venceu no circuito comercial à custa dos seus singles fortes (essencialmente o sucesso que “Underwater Love” obteve com os anúncios publicitários, tornando-se um dos sons do Verão de 1996) e da sensualidade da voz da vocalista brasileira Nina Miranda. Apesar da difícil categorização é quase sempre referido nas listas dos álbuns marcantes do trip hop (a música de Bristol que, depois dos lançamentos de álbuns de Massive Attack, Portishead e Tricky, estava então no seu auge), embora ao utilizar frequentemente as sonoridades exóticas do bossa nova se afaste um pouco dos cenários urbanos típicos deste estilo musical.


Heroes of Nature foi lançado em 2001 mas sem sucesso praticamente nenhum. Ignorado pela crítica e pelo público, tornou-se uma espécie de “álbum fantasma” cuja existência ainda hoje muitos apreciadores de Flying Away desconhecem.


[editar]Membros


Nina Miranda - Vocals, fx
Mark Brown - Programming, turntables, keys, percussion, vocals, fx
Chris Franck - Guitar, keyboards, percussion, bass, vocals
Foto do grupo: [1]


[editar]Discografia


Flying Away (1997)
Heroes of Nature (2001)» in http://pt.wikipedia.org/wiki/Smoke_City


"Underwater Love
Smoke City


This must be underwater love
The way I feel it slipping all over me
This must be underwater love
The way I feel it


O que que é esse amor d'água
Deve sentir muito parecido a esse amor


This is it
Underwater love
It is so deep
So beautifully liquid


Esse amor com paixão , ai
Esse amor com paixão, ai que coisa!


After the rain comes sun
After the sun comes rain again
After the rain comes sun
And after the sun comes rain again


This must be underwater love
The way I feel it slipping all over me
This must be underwater love
The way I feel it


O que que é esse amor d'água
Eu sei que eu não quero mais nada


Follow me now
To a place you only dreamt of
Before I came along


When I first saw you
I was deep in clear blue water
The sun was shining
Calling me to come and see you
I touched your soft skin
And you jumped in with your eyes closed
And a smile upon your face


Você vem, você vai
Você vem ê cai
E vem aqui pra cá
Porque eu quero te beijar na sua boca
Que coisa louca
Vem aqui pra cá
Porque eu quero te beijar na sua boca
Ai que boca gostosa


After the rain comes sun
After the sun comes rain again


Cai cai e tudo tudo cai
Tudo cai pra lá e pra cá
Pra lá e pra cá
E vamos nadar
Vamos nadar e tudo tudo dá


This must be underwater love
The way I feel it slipping all over me
This must be underwater love
The way I feel it


Oh oh d'água Underwater
Oh underwater love
This underwater love
This underwater love
Underwater love"

Política Económica - Em entrevista o jornal Público, o Nobel da Economia considera ser "bastante óbvio que [aderir ao euro] foi um erro para a Grécia e eu diria que também para Portugal"!




«Krugman: Adesão de Portugal ao euro foi um erro


Paul Krugman diz que Portugal tem duas opções: "viver em condições muito difíceis" ou "dar um passo mais radical".


Em entrevista o jornal Público, o Nobel da Economia considera ser "bastante óbvio que [aderir ao euro] foi um erro para a Grécia e eu diria que também para Portugal". Sem euro, argumenta, haveria hoje "menos carros nas ruas, mas mais pessoas com trabalho".


O economista considera que a impossibilidade presente de, tal como no passado, desvalorizar o escudo para ganhar competitividade encarcerou Portugal "numa prisão terrível". "Por causa do euro, Portugal tem muito poucas opções, muito pouco espaço de manobra. E sair do euro, nesta fase, é um passo extremo que não está em cima da mesa", afirmou, notando contudo que "se nada mais funcionar, sair o do euro torna-se numa opção real". Para Krugman "a Grécia está rapidamente a chegar a esse ponto, mas Portugal não."


Vendo sinais positivos na evolução das exportações e na estagnação dos salários na indústria, Paul Krugman sublinha que os portugueses "vão ter de viver com estas condições muito difíceis e tentar mitigar o sofrimento. Ou então, em alternativa, dar um passo mais radical." E esse passo radical pode chegar já em 2013: Se "daqui a um ano, o crescimento da economia fica abaixo do que está previsto no memorando de ajustamento e o défice fica acima. Aí, se a troika pedir mais medidas de austeridade, Portugal tem de dizer que não."


Na mesma entrevista, o economista diz ter pouco para aconselhar a Pedro Passos Coelho e Vítor Gaspar: "Eu realmente tenho dificuldade em dar conselho ao Governo português. Aliás, detesto dizê-lo, mas não faria as coisas de forma muito diferente daquilo que está a ser feito agora."» in http://economico.sapo.pt/noticias/krugman-adesao-de-portugal-ao-euro-foi-um-erro_139245.html



(Paul Krugman - O receio de uma nova Grande Depressão)
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Mas dizer isso aos políticos que foram considerados heróis e visionários, por nos meterem neste barco... só um estrangeiro, mesmo!

Felgueiras - Casa da Cultura da Lixa - Sexta-feira, 2 de Março de 2012 - 21H, apresentação do Conto "A Tundra", de Anabela Borges!

Imagem Activa


«Apresentação do Conto "A Tundra", de Anabela Borges


O Presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, Dr. Inácio Ribeiro, e a Diretora do Agrupamento de Escolas Dr. Leonardo Coimbra, Dr.ª Maria Cândida Mourão, têm a honra de convidar V. Ex.ª para o lançamento do livro da autoria de Anabela Borges, que decorrerá no dia 2 de Março de 2012, pelas 21h00, na Casa da Cultura Leonardo Coimbra.


A professora Anabela Borges publicou o conto “A Tundra (Cemitério de Memórias)”, com a chancela da Editora Alfarroba, na sequência de ter vencido o concurso literário “Conto por Conto”, no livro com o mesmo nome.


Anabela Borges


Anabela Borges é professora de Português do Ensino Básico e Secundário e, atualmente, desempenha funções de professora bibliotecária, no Agrupamento de Escolas Dr. Leonardo Coimbra, na Lixa.


Retirado do Jornal Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Leonardo Coimbra – Lixa» in http://www.jornalaberto.com/index.php?option=com_content&task=view&id=1985&Itemid=14

28/02/12

Desporto Futebol - O Boavista recebeu, esta terça-feira, uma notificação do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa considerando nula a reunião do Conselho de Justiça (CJ) da FPF que confirmou a sua despromoção à Liga de Honra!

«Espero o Boavista na I Liga na próxima época»


««Espero o Boavista na I Liga na próxima época»


O Boavista recebeu, esta terça-feira, uma notificação do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa considerando nula a reunião do Conselho de Justiça (CJ) da FPF que confirmou a sua despromoção à Liga de Honra.


Em conferência de imprensa, o presidente do clube axadrezado, Álvaro Braga Junior, disse estar confiante que, com esta tomada de decisão do Tribunal Administrativo e Fiscal de Lisboa, o Boavista estará de regresso à I Liga já na próxima temporada.


«Sinto que o Boavista está na 1.ª Liga, quem o diz é o Tribunal Administrativo de Lisboa. Acredito na justiça em Portugal, mas vamos esperar pela decisão da Federação Portuguesa de Futebol Profissional Espero o Boavista na I Liga na próxima época. Não pode ser outro o caminho», referiu, visivelmente emocionado, o dirigente do clube axadrezado.


Álvaro Braga Junior anunciou ainda que vai pedir uma indemnização face aos prejuízos causados ao clube do Bessa nos últimos quatro anos. O dirigente garante que o clube da cidade do Porto foi prejudicado em termos «desportivos» e «financeiros».


«A indemnização pedida tem por base várias perdas que tivemos, como contratos televisivos, camarotes, publicidade nas camisolas. Estes são apenas os mais óbvios», disse.


O Boavista aguardará agora a decisão da Federação que poderá pedir o recurso da decisão do Tribunal, tornado o processo mais moroso.


«Usando a linguagem do ténis, agora é a FPF a servir. Isto pode voltar ao início, mas é melhor começar a ganhar do que a perder», afirmou Álvaro Braga Júnior, temendo que caso o processo se arraste por mais tempo possa «prejudicar» ainda mais o Boavista.


A sala de conferências no Estádio do Bessa apresentou-se cheia de adeptos axadrezados que no final fizeram a festa nas imediações com fogo de artíficio.


Recorde-se que a despromoção do Boavista, por corrupção, foi decidida a 04 de julho de 2008 na segunda parte de uma longa e polémica reunião do CJ, na qual já não estavam presentes o presidente e o vice-presidente.» in http://desporto.sapo.pt/futebol/segunda_divisao/artigo/2012/02/28/_espero_o_boavista_na_primeira_l.html
---------------------------------------------------------------------------------
Álvaro Braga Júnior, ex-dirigente encarnado, poderia mandar um ramo de flores ao Doutor Jorge Costa...


Boavista Futebol Clube // Estamos vivos [2011]

Miguel Guedes (Trio de Ataque) sobre o Boavista

Paleontologia - Uma equipa de paleontólogos espanhóis descobriu os restos fossilizados de uma nova espécie de tartaruga que conviveu com os dinossauros e ao que parece foi extinta com eles no período Cretácico!




«Descoberta nova espécie de tartaruga do tempo dos dinossauros


Uma equipa de paleontólogos espanhóis descobriu os restos fossilizados de uma nova espécie de tartaruga que conviveu com os dinossauros e ao que parece foi extinta com eles no período Cretácico.


Esta nova espécie foi baptizada de Polysternon isonae pelo reconhecimento do município de Isona i Conca Dellà, no Pre-pirineo de Lleida, local onde foi encontrada. Até agora eram conhecidas duas espécies de tartaruga do género Polysternon: a P. provinciale e a P. atlanticum.


Na escavação estiveram envolvidos investigadores do Instituto Catalão de Paleontologia Miquel Crusafont, do Museu da Conca Dellà e da Universidade Autónoma de Barcelona. Os trabalhos de investigação foram realizados entre 2008 e 2009, no Barranc de Torrebilles.


Normalmente, os restos fossilizados de tartarugas encontrados consistem apenas em partes isoladas da carapaça. Desta vez, os cientistas descobriram carapaças inteiras que ainda preservam partes do esqueleto.


Estes trabalhos permitiram verificar que esta espécie de tartaruga apresentava uma carapaça ovalada que mede 50 centímetros de comprimento e 40 de largura e que era um animal comum nestes ecossistemas. Habitavam a zona que atualmente corresponde ao sul de França e Península Ibérica, nas zonas mais profundas de rios e lagos.


O Pre-pirineo de Lleida é um dos locais mais ricos em fósseis de dinossauros que viveram entre 65 a 70 milhões de anos atrás. As montanhas que existem hoje eram na época planícies verdejantes junto ao oceano Atlântico com um clima tropical. Este território não era apenas habitado por dinossauros mas também por crocodilos e uma grande variedade de outras espécies cujas provas da sua existência foram protegidas sob a terra durante milhões de anos.» in http://naturlink.sapo.pt/Noticias/Noticias/content/Descoberta-nova-especie-de-tartaruga-do-tempo-dos-dinossauros?bl=1


(guilhersmasauro / Parabolandos)

Ciência - As bactérias têm uma“estratégia militar bem ‘pensada’!”

Francisco Dionísio

«Investigadores identificam padrões atuais na capacidade de infecção.


Dois grupos de investigação, do Instituto Gulbenkian de Ciência e Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL) e do Instituto Pasteur, França, acabam de desvendar por que razão bastam dez células de Mycobacterium tuberculosis para causar tuberculose, enquanto são necessárias dezenas de milhões de células de Vibrio cholera para causar cólera.


O estudo, publicado na última edição da revista PLoS Pathogens, ajudou os investigadores a caracterizar dois grandes grupos de bactérias: as mais infecciosas que são capazes de invadir e/ou destruir células do sistema imune do hospedeiro e as menos infecciosas que se multiplicam mais rapidamente e que comunicam umas com as outras.


“Com este trabalho compreendemos algo muito ‘antigo’: porque é que algumas espécies têm uma dose infecciosa tão alta e outras tão baixa”, afirma Francisco Dionísio ao Ciência Hoje.


O investigador da FCUL, líder da equipa portuguesa de investigação, explica que a literatura científica médica refere muitas vezes que uma espécie bacteriana tem dose infecciosa baixa enquanto outra espécie tem dose infecciosa alta, sem nunca proceder a uma definição científica do que é um valor baixo ou alto.


“Se para a espécie Orientia tsutsugamushi bastam três células bacterianas para causar sintomas e para outras espécies como Gardnerella vaginalis precisamos de milhares de milhões de células para que causem doença, podemos facilmente caracterizar O. tsutsugamushi como sendo de dose infecciosa baixa e G. vaginalis como sendo de dose infecciosa alta”, exemplifica.





Colónias de bactérias em cultura no laboratório (Crédito: João Gama e Francisco Dionísio)
O cientista diz que ao recorrer a métodos estatísticos compreendeu que não existem dois grupos, um de valores baixos e um outro de valores altos, mas sim um contínuo de valores. “Então, perguntámos nós, o que explica esta enorme diversidade se o hospedeiro é sempre o mesmo, o Homem?”.




Colónias de bactérias em cultura no laboratório (Crédito: João Gama e Francisco Dionísio)
As grandes diferenças, compreenderam, são que "as espécies bacterianas de dose infecciosa baixa matam ou inserem-se em células do nosso sistema imunitário e dividem-se devagar; por outro lado, as de dose infecciosa alta são rápidas a multiplicar-se e têm maior probabilidade de conter sistemas para comunicarem entre si e têm sistemas de mobilidade”.


Estas conclusões têm implicações em saúde pública pois ajudam a identificar padrões actuais na capacidade de infecção das bactérias e contribuem para prever a evolução da infectividade dessas bactérias no futuro.


“O que fizemos foi relacionar informação e perceber que as bactérias têm alguma lógica: se não têm um alvo muito específico têm de entrar no ser humano em grande quantidade e ter uma taxa de replicação muito alta para coordenarem bem o seu ataque”. Esta é, de acordo com o investigador, “uma estratégia militar bem ‘pensada’!”.


Apesar de haver dois grupos distintos (um dose alta versus dose baixa) os investigadores ainda detectam uma enorme diversidade em cada um deles. Assim, os próximos passos na investigação serão perceber porque existe essa diversidade e se terá alguma relação com os sistemas de resistência a antibióticos mais encontrados em cada uma das bactérias destes grupos.» in http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=53248&op=all




(Globo Repórter, o mundo invisível das bactérias)

27/02/12

Acidentes - Um navio da empresa italiana Costa Cruzeiro está à deriva ao largo das ilhas Seicheles depois de um incêndio a bordo!

O "Costa Allegra" pertence à mesma empresa detentora do "Costa Concordia", navio cruzeiro que afundou a 13 de janeiro ao largo da ilha italiana de Giglio matando 32 pessoas.

«Cruzeiro à deriva ao largo das ilhas Seicheles com mil pessoas a bordo


Um navio da empresa italiana Costa Cruzeiro está à deriva ao largo das ilhas Seicheles depois de um incêndio a bordo. Cerca de mil pessoas viajam no Costa Allegra, informou a guarda costeira italiana. Segundo a TVI, há dois portugueses a bordo do navio.


O barco partiu de Madagáscar com destino às Seicheles, mas um incêndio, entretanto extinto, complicou a viagem.


No comunicado enviado aos media, a guarda costeira italiana afirma que os passageiros estão bem e já foram informados sobre o incidente. Como medida de precaução, os passageiros foram agrupados por grupos prioritários.


"O navio Costa Allegra está sem propulsão devido ao incêndio mas os meios de comunicação estão a funcionar normalmente", acrescentou o comunicado. A guarda costeira italiana já alertou as autoridades das Seicheles para um possível pedido de ajuda.


A bordo do navio estão 1049 pessoas: 636 passageiros e 413 tripulantes.
Recentemente, outro navio da empresa, o "Costa Concordia", encalhou e afundou-se a 13 de janeiro ao largo da ilha italiana de Giglio matando 32 pessoas.


Dois portugueses a bordo do navio, avança a TVI


Há dois portugueses a bordo do navio, confirmou uma fonte da empresa Costa Cruzeiros em Portugal à TVI. Não foram adiantados mais detalhes sobre a identidade dos portugueses.


O "Costa Allegra", construído em 1969, tem 187 metros e pesa 2850 toneladas. Em 2001 foi alvo de obras de restauro.» in http://noticias.sapo.pt/internacional/artigo/navio-cruzeiro-deriva-ao-largo-d_2724.html




(Incêndio Costa Allegra)

Amarante Incêndio - Quase noventa operacionais e 28 veículos estão neste momento a combater dois incêndios florestais que lavram desde as 14:00, um na localidade de Murgido, concelho Amarante, e outro em Foz do Pontido, concelho de Terras de Bouro!




«Dois fogos mobilizam quase 90 operacionais e 28 veículos


Quase noventa operacionais e 28 veículos estão neste momento a combater dois incêndios florestais que lavram desde as 14:00, um na localidade de Murgido, concelho Amarante, e outro em Foz do Pontido, concelho de Terras de Bouro.


De acordo com a informação disponível no site da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o incêndio em Foz do Pontido, distrito de Braga, começou às 13:56, estando descrito como um incêndio florestal com duas frentes ativas. Pelas 15:50 foi acionado um helicóptero bombardeiro pesado.


No combate às chamas estão 24 bombeiros, oito elementos do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro da Guarda Nacional Republicana e quatro sapadores florestais, apoiados por 13 veículos operacionais.


O incêndio de Murgido, distrito do Porto, começou pelas 14:13 e a última informação, atualizada às 18:40, dava-o como um incêndio ativo com duas frentes em mato.


No local estão 48 bombeiros e cinco sapadores florestais, juntamente com 15 veículos operacionais.


Na contabilização da ANPC, durante o dia de hoje houve 189 incêndios florestais, estando 12 neste momento em curso.» in http://www.ionline.pt/portugal/dois-fogos-mobilizam-quase-90-operacionais-28-veiculos

Amarante Canoagem - A pista das Fontainhas em Fridão-Amarante recebeu este fim-de-semana a décima oitava edição do Slalom Internacional, que contou com a presença de perto de 100 atletas em representação de 8 clubes!

«XVIII Edição do Slalom Internacional de Fridão


A pista das Fontainhas em Fridão-Amarante recebeu este fim-de-semana a décima oitava edição do Slalom Internacional, que contou com a presença de perto de 100 atletas em representação de 8 clubes.


Depois de ontem, 25 de Fevereiro, se terem realizado os treinos oficiais, hoje, domingo tiveram lugar as mangas eliminatórias e final nas categorias de K1 Feminino e Masculino e ainda C1 Masculino.


Esta prova, organizada pela Federação Portuguesa de Canoagem, Associação de Canoagem do Norte de Portugal e Águas Bravas Clube, trouxe de volta às águas do rio Tamega os melhores atletas nacionais, entre os quais Ivan Silva do Águas Bravas Clube, José Carvalho da Associação Desportiva Amarante e ainda Lara Silva, também do Águas Bravas Clube, que venceram nas suas categorias.


Ivan SIlva liderou a prova no K1 Masculino, tendo terminado a manga final com 107,99 pontos, seguido de Tiago Mendes (ADA) com 112,89 e Rodrigo Magalhães (ABC) com 114,72.


No K1 Feminino Lara SIlva esteve mais uma vez em grande destaque, demonstrando o seu actual nível,terminando a prova com 123,80 pontos. A fechar o pódio ficou Maria Presa (TEA) com 136,62 e Marta Noval (CNFAFE) com 138,11 pontos.


Em C1, José Carvalho com 118,26 arrecadou o ouro, seguido de Hugo Gonzalez (TEA) com 122,74 e Marco Pereira (PENEDO) com 127,09.


Todos os resultados desta prova estão já disponíveis em www.fpcanoagem.pt na área competições|Resultados.


A Equipa Nacional de Slalom, constituida pelos vencedores desta competição prepara agora a deslocação a Augsburg, na Alemanha, onde realizará um estágio de preparação para o apuramento Olímpico Continental desta disciplina.» in http://www.fpcanoagem.pt/tabid/439/xmmid/1204/xmid/5591/xmview/2/Default.aspx




(Slalom Fridão Internacional)

Liga Zon/Sagres: F.C. do Porto 2 vs Feirense 0 - A dois ritmos, separados pelo intervalo, e a dois golos, apontados por Maicon e James, o campeão retomou o seu lugar natural!

FC Porto apanha comboio que Benfica deixou fugir


«SOMOS O PRIMEIRO!


A dois ritmos, separados pelo intervalo, e a dois golos, apontados por Maicon e James, o campeão retomou o seu lugar natural. De novo na condição de líder, depois de um jogo de paciência e posterior aceleração, que incluiu o desperdício de uma grande penalidade, o FC Porto desmontou a resistência feirense e apresentar-se-á na Luz na condição que melhor lhe assenta. É outra vez primeiro.


Com a reocupação do primeiro lugar ao alcance de um golo, o campeão procurou a vantagem desde o primeiro instante, mas preferindo um processo de paciência e método, que então ficou a dever algo ao génio e muito à velocidade. Não sendo total, o assalto foi gerido num ritmo intermédio, mas persistente, procurando gerar e detectar falhas na estratégia ultradefensiva do opositor, que encurtava espaços na aproximação extrema das linhas, ao ponto de gerar a sensação de que uma não era muito mais do que a extensão da outra.


É, no entanto, errado concluir que o Feirense se limitou a ver jogar. Também jogou, mas mantendo como prioridade negar a essência do jogo. Aos poucos, Hulk redescobriria espaço. Para si e para Janko, que deixava de ser a única referência na área adversária. Dois remates cruzados do brasileiro falharam o alvo por pouco e os devidamente enquadrados esbarraram na inspiração de Paulo Lopes, que negou a James a mais flagrante oportunidade de golo, já com o intervalo a chegar.


A segunda parte começou como acabara a primeira: com o guarda-redes do Feirense a evitar a vantagem portista. Agora, a remate de Janko, à meia-volta e a cruzamento de Alvaro. O assédio obedecia então a outro balanço e não tardou muito para o austríaco voltar a ter tudo para marcar, cabeceando com tudo mas sem êxito. Na alucinante sucessão de oportunidades, Hulk teve a bola na marca de penálti, mas falhou a transformação, enquanto Paulo Lopes reforçava a condição de uma das figuras da noite.


Da falta óbvia sobre Janko, sancionada com o merecido castigo máximo, não resultou golo, mas redundou na correspondente expulsão de Luciano, dado que acentuaria a torrente ofensiva dos Dragões. Na verdade, o final tinha sido simplesmente adiado, para ser escrito no espaço de cinco minutos, o tempo que mediou entre o primeiro e o segundo golo do novo líder, que retomou o seu lugar, depois dos golos de Maicon e James. O primeiro pelo central, de cabeça, o segundo a remate do avançado, ainda que desviado no corpo de um adversário. Aos 67 e aos 72 minutos. E tinha sido James a assistir Maicon, ao cobrar um livre na esquerda.


Num final já bem longe de fazer justiça à produção atacante dos Dragões, o FC Porto partilhava, com a vantagem de deter a melhor diferença entre golos marcados e sofridos, a primeira posição com o Benfica, o adversário de sexta-feira, com quem divide o melhor ataque da prova, mas apresentando um registo defensivo de menos três golos sofridos.


FICHA DE JOGO

FC Porto-Feirense, 2-0

Liga, 20.ª jornada
26 de Fevereiro de 2012
Estádio do Dragão, no Porto
Assistência: 34.229 espectadores


Árbitro: João Ferreira (Setúbal)
Árbitros assistentes: Luís Ramos e Pais António
Quarto árbitro: André Gralha


FC PORTO: Helton; Sapunaru, Rolando, Maicon e Alvaro; Fernando, Lucho e João Moutinho; Hulk (cap.), Janko e Varela
Substituições: Varela por James (29m), Sapunaru por Djalma (66m) e João Moutinho por Defour (77m)
Não utilizados: Bracali, Rodríguez, Alex Sandro e Otamendi
Treinador: Vítor Pereira


FEIRENSE: Paulo Lopes; Pedro Queirós, Varela, Luciano (cap.) e Serginho; Sténio e Cris; Miguel Pedro, Hélder Castro e Diogo Cunha; Buval
Substituições: Miguel Pedro por Bamba (71m), Diogo Cunha por Fonseca (77m) e Cris por Thiago Freitas (85m)
Não utilizados: Douglas, Anderson, Stopira e André Fontes
Treinador: Quim Machado


Ao intervalo: 0-0
Golos: Maicon (67m) e James (72m)
Cartão amarelo: Miguel Pedro (42m), Hélder Castro (44m), Fonseca (78m)
Cartão vermelho: Luciano (57m)» in http://www.fcporto.pt/Noticias/Futebol/noticiafutebol_futfcpfeirensecro_260212_67224.asp


FC Porto 2-0 Feirense - Highlights por simaotvgolo12
(Resumo de um jogo de sentido único... muitas vezes parado por um grande guarda redes, Paulo Lopes)

26/02/12

F.C. do Porto Sub-17 - F.C. do Porto 3 vs S.C. de Braga 0 - Dragões bateram bracarenses e já estão apurados para a terceira etapa do nacional de juvenis!, num reduto sempre complicado...




«SUB17 JÁ ESTÃO APURADOS PARA A TERCEIRA FASE DO NACIONAL


A equipa Sub17 do FC Porto garantiu o apuramento para a terceira etapa do Campeonato Nacional de Juniores B, ao vencer, neste sábado, o Braga, por 3-0, em jogo da quarta jornada da segunda fase da prova.


Ivo, na transformação de uma grande penalidade, Tomás e Belinha foram os autores dos golos da equipa orientada por Nuno Capucho, que soma 12 pontos, mais cinco do que o Varzim, que é segundo classificado.» in http://www.fcporto.pt/Noticias/Formacao/noticiaformacao_futsub17fcpbragacro_260212_67236.asp

Justiça - O antigo primeiro-ministro José Sócrates terá combinado com o reitor da Universidade Independente a versão que iria ser dada sobre o seu currículo académico!




«Sócrates terá combinado versão do currículo com reitor da Universidade Independente


O antigo primeiro-ministro José Sócrates terá combinado com o reitor da Universidade Independente a versão que iria ser dada sobre o seu currículo académico. A notícia é avançada pelo Correio da Manhã, que revela uma conversa de Sócrates com Luís Arouca, em que lhe pede para ocultar os nomes dos seus professores e se queixa de uma campanha da direita para o atacar pessoalmente.» in http://sicnoticias.sapo.pt/pais/article1363361.ece







(As provas são tão evidentes... mas alguns crentes têm muita fé na mentira...)

“ O Bode Ranhoso do Marão® „: Paris Je T'aime





Serge Gainsbourg - "Je t'aime moi non Plus"

Política Nacional - A recuperar de uma intervenção cirúrgica, Isabel Moreira causou alguma surpresa na Assembleia da República: "Senhor presidente, desculpe, estou um bocado drogada!




«"Estou um bocado drogada", diz deputada do PS


A recuperar de uma intervenção cirúrgica, Isabel Moreira causou alguma surpresa na Assembleia da República: "Senhor presidente, desculpe, estou um bocado drogada. Drogas lícitas."


A deputada independente que integra a bancada do PS - e que está a preparar um projecto para permitir a co-adopção por casais homossexuais -, causou surpresa no hemiciclo da Assembleia da República, esta sexta-feira, ao mostrar dificuldade em levantar-se da cadeira para comunicar a sua declaração de voto.


"Senhor presidente, desculpe, estou um bocado drogada. Drogas lícitas", afirmou.


À agência Lusa, Isabel Moreira explicou que teve uma quebra de tensão durante o plenário. A constitucionalista, que é filha do ex-presidente do CDS Adriano Moreira, referiu que na quinta-feira foi sujeita "a uma intervenção cirúrgica dolorosa".


"Porém, como o tema da adopção por casais homossexuais faz parte das minhas militâncias, mesmo assim decidi estar hoje presente na Assembleia da República. Quando estava a pedir a palavra para anunciar a minha declaração de voto tive uma quebra de tensão violenta", explicou Isabel Moreira, que teve "medo de cair".


A deputada abandonou depois o hemiciclo apoiada pela colega de bancada Ana Catarina Mendes. "Depois de anunciar a minha declaração de voto sentei-me na cadeira e tive um desmaio", referiu ainda à Lusa, numa alusão à forma como abandonou a sessão plenária.


Ler mais: http://aeiou.visao.pt/video-estou-um-bocado-drogada-diz-deputada-do-ps=f648460#ixzz1nViGiHdO




(Deputada do PS: "Sr. Presidente estou um pouco drogada")
------------------------------------------------------------------------------------------
É interessante ver alguns filhinhos de certos papás... tão radicais que eles são!!!

F.C. do Porto Basquetebol - Sampaense 81 - F.C. do Porto Ferpinta 100: Dragões vencem o jogo da segunda jornada do Grupo Norte do Troféu António Pratas, do qual são os detentores!




«INSPIRAÇÃO TRIPLISTA DE SANTOS LEVA DRAGÕES AOS 100


O FC Porto Ferpinta manteve o primeiro lugar da Liga, depois de vencer, de forma clara, o Sampaense em Oliveira do Hospital, onde os Dragões atingiram a centena de pontos (81-100) com uma exibição autoritária, especialmente sublinhada nos três primeiros parciais, que distinguiu João Santos como o melhor dos azuis e brancos ao final da tarde deste sábado.


O campeão, que chegou ao intervalo com uma vantagem de 12 pontos (41-53), entrou forte na partida, mantendo o registo de clara supremacia ao longo de quase todo o encontro e cedendo apenas aos irresistíveis exercícios de gestão do resultado, que permitiu a Moncho López utilizar 11 jogadores, com seis deles (Greg Stempin, João Santos, Carlos Andrade, João Soares, Reggie Jackson e Rob Johnson) a atingir uma pontuação de dois dígitos.


João Santos (12 pontos e 9 ressaltos) e Greg Stempin (12 pontos e 7 ressaltos) foram os elementos mais determinantes na exibição portista, acumulando a curiosidade de nenhum deles ter atingido os 21 minutos de utilização, barreira apenas superada por Reggie Jackson, ainda que apenas por 88 segundos.


Num final de tarde de inspiração triplista, os lançamentos exteriores dos Dragões produziram a conversão de 14 dos 26 tentados (54%), com João Santos a sobressair novamente, agora em função de uma eficácia absoluta, que lhe permitiu marcar os quatro “tiros” ensaiados.» in http://www.fcporto.pt/OutrasModalidades/Andebol/Noticias/noticiaandebol_andfcpsphorta_250212_67212.asp

F.C. do Porto Andebol: F.C. do Porto Vitalis 43 vs Sporting da Horta 31 - Dragões Goleiam Açorianos e alargam vantagem na frente!




«FOSSO JÁ VAI NOS SEIS PONTOS


O FC Porto Vitalis venceu este sábado, sem dificuldades, o Sporting da Horta, por 43-31, em encontro da 21.ª jornada e penúltima da fase regular do Andebol 1. Os Dragões, que já tinham garantido o primeiro lugar, “cavam” assim um fosso de seis pontos na liderança. Na fase final, os pontos são divididos por metade, mas os azuis e brancos garantem desde já uma “almofada” significativa.


A partida não teve grande história, com os açorianos a resistirem apenas cerca de 20 minutos. Aos 15 minutos, até venciam por 7-10, mas o FC Porto arrancou para um parcial de 15-4 até ao intervalo, decidindo a partida. Uma defesa mais agressiva e uns passos mais à frente da linha de seis metros foi suficiente para “abafar” o rival.


A análise da estatística não deixava margem para dúvidas, com a superioridade total dos tricampeões nacionais a ficar espelhada na eficácia do guarda-redes Hugo Laurentino (52%), nos remates de primeira e segunda linha e no contra-ataque (sete golos contra apenas um do Sporting da Horta).


Na segunda parte, os Dragões “esticaram” a vantagem, que chegou a cifrar-se nos 13 tentos, mas acabaria nos 12. Com sucessivos contra-ataques, face a um adversário completamente “partido”, os portistas deram-se ao luxo de desperdiçar algumas situações de 1x0. Todos os jogadores do FC Porto tiveram oportunidade de entrar em acção.


O melhor marcador da partida, com 13 golos, foi o forasteiro Kostetsky, enquanto Gilberto Duarte, com nove, foi o máximo goleador dos Dragões. A primeira fase termina em Fafe, no próximo sábado (17h).


FICHA DE JOGO:


FC Porto Vitalis-Sporting da Horta, 43-31
Andebol 1, primeira fase, 21.ª jornada
25 de Fevereiro de 2012
Dragão Caixa, no Porto
Assistência: 611 espectadores


Árbitros: Alberto Alves e Jorge Fernandes


FC PORTO VITALIS: Hugo Laurentino e António Silva (g.r.); Gilberto Duarte (9), Pedro Spínola (3), Ricardo Moreira (cap., 3), Elias Nogueira (1), Wilson Davyes (4), Tiago Rocha (8), Filipe Mota (1), Daymaro Salina (4), Dario Andrade (6), Ricardo Costa (2), Malencic e Vasco Santos (2)
Treinador: Ljubomir Obradovic


SPORTING DA HORTA: Nuno Silva e Fábio Silva (g.r.), Tiago Rodrigues (4), Austris Tuminskis (5), Paulo Medeiros (1), Yuriy Kostetsky (12), Afonso Almeida (1), Nelson Pina (3), Rui Barreto (2), Bruno Castro, Diogo Rios (3) e Hugo Silva
Treinador: Filipe Duque


Ao intervalo: 22-14» in http://www.fcporto.pt/OutrasModalidades/Andebol/Noticias/noticiaandebol_andfcpsphorta_250212_67212.asp

25/02/12

F.C. do Porto Hóquei Patins - Tigres de Almeirim 1 vs F.C. do Porto Império Bonança 2 - Dragões somam e seguem, na frente!




«FC PORTO VENCE EM ALMEIRIM


O FC Porto venceu na tarde deste sábado os Tigres de Almeirim por 2-1, com dois golos de Tiago Santos, numa partida muito difícil, mas em que os Dragões souberam segurar a liderança isolada.


A equipa de Tó Neves adiantou-se na primeira parte, através de um penalti de Tiago Santos, mas os Tigres de Almeirim empataram através de um golo de Diogo Lã.


Na segunda parte, os Dragões pressionaram, tiveram adversário suplementar nos critérios de arbitragem adversos, mas acabaram por conseguir uma saborosa e importante vitória, através de novo golo de Tiago Santos.


No final, Tó Neves não escondia a satisfação: “Semana difícil, o Tigres esteve muito bem na defesa, com critérios de arbitragem que já estávamos à espera. Tivemos de sofrer bastante, mas fico satisfeito. A equipa nunca perdeu a confiança e sabemos qual o nosso caminho e o que queremos conquistar. Vamos continuar a querer muito”.» in http://www.fcporto.pt/OutrasModalidades/HoqueiPatins/Noticias/noticiahoquei_hoqfcptigres_250212_67204.asp

F.C. do Porto Sub-19: F.C. do Porto 3 vs S.L. Benfica 0 - Jovens Dragões batem águias sem apelo nem agravo!



«FC PORTO VENCE BENFICA (3-0) EM JUNIORES


O FC Porto bateu o Benfica por uns claros 3-0, em jogo da 3.ª jornada da fase final do campeonato nacional de juniores. Num jogo em que a superioridade dos Dragões não esteve em discussão, os jovens do FC Porto reentram na luta pelo título, depois das derrotas nas duas primeiras jornadas.


A vitória do FC Porto começou a desenhar-se logo aos oito minutos, quando Alves arrancou um potente remate de fora da área, sem hipótese de defesa.


O FC Porto chegava à vantagem depois de uma boa entrada no jogo, resultado que se manteria inalterado até ao descanso.


Na segunda parte, o FC Porto aumentou o ritmo e fechou o resultado em apenas quatro minutos. Primeiro, aos 67 m, Ebo concluiu uma boa jogada de Vion na direita, para aos 71 m ser o próprio Vion a emendar um belíssimo cruzamento de trivela de Tozé.


Com este resultado o FC Porto subiu à sexta posição, com três pontos e a três pontos da liderança. No próximo sábado o FC Porto joga em Setúbal.


No final, o treinador Rui Gomes elogiou a capacidade de reacção da equipa e insistiu em dizer que o FC Porto vai lutar pelo título até ao fim.


“Resultado muito importante, porque tal como disse na antevisão, esta vitória recoloca-nos na discussão do título. Gostaria de destacar que é uma vitória de uma equipa com muito carácter e personalidade. Este foi o terceiro jogo no espaço de uma semana, com muita fadiga também mental, mas sabíamos que tínhamos de ter esta atitude para derrotar o Benfica. Estamos na corrida e independentemente do que aconteça daqui para a frente, tenho a certeza que vamos lutar até ao fim por sermos campeões”.» in http://www.fcporto.pt/Noticias/Formacao/noticiaformacao_futjunfcpslb_250212_67208.asp
Pin It button on image hover