30/09/07

Bob Dylan - The Great One!












Bob Dylan - "Like a Rolling Stone!"





Jimi Hendrix with the Rolling Stones (Long version)

Esta música, "Like a Rolling Stone", de Bob Dylan, é uma canção espantosa de um músico, não menos fantástico, que fazendo uma referência à mítica banda "Rolling Stones", seria também interpretada por eles e por Jimmi Hendrix de forma fenomenal. Grande Bob Dylan, um dos melhores músicos e compositores de sempre, na área do Rock & Roll. Grande década, a de 70!

Os critérios de avaliação dos professores, por José Matias Alves!


«Os critérios de avaliação dos professores José Matias Alves

Tem estado na agenda da discussão em determinados círculos de professores o projecto de regulamentação da avaliação de desempenho, e sobretudo, as grelhas que estruturam e regulam a acção, o olhar, o juízo de valor, a classificação numa escala de 1 a 4.
É muito importante que os professores analisem essas grelhas e tomem posição. Para a análise podemos dispor de vários referenciais. Neste caso, convoco os definidos pelo The Joint Committee on Standard for Educational Evaluation que estabelecem quatro categorias e 21 critérios que devem ser tidos em conta.
Na primeira categoria - Critérios de propriedade (adequação)- os requisitos a considerar têm a ver com a dimensão ética, a promoção do bem-estar dos intervenientes, a transparência de processos e resultados, a honestidade, a consideração e a cortesia, e a preocupação pela promoção da auto-estima e da motivação dos avaliados.
Na segunda categoria - Critérios de utilidade – importa considerar que a avaliação faculte informação fidedigna, pertinente, construtiva e ao serviço da melhoria dos desempenhos. Na terceira categoria - Critérios de exequibilidade – não se pode deixar de considerar a viabilidade, a economia, a relação custo/benefício. E, por fim, na quarta categoria, os Critérios de Rigor. A avaliação tem de ser válida, fiável, contextualizada.Seria bom que houvesse tempo e sensatez para alterar tudo o que é não adequado, não exequível, não consistente, não justo. Até porque há alternativas. Os leitores poderão seguir este debate aqui e um pouco por uma série de outras entradas.» in Correio da Educação.

Pobre país o nosso que tão maltrata a classe docente. Sinceramente, já não sei onde isto vai parar! Ao analisar os critérios de avaliação dos professores, só posso concluir que quem nos tutela, faz o contrário dos que nos pede. Sim, porque nós somos obrigados a avaliar com critérios muito rigorosos, gerais e específicos, o que está muito certo. Ao contrário, nós somos avaliados pelas leis da anarquia discricionária e sem uma linha orientadora e estratégica bem definidas e coerentes. Estes senhores, o que lhes falta é ir para as salas de aulas, dar umas aulas bem dadas, aprender com a realidade, para deixarem de legislar a partir dos cadeirões dos gabinetes, quiça perturbados pelo ar-condicionado, que os condiciona pela negativa. Ar puro, arejado, disso é que certas cabeças precisam!

De novo o génio de Michal Lewtak!










DJ. Lewtak, ou DJ MICL, em pose flyer!
O Michal Lewtak, para mim Miguel, é o aluno mais brilhante, pelo menos no domínio da programação que eu já tive. Agora, a sua genialidade revela sempre novas facetas, que não devem passar despercebidas a um professor atento. Atentem, no movimento que ele despertou na turma, em que busca poses complexas dos colegas, para depois com a sua arte gráfica digital, conceber os magníficos flyers que estão aqui postados, que estão ao nível do que melhor se faz a nível profissional. Claro que o Miguel caiu num erro, tentou que eu ficasse bem numa fotografia, o que é uma missão impossível. O rapaz tem bom coração e é voluntariosos, bem se esforçou, mas eu fico sempre mal! Mas E já agora outro pormenor: comecei a ver o Miguel a andar com Cubos Mágicos de todos os tipos e feitios, vieram-me à memória os meus tempos de "chavalo" em que tentava resolver o problema do cubo, acabando invariavelmente, por conseguir apenas uniformizar uma face do cubo, mas diga-se também, que o que conseguia fazer, era sem cábulas. os mais velhotes, ainda se lembrarão do refrão da música de Lara Li: "Isto começa a ser trágico, é o rapaz do cubo mágico!" Agora o Miguel, aparece-me com cubos de todas as formas e feitios e sabe resovê-los todos, trata-se de um génio! Já há muito tempo que ouço dizer que a escola actual, não se encontra preparada para lidar com alunos sobredotados, depois de me deparar com este aluno, concordo plenamente. A escola para ele é uma maçada, ele anda muito à frente! Mas o Miguel é paciente, bondoso e bom amigo, pelo que estou certo, vai ajudar os seus colegas, pois ele na matéria dada, anda sempre uns capítulos mais à frente!

F.C. Porto 2 vs Boavista 0 - Meia dúzia de vitórias seguidas na Superliga 2007/2008!


É ele que os «Licha», Lisandro Lopez, com 6 golos na Superliga!

«Dois golos de Lisandro, ou simplesmente «Licha», o terror do bairro argentino de Rafael Obligado, sentenciaram um jogo especialmente farto em indícios da particular inspiração do avançado portista, que carrega consigo decisões e decretos há três jornadas consecutivas. Da quarta à sexta ronda, o sul-americano, que já havia marcado em Leiria, apontou, em regime de exclusividade, cinco dos seis golos que lhe permitem encabeçar a lista de melhores marcadores, contribuindo decisivamente para a liderança isolada dos Dragões.
Ao quarto minuto, quando o encontro passava ainda por um género vigoroso e determinado de fase experimental, e Lisandro errou as redes, com Carlos por terra e sem tempo para se recompor do voo e da queda prescritos pela precisão do livre cobrado por Quaresma, foi fácil perceber que o esboço deveria ser interpretado como um prenúncio. Mas poucos terão entendido o instante, que se esgotou em menos de dois segundos, como um sinal ou aviso absolutamente rigoroso, no desenho e no elenco.
Não foram precisos muito mais de dez minutos para que os mesmos intérpretes se reencontrassem em circunstâncias em tudo semelhantes. Novamente à esquerda, sensivelmente no mesmo local, Quaresma arranjou a bola e bateu o livre. Carlos, outra vez no chão, defendeu, mas não pôde segurar. Lisandro, de pé esquerdo, marcou, confirmando a generalidade dos vestígios «semeados» até então e uma pista em particular.
A partida, com a razoável cumplicidade do campeão, reservou então tempo e espaço à reacção axadrezada, que só ao minuto 42 assumiria a forma de remate à baliza dos Dragões. O recomeço permitiu mais uns quantos ensaios aos visitantes antes do reencontro com a lógica. E, por uma questão de coerência, foi Lisandro quem voltou a marcar, reduzindo a cinza a ténue esperança boavisteira de condicionar a missão e a estratégia portista, que momentos antes voltara a aproximar-se do golo, a cabeceamento de Lucho e num remate cruzado de Bosingwa, na conclusão de uma iluminada diligência individual a merecer melhor sorte e os aplausos do estádio.
Com a vitória assegurada e a expansão das distâncias que o separam de Benfica e Sporting, o líder soltou a genialidade de Quaresma e Leandro Lima, alimentando o espectáculo até ao último sopro da partida, a sexta consecutiva a vencer e a quarta sucessiva com golos de «Licha», o inexcedível argentino que só se autoriza a dar tréguas ao adversário por ordem expressa do árbitro.
FICHA DE JOGO
Liga 2007/08, 6ª jornadaEstádio do Dragão, no Porto29 de Setembro de 2007Assistência: 31.809 espectadores
F.C. PORTO: Helton; Bosingwa, Stepanov, Bruno Alves e Cech; Lucho «cap», Paulo Assunção e Raul Meireles; Tarik, Lisandro e QuaresmaSubstituições: Tarik por Leandro Lima (46m), Lucho por Bolatti (77m) e Raul Meireles por Adriano (77m)Não utilizados: Nuno, Pedro Emanuel, Mariano e EdgarTreinador: Jesualdo Ferreira
BOAVISTA: Carlos; Rissutt, Ricardo Silva «cap», Marcelão e Moisés; Fleurival, Diakité e Jorge Ribeiro; Zé Kalanga, Edgar e MateusSubstituições: Zé Kalanga por Bangoura (53m), Mateus por Laionel (70m)Não utilizados: Peter Jehle, Bruno Pinheiro, Grezelak, Mário Silva e Ivan SantosTreinador: Jaime Pacheco
Ao intervalo: 1-0Marcadores: Lisandro (15 e 75m)Disciplina: cartão amarelo a Zé Kalanga (4m), Rissutt (62m), Bangoura (74m), Lisandro (75m), Diakité (90m)» in site F.C. Porto.

Já lá vão seis vitórias seguidas para a Superliga 2007-2008, verdadeiramente imparáveis estes Dragões, com um pequeno, mas grande goleador, de seu nome, Lisandro Lopez (Licha) que já leva seis golos e comanda a lista dos melhores marcadores. As exibições é que têm deixado muito a desejar. Este Porto pode e deve render muito mais, pede-se mais empenhamento aos jogadores. Parece-me que existe um problema ao nível da preparação física no plantel que, não mantém uma pressão forte sobre os adversários, com muitos jogadores a verem jogar e a pressionar pouco sem bola. Snr. Jesualdo Ferreira, a equipa tem que correr mais, tem que segurar melhor a bola quando a tem e recupera-la mais depressa quando a não tem, doutro modo, não ficaremos muito tempo na frente, ou então acontece como na época anterior, em que depois de termos uma vantagem pontual confortável na Superliga, quase morríamos na praia. Acordem meus senhores, essa camisola que vestem, tem 114 anos, há que respeita-la e dignifica-la! O Clube do regime bolorento, é que continua a ser levado em ombros, com decisões que se fossem a nosso favor, era o fim do mundo. Anda aí um apito encarnado! Acordemos portistas, os mouros andam aí a espoliar tudo e todos; volta D. Afonso Henriques, estás perdoado e fazes muita falta!





Golos e momentos principais deste jogo e de mais uma vitória do F.C. Porto!

29/09/07

Desporto Futebol - F.C. Porto comemora 114 anos de idade!


Cerimónia de emoção no arranque de dia especial

«A jornada de celebração dos 114 anos de existência do F.C. Porto teve início, esta manhã, com a cerimónia de hastear da bandeira portista. Presenciado por cerca de 300 pessoas, o evento, que assinala a data especial da história do clube, envolveu as diversas modalidades portistas numa evocação da glória do emblema azul e branco.

O líder portista, Jorge Nuno Pinto da Costa, e o presidente da assembleia-geral do clube, Fernando Sardoeira Pinto, receberam das mãos dos atletas das modalidades do F.C. Porto as bandeiras que, simbolicamente, foram hasteadas junto à entrada principal do Estádio do Dragão, ao som do hino do clube.

Paulo Cunha, em representação do basquetebol, Filipe Santos, pelo hóquei em patins, Manuel Arezes, do andebol, e Nuno Capucho, representante do futebol, foram os atletas que participaram no arranque das cerimónias.

A celebração do aniversário portista decorre ao longo do dia, marcada por diversas iniciativas, numa data de sentimentos especiais e emoções únicas para todos os que vivem intensamente a paixão pelo F.C. Porto.» in site F.C. Porto
--------------------------------------------------------------------------------
O maior e melhor clube português celebra a vetusta idade de 114 anos! Foram muitos anos a lutar contra a tirania da capital, para nos conseguirmos impor, sendo agora, indubitavelmente, a clube português com mais vitórias, dentro e fora de portas! Parabéns F.C. Porto, foste, és e serás sempre, o melhor clube português. Viva o F.C. Porto, o invicto muito nobre e leal!

Amarante - Capela de S. Lázaro, no Lugar com o mesmo nome, em Amarante!





Capela de S. Lázaro, em S. Lázaro, S. Gonçalo, Amarante!



«São Lázaro


Lázaro é uma personagem bíblica descrita no Evangelho segundo João como um amigo de Jesus teria ressuscitado, irmão de Marta e de Maria. Seu nome provavelmente do grego corresponde ao hebraico Eleazar, e significa literalmente "Deus ajudou".
De acordo com tradição católica, o Lázaro ressuscitado teria se dirigido a Provença depois da morte de Jesus em companhia de suas irmãs e de outras pessoas. Ele também teria sido o primeiro bispo de Marselha. Na Idade Média tornou-se o padroeiro dos leprosos pela associação errada feita com seu homónimo narrado na parábola mencionada Lucas - na parábola do Lázaro e do Rico.



[editar] Sua ressurreição


Segundo os Evangelhos, Lázaro teve a sorte de ser o protagonista de um dos milagres mais impressionantes de Jesus Cristo, depois de estar morto por quatro dias. Lázaro adoeceu gravemente e duas de suas irmãs Marta e Maria enviaram com urgência um mensageiro ao encontro de Jesus com a seguinte mensagem: "Aquele a quem Você ama, está doente". Ou seja, estamos seguros de que virá, e se vier, livrará-se da morte. Aos seus discípulos, Jesus diz que Lázaro dorme [na morte], mas seria acordado. Foi apenas no quarto dia após a sua morte, que chega a Betânia.
As duas irmãs saem ao encontro de Jesus em meio de lágrimas lhe dizendo: "Oh, Senhor se tivesse estado aqui não haveria morrido nosso irmão". Jesus responde: "Eu sou a ressurreição e a Vida. Os que acreditam em Mim, não morrerão para sempre". Jesus, ao vê-las chorar se comoveu e também chorou. Os judeus que estavam ali em grande número, exclamaram: "Olhem quanto o amava!" Jesus disse: Lázaro, eu te mando, saia! E Lázaro se levantou. Depois de quatro dias morto, foi ressuscitado milagrosamente e visto pela multidão que contemplou o facto.



[editar] Parábola do Rico e do Lázaro


Alguns usam a parábola de Jesus sobre o "homem rico e de Lázaro", para provar que Jesus ensinou o tormento do pecador um Inferno de fogo literal depois de morte. Isto envolve defender a crença na imortalidade da alma. Lucas 16:19-31 (sigla LC) é encarado como uma parábola didáctica para os judeus. Este Lázaro não tem nada a haver com Lázaro de Betânia mencionado em João 11. A Bíblia de Jerusalém (sigla BJ), em uma nota de rodapé, reconhece que é uma "parábola em forma de história sem referência para qualquer personagem histórico."
O "homem rico" caracterizaria os fariseus. "Seio de Abraão" é o lugar de honra no banquete presidido pelo pai dos crentes, negado ao "homem rico", mas admitido ao "pobre Lázaro". As mortes do homem rico e do podre Lázaro - igualmente simbólicas - representariam uma mudança das circunstâncias. Assim, o antigamente menosprezado entrou numa posição de favor Divino, e o antigamente aparentemente favorecido foi rejeitado por Deus.» in Wikipédia.
-------------------------------------------------------------------------------
As referências à existência desta Capela de S. Lázaro em Amarante, no lugar do mesmo nome, são muito antigas, assim como a festa em honra de S. Lázaro, sempre quinze dias antes da Páscoa. Antigamente, quando a economia de Amarante girava à volta da agricultura e as festas e romarias eram local de encontro dos lavradores, assim como de peregrinação, aos mais variados santos, em muitos locais de culto. Uma coisa se sabe, tanto S. Lázaro, como S. Veríssimo, são desde há muito referenciados, como locais importantes do burgo Amarantino. Nos tempos modernos, este local transformou-se, talvez na mais importante entrada de Amarante, mas as peregrinações actuas são mais ao Modelo, Lidl, Pavilhão Gimnodesportivo e Bombas da Galp, o que faz com que este local continue a ser um ponto estratégico e importante, para Amarante. Quanto a S. Lázaro, o que foi ressuscitado por Jesus Cristo, parece que o seu culto tinha e tem a ver com a cura de mazelas físicas, mas também as cartomantes, bruxas e "endireitas", lhe roubaram o poder curativo. Mudam-se os tempos... os Santos são outros. Esta Capela e outros locais de Amarante, constituem-se como que um memorial de uma Amarante rural que acabou!


Mais informações sobre a Capela de S.º Lázaro podem ser encontradas no site da paróquia de Amarante, em:


28/09/07

Ivo Carvalho - Aluno da semana!




Ivo Carvalho em grande estilo, a dar uma lição de informática!

O Ivo Carvalho, neste ano lectivo, está a surpreender a tudo e a todos, pela sua atitude responsável, servindo, não raras vezes, de exemplo para a turma, devido à sua aplicação, atenção e dedicação, para com as tarefas lectivas que lhe são solicitadas. Este ano, o Ivo vem para vencer e vencerá. Da minha parte terá sempre um amigo, que já o era quando em anos anteriores ele não se aplicava tanto, apesar de entrar muitas vezes em "conflito" com ele, pois considerava e considero que ele tem muitas capacidades para desenvolver e potenciar. Força Ivo, vamos a ganhar, como dizem os espanhóis. Conta comigo para vencer, nada te pode parar! É Ivo, um professor é também um amigo; o mesmo que ficou triste e descontente contigo em certos momentos, é e será sempre o primeiro a regozijar-se com os teus triunfos, nunca te esqueças disso! Atenção, este louvor deve servir como incentivo e não para dormir à sombra da glória! Vamos, agora é sempre em frente, rumo ao sucesso! O Ivo este ano lectivo, começa muito à frente!

27/09/07

James - Belas recordações Musicais dos anos 80, esses anos míticos da música moderna mundial!








James - "Sit down!!!" - Muito rolou esta música nas discotecas de todo o mundo!

Hoje em conversa com o meu formando e amigo, António, o grande electricista, que tem um grande bom gosto musical e adora como eu a música da década de setenta do século passado, surgiu-nos páginas tantas, na nossa recordação musical, uma banda dos ointentas, os James! Fantástico, foi bom recordar esta banda já extinta, na altura liderada por Tim Booth e que mexeu tanto com a malta naqueles anos loucos dos oitentas, dos velhotes como eu...



"Sit down

I'll sing myself to sleep
A song from the darkest hour
Secrets I can't keep
Inside of the day
Swing from high to deep
Extremes of sweet and sour
Hope that God exists
I hope I pray

Drawn by the undertow
My life is out of control
I believe this wave will bear my weight
So let it flow

Oh sit down
Sit down next to me
Sit down, down, down, down, down
In sympathy

Now I'm relieved to hear
That you've been to some far out places
It's hard to carry on
When you feel all alone
Now I've swung back down again
It's worse than it was before
If I hadn't seen such riches
I could live with being poor
Oh sit down
Sit down next to me
Sit down, down, down, down, down
In sympathy

Those who feel the breath of sadness
Sit down next to me
Those who find they're touched by madness
Sit down next to me
Those who find themselves ridiculous
Sit down next to me
Love, in fear, in hate, in tears

Down
Down

Oh sit down
Sit down next to me
Sit down, down, down, down, down
In sympathy

Oh sit down
Sit down next to me
Sit down, down, down, down, down
In sympathy
Down"

Fátima-F.C. Porto, 4-2 (após grandes penalidades)




«Guardião inspirado apagou todas as velas da fé portista

Apesar de ter acendido diversas velas ao longo da partida, o F.C. Porto acabou por não ser capaz de as fazer arder no «santuário» de Fátima, frente a um adversário que, como Jesualdo Ferreira previu, fez do encontro desta quarta-feira o seu jogo do ano, lutando até não poder mais por uma surpresa que, sobretudo pela segunda parte, não se justificou.

Apresentando um conjunto de jogadores de qualidade, mas pouco entrosados, os Dragões revelaram algumas dificuldades na primeira metade do desafio para dar a melhor sequência às jogadas de ataque pensadas, tendo, no entanto, disposto de duas excelentes oportunidades para marcar, primeiro por Farías, aos 15 minutos, e aos 38 por Lino, que, de livre, atirou ao ângulo para uma bela defesa do guarda-redes adversário.

Virada a página dos 45 minutos iniciais, o F.C. Porto procurou um desfecho diferente para a história do jogo da 3ª eliminatória da Taça da Liga, só que a nuvem de fé que paira sobre Fátima protegeu sempre a equipa da casa, principalmente no lance em que Leandro Lima, aos 53 minutos, desferiu um remate fantástico, desviado para a barra por Pedro Duarte.

O médio esteve, aliás, bastante activo no desenrolar do segundo tempo da partida, protagonizando outras duas boas ocasiões para abrir o activo, mas a bola nunca encontrou o caminho certo para a baliza adversária, que também só não foi penetrada aos 75 e aos 90 minutos, porque Pedro Duarte voltou a estar em grande plano.

Numa cidade incontornavelmente ligada a um dos episódios mais enigmáticos da religião católica, a verdade é que a fé e os santos parecem ter respondido positivamente às preces da equipa local, atendida também, em grande parte, por um guarda-redes inspirado, que se revelou capaz de apagar todas as velas acendidas pelo F.C. Porto, incluindo nas grandes penalidades.

FICHA DE JOGO

Taça da Liga 2007/08, 3ª eliminatória (26 de Setembro de 2007)

Estádio Municipal de Fátima, em Fátima

Árbitro: Carlos Xistra (Castelo Branco)
Árbitros Assistentes: Luís Tavares e Paulo Carrilho
4º Árbitro: Ângelo Correia

Fátima: Pedro Duarte; Marco Airosa, Jorge Teixeira, Veríssimo e Duarte Machado; João Fonseca, Joel e Marinho; Cícero, Carlos Saleiro e Falardo
Substituições: Cícero por Miguel Xavier (64m) e Falardo por Moreira (83m)
Não utilizados: Nuno Ribeiro, Edu Castigo, Bispo, Nuno Gomes e Samuel
Treinador: Rui Vitória

F.C. Porto: Nuno; Fucile, Stepanov, João Paulo e Lino; Bolatti, Leandro Lima e Kazmierczak; Rui Pedro, Farías e Mariano
Substituições: Kazmierczak por Cech (45m), Rui Pedro por Adriano (45m) e Edgar por Farías (67m)
Não utilizados: Ventura, Sektioui, Castro e André Pinto
Treinador: Jesualdo Ferreira

Ao intervalo: 0-0
Final do tempo regulamentar: 0-0
Final: 4-2
Grandes penalidades:
0-1, João Paulo
1-1, Miguel Xavier
1-2, Leandro Lima
2-2, Carlos Saleiro
2-2, Lino
3-2, Moreira
3-2, Mariano
4-2, Marinho
Disciplina: cartão amarelo a Cech (79m) e João Fonseca (79m)» in site FCPorto
É assim, há quem diga que ontem aconteceu mais um milagre em Fátima; sinceramente, milagre, só para quem não assitiu! O Fátima ganhou com todo o mérito e diga-se de passagem, o F.C. Porto, não respeitou os briosos profissionais do Fátima. Tem piada o Snr. Jesualdo Ferreira vir dizer que há muitas ilações a tirar deste jogo... o ano passado com o Atlético, salvo erro, ouvi a mesma lenga-lenga... Quantas lições mais precisará para aprender, Snr. Jesualdo Ferreira? Isto de deixar a descansar jogadores pagos a peso de ouro, e meter no assador jogadores pouco rotinados e com pouca qualidade, mas aí a culpa já é de quem os compra, não podia dar bom resultado. A Taça de Liga, uma taça de equipas de futebol, exclusivamente profissional, não deve, nem pode, ser encarada de forma amadora! Somos um país, definitivamente, também ao nível desportivo de primas donas, senão vejamos o ritmo competitivo da maioria das ligas europeias em que as equipas, normalmente, jogam a meio da semana e não estão fatigados, de modo a que seja preciso deixar de fora, de uma só assentada, oito titulares! Parabéns ao Fátima e ao arbitro Duarte Gomes que inventou um penaly para o Benfica, o clube da capital do regime que continua muito centralista e com doença de macrocefalia! Parabéns também à imprensa da capital, que se o penalty é inventado a favor do Porto refere como: "roubo de catedral"; ontem no jogo do clube do regime, referiu como: "um penalty que caiu do céu ao cair do pano"! Grandes eufemismos! Não há apitos encarnados é o que vale! Mas nós não somos ceguinhos... E somos do Norte, mas não somos parolos!

25/09/07

Professor em Portugal - Profissão de risco!





Claro que isto são uma rábulas. Claro que a profissão de professor em Portugal nesta rábula, está plasmada numa caricatura bastante exagerada! Claro que o humor, apesar de ser uma arma bastante poderosa e inteligente, é muito dado ao exagero. Claro que na maioria das escolas, isto não se passa. Mas que em muitas se está num limiar, muito perigoso e ténue, lá isso está! Somos um país com uma sociedade muito virada para mudanças do género "ou 8 ou 80". Temos que meter na cabeça que liberdade não é libertinagem. Pais que não educam e entram nas escolas com duas pedras na mão, para agredir verbal e fisicamente os professores, nem imaginam o mal que estão a fazer aos seus educandos. Os pais têm que entender que educar e formar jovens são actividades que se devem fazer em complemento, entre escola e família; nunca uns contra os outros. Um encarregado de educação, assim como um professor, não se devem guiar apenas pelas queixas dos seus educandos; devem antes analisar os problemas em conjunção com a escola e só depois tomar medidas, bem pensadas e consequentes. Urge dignificar a carreira docente e a instituição familiar e voltar ao bom hábito da educação e respeito. Eu disse respeito, não respeitinho... Os tempos do respeitinho, do acefalismo já acabaram e ainda bem!
Magnificas rábulas dos Gatos Fedorentos sobre o estado da Educação em Portugal! Mas isto está mais para chorar!

Willie Nelson - Uma voz única da música Mundial!









Willie Nelson, Bon Jovi, Elvis Presley, Pet Shop Boys e Sean Paule - "Always On My Mind"

Esta música, "You are always on my mind", original de Elvis Presley é uma das muitas que conheço, que pode ser re-interpretada por outros músicos e que, dificilmente, quando há valor, fica pior que o original. Por exemplo, a interpretação de Willie Nelson, músico da Contry, com a sua voz inigualável, é a todos os níveis fantástica!

24/09/07

Paços de Ferreira 0 vs F.C. Porto 2 - E vão cinco vitórias seguidas!


Grande Lisandro, bisou na partida e já lidera a lista dos melhores goleadores da SuperLiga!







«Liderança adornada na «Capital do Móvel»
O F.C. Porto visitou Paços de Ferreira na expectativa de mobilar a sua posição na tabela classificativa com mais três peças fundamentais e cumpriu o objectivo de forma notável. Na «Capital do Móvel», dois golos de Lisandro contribuíram para adornar a liderança da Liga 2007/08, na qual os Bicampeões Nacionais somam já cinco triunfos consecutivos.
Num desafio assinalado por variadíssimas oportunidades de golo construídas pelos Dragões, o avançado, que, com quatro golos, já é um dos melhores marcadores do campeonato, foi o primeiro a transbordar a enorme vontade de vencer do F.C. Porto, mas o seu remate perigoso, aos cinco minutos, foi desviado para canto.
Todavia, não foi preciso esperar muito para o desejo da equipa azul e branca se tornar realidade, com o mesmo Lisandro a abrir o activo logo aos onze minutos, após uma jogada brilhante de Bruno Alves, que iludiu um adversário com uma finta apenas ao alcance dos melhores atacantes do Mundo, e serviu o companheiro para o primeiro golo do encontro.
Cumprida a ambição de entrar bem no jogo, os Bicampeões não baixaram os braços e continuaram à procura de adereços que lhes permitissem sair de Paços de Ferreira com a garantia de um triunfo, cuja confirmação haveria de chegar aos 67 minutos, novamente por intermédio de Lisandro, desta feita após passe de Leandro Lima, lançado na partida por Jesualdo Ferreira apenas dez minutos antes.
Pelo meio, destaque ainda para três jogadas iniciadas por Quaresma, que por pouco não deram golo. Primeiro, cruzou uma bola teleguiada para Edgar, mas o cabeceamento do avançado foi travado por uma grande defesa de Peçanha; depois, apontou um livre que não foi desviado por João Paulo para a baliza pacense por milímetros; por fim, cruzou na linha para Lucho, só que nem o médio nem Lisandro, que apareceu mais à frente, conseguiram concluir o lance.
A avalanche ofensiva do F.C. Porto foi uma constante ao longo do encontro e, mesmo já a ganhar por 0-2, os líderes do campeonato persistiram na procura de golos. Quaresma, aos 89 minutos, e Tarik, já nos descontos, falharam o alvo, e um resultado mais dilatado, que em nada adulteraria o que se passou em campo, face a um Paços de Ferreira que lutou bastante, mas nunca assustou verdadeiramente os Dragões, acabou por não se verificar.FICHA DE JOGO
Liga 2007/08, 5ª jornada (23 de Setembro de 2007)Estádio da Mata Real, em Paços de Ferreira
Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)Árbitros Assistentes: João Santos e José Cardinal4º Árbitro: Jorge Sousa
Paços de Ferreira: Peçanha; Ferreira, Rovérsio, Luiz Carlos «cap.» e Mangualde; Filipe Anunciação, Dedé e Fernando Pilar; Ricardinho, Cristiano e EdsonSubstituições: Cristiano por Furtado (34m), Filipe Anunciação por Pedrinha (58m), Edson por Edson Di (70m)Não utilizados: Coelho, Renato Queirós, Kiko e Tiago ValenteTreinador: José Mota
F.C. Porto: Nuno; Bosingwa, João Paulo, Bruno Alves e Fucile; Paulo Assunção, Raul Meireles e Lucho González «cap.»; Lisandro, Quaresma e EdgarSubstituições: Edgar por Leandro Lima (58m), Raul Meireles por Bolatti (63m), Paulo Assunção por Tarik (83m)Não utilizados: Ventura, Stepanov, Lino e FaríasTreinador: Jesualdo Ferreira
Ao intervalo: 0-1Marcadores: Lisandro (11m e 67m), Disciplina: cartão amarelo a Fernando Pilar (23m), Luiz Carlos (25m), Pedrinha (77m), Ricardinho (83m), Leandro Lima (85m) e Furtado (90m)» in site F.C.P.

Pois é, eles falam, falam... mas nós é que continuamos a ganhar e na frente do campeonato. Os resultados têm sido melhores que as exibições, é certo, mas num campeonato, o que conta é um jogo pragmático de forma a amealhar o maior número de pontos possível! Alguns dos novos jogadores começam, paulatinamente, a mostrar o seu valor, casos de Leandro Lima e Edgar, mas é nos nossos "esteios da estrutura" que se vai aguentando a caravela na frente: Lucho Gonzalez, Bosuingwa, Quaresma, Tarik, Raúl Meireles, Nuno, Paulo Assunção, Bruno Alves, Fucille e muito em Lisandro Lopez que está em grande forma. Vamos Porto, vamos ser campeões, que essa é a nossa sina! Viva o F.C. do Porto, carago!



Paços 0-2 Porto
Colocado por futebolportugues

Momentos mais importantes deste jogo e desta vitória do F.C. Porto!

23/09/07

Amarante F.C. 2 vs Caniçal 0 - 2.ª Eliminatória da Taça de Portugal!





O Amarante F.C. iniciou a presente época, como não há memória. Senão vejamos, vitória em Pedras Rubras 1-2 (1.ª jornada Campeonato); vitórias caseiras frente ao Brito 1-0 (1.ª eliminatória Taça de Portugal); S. Pedro da Cova 3-0 (2.ª jornada Campeonato); Torre de Moncorvo 3-0 (3.ª jornada Campeonato) e Caniçal da 2.ª divisão 2-0 (2.ª eliminatória taça de Portugal). Pelo que se tem visto, tem sem dúvida excelentes jogadores e muito importante, possui uma equipa na verdadeira acepção da palavra. Grande Amarante F.C. que este ano está, absolutamente, imparável! O próximo passo é vencer na Maia, pois temos todas as condições para tal, desde que mantenhamos a atitude e categoria que têm sido evidenciadas em campo, Domingo a Domingo. Esta equipa já é muito respeitada pelos adversários! Viva o Amarante F.C.!

video
Momentos desta magnífica vitória do Amarante F.C.

F.C. Porto 5 vs HC Cambra 1 - Supertaça de Hoquei em Patins 2007!





«Dragões demolidores conquistam primeiro título da época

Época nova, vícios antigos. A formação do F.C. Porto entrou na nova temporada da mesma forma com que, na transacta, garantiu um lugar na história do hóquei em patins português. A equipa hexacampeã nacional não deixou os seus créditos por mãos alheias e conquistou a Supertaça António Livramento, o primeiro troféu da época, ao bater o HC Cambra por categóricos 5-1.

Depois do hexa, o tri. A ideia pode parecer estranha, mas foi esse feito que a formação orientada por Franklim Pais alcançou esta tarde.

Um triunfo, sem mácula, por 5-1 sobre o HC Cambra valeu a terceira Supertaça consecutiva para os Dragões, que assim entram em grande na nova época.

O repto de vitória deixado pelo técnico portista na celebração do último campeonato foi cumprido em pleno e os hexacampeões nacionais já conquistaram uma das várias frentes em que estão envolvidos na temporada 2007/08.

A exibição promissora dos Dragões reforça os pergaminhos da equipa azul e branca tendo em vista a luta pela revalidação do título nacional da modalidade, o hepta, bem como uma forte candidatura aos lugares cimeiros das competições europeias.
Os golos do F.C. Porto, que ao intervalo vencia por 1-0, foram apontados por Caio (2), Reinaldo Ventura, Ricardo Figueira e Emanuel Garcia.» in site FCP.

Esta equipa do F.C. Porto de Hóquei Patins continua a fazer jus ao epíteto de "papa-títulos". Deste vez foi a Supertaça relativa à época anterior. Viva o F.C. Porto, é sempre a vencer.

22/09/07

Amarante- Freguesia de São Gonçalo e as suas fontes de água!







Este espelho de água, este Rio Tâmega é a essência de Amarante! já niguém imagina Amarante sem este enquadramento, Rio, Ponte e Convento de S.º Gonçalo!



Fonte junto ao Convento de S.º Gonçalo!



Fontanário das Golas, Telões, Amarante!
Dou os parabéns à Câmara Municipal de Amarante pela recuperação deste lindíssimo fontanário, que foi colocada nas Golas, em Telões! Embora a água esteja a ser desviada, espera-se que essa ilegalidade seja reposta. Para mim a água é o elemento que mais me encanta na natureza e é, cada vez mais, um bem em vias de extinção (água potável)! Não consigo dissociar a Cidade de Amarante, do Rio Tâmega, do Marão e da água. Sempre me orgulhei muito do nosso Rio Tâmega. Como qualquer jovem da minha altura, aprendi pelas mãos do meu falecido pai, a nadar em harmonia com a natureza, no nosso Tâmega. Acompanho com tristeza o que aconteceu ao Tâmega, a partir do momento em que a barragem do Torrão foi construída e com a elevada poluição a que este rio foi sujeito nos últimos anos, com as "Etar" ineficientes, reduzida taxa de saneamento básico ao longo do Rio, desde a Foz à nascente e descargas de pocilgas e de efluentes industriais. Sei o que foi perder a nossa ínsua! Sei que se a barragem de Fridão for construída será o fim de Amarante, enquanto Princesa do Tâmega! Quem for amarantino que se deixe de politiquices, defendamos o que nos é mais querido; Amarante tem vindo a perder muita coisa, não levemos agora a estocada final. Amarantinos, vamos defender o Tâmega, a nossa água, para que possamos continuar a beber a àgua de todas as fontes!

Links relevantes, para este assunto:
Pin It button on image hover